#Resenha Pelos Caminhos da Vida

Oi amigos, hoje tenho a resenha do primeiro livro que recebi de cortesia da Editora Petit, e confesso estava bem interessada neste livro. Espero que gostem!
Pelos Caminhos da Vida - Cristina Censon
384 páginas - Editora Petit
Adele é uma menina de 13 anos que possui uma grande sensibilidade e alguns poderes sobrenaturais. Se isso já seria  visto com certa estranheza nos dias de hoje, imaginem então em plena França do século XIV!
Sua mãe que também tinha estas mesmas características, tentou ensinar tudo o que sabia para sua amada filha. Mas, infelizmente ela veio a morrer, o que dificultou e muito a vida de Adele, pois seu pai Auguste não entendia e não aceitava estes fatos. Fora que de certa forma, culpava a filha pela morte da mãe, pois esta teve sua saúde afetada desde o parto.
Quando perdeu a mãe, Adele passou a ser cuidada e protegida por Justine, fiel serviçal de sua mãe e que atendeu prontamente o pedido dela de cuidar de Adele.
Justine e Adele ficaram inseparáveis, e quando Adele resolve fugir para não ser presa no convento em que seu pai queria enfiá-la, Justine não só ajudou na fuga, como foi junto de sua menina.
Seguindo os conselhos de sua falecida mãe, Adele iria ao encontro de Elise de Bousquet, que até onde ela sabia, seria a única que poderia lhe ajudar e proteger.
Acontece que ela não tinha ideia do que viria e enfrentar nesta sua jornada. felizmente em seu caminho surgiram pessoas de bom coração que não hesitaram em ajuda-la.
Pessoas como Adrien, um jovem que acabara de enterrar a família por conta da peste que assolara a região. O rapaz apesar do bom coração, estava desolado e sem saber direito o que fazer de sua vida.
As palavras sensatas e iluminadas de Adele acabaram acalmando o coração sofrido de Adrien, dando-lhe uma luz de esperança. Foi ao lado de Adrien que Adele e Justine seguiram seu caminho.
Um caminho que acabou cruzando com o de Rene, um jovem que acabou se encantando com Justine. Apesar dele não concordar com o fato delas quererem irem ao encontro de Elise, Rene também se dispôs a ajuda-las na caminhada.
Assim, os quatro acabaram chegando às terras de Jules, um bondoso homem que por coincidência tem uma filha chamada Aimée, que assim como Adele, possuem uma alta sensibilidade. Os quatro foram muito bem recebidos, até por conta da amizade de Jules e Rene.
Quando Jules soube dos planos de Adele e Justine, tentou de todas as formas convencê-la a não procurar Elise, a quem ele não confiava nenhum pouco.
Apesar dos medos e das advertência, Adele resolveu seguir em frente, com uma pequena mudança de planos. Ela estava cansada de fugir dos homens de seu pai, que pareciam estar mais perto de encontrá-la a cada dia.
Do encontro com Elise, muitas coisas acontece e mudam radicalmente. E ao longo do livro vamos acompanhando como os personagens encaram sua vida, e como seguirão seus caminhos. As dificuldades enfrentadas põe em cheque a fé que cada um tem, mas ao lados deles estão os bons espíritos, que ajudarão na longa jornada.
Eu estou acostumada com outro tipo de livro espírita, mas a leitura desse foi interessante. Quando pedi o livro de cortesia para a editora, achei que o enredo seria diferente, mas mesmo assim, gostei do que li, e recomendo para aqueles que procuram romance e ensinamentos que podemos levar para a vida, independente da religião que temos.

Livro enviado em cortesia pela editora. 
a Rafflecopter giveaway

12 comentários:

  1. não sabia que a editora também estava indo por caminhos de romances de época com esse toque sobrenatural
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thaila, foi o que pensei quando vi o lançamento.
      Bjs!

      Excluir
  2. bem, eu não curto livros espíritas... nada contra a religião em si, mas é que a vibe das histórias não me deixa curiosa mesmo...
    mas poxa... que barra pra Adele, hein???
    enfim...
    bjs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria, ser mulher nesta época não era fácil, e para ela era muito pior.
      Bjs!

      Excluir
  3. Oiii Rose, tudo bem?
    Eu realmente gosto de livros espíritas, mas achei incrível este ser bem diferente do comum que possui em outros e temas abordados. Com toda certeza leria e quero ler.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Morgana, realmente foi uma leitura diferente do que estou acostumada neste segmento. Mas foi muito válida e boa.
      Bjs!

      Excluir
  4. Olá...
    não sou ligada muito no gênero, gostei do enredo e tudo mais, sua resenha ta ótima mais acho que esse é um livro que eu abandonaria e eu odeio abandonar livro pela metade, enfim obrigado pela dica de qualquer forma...
    Beijocas...
    https://westfalllivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Shelly, é horrível mesmo abandonar um livro pela metade. Obrigada pelo comentário de qualquer forma.
      Bjs!

      Excluir
  5. Rose, eu aprendi a ler livros espíritas com a Petit e estou gostando muito das experiências.
    Essa história parece ser bem bonita e tocante.
    Fiquei bem intrigada para ler.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Déborah, o primeiro livro espírita que li foi Esmeralda e desde então sempre que posso ou tenho oportunidade leio algo do gênero.
      Bjs!

      Excluir
  6. Não conhecia esse livro, e, como gosto bastante de livros com um toque sobrenatural, tenho certeza que iria gostar desse livro! Fiquei bem curiosa!
    Beijos,
    Déia
    Own Mine

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andrea, é uma boa leitura, espero que leia e goste.
      Bjs!

      Excluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.