#Resenha Morte em Família #11

Oi amigos, hoje tem mais uma resenha da Coleção de Graphic Novels da DC Comics. Antes devo avisar que vou ficar devendo a resenha do livro #8, pois ainda não consegui comprar. Já os volumes #9 e #10 são continuações, e me falta o #10, por isso hoje a resenha é do volume #11. Assim que tiver estes que estão faltando venho contar tudo para vocês.
Morte em Família - #11 - Jim Starlin e Jim Aparo
164 páginas Editora DC Comins
Em 1988, 5 anos depois de sua criação, Robin, o menino prodígio, companheiro de Batman, estava em baixa com sua popularidade, e muitos leitores o queriam morto para que o morcego continuasse sozinho.
Morte em família vem tratar justamente disso. Jason Todd que era órfão, vivia nas ruas quando Batman o conheceu e o levou para a mansão. Mas Batman não conseguiu apagar a tristeza de Jason com a perda dos pais.
O problema maior é que Jason estava mais impulsivo que nunca, colocando a vida dele e de Batman em perigo. Por conta disso, Batman resolveu afastá-lo das operações, o que deixou o menino prodígio revoltado.
Pensando na vida, Jason volta ao local onde morava com os pais e descobre que a sua mãe falecida não era sua mãe biológica, e que esta poderia ainda estar viva! Feliz com a descoberta, ele parte para uma investigação para descobrir quem é sua mãe.
Neste meio tempo, o Coringa foge e parece estar querendo vender uma arma nuclear para o Oriente Médio. Batman vai atrás para tentar prender o vilão. E por incrível que pareça, os caminhos de Batman e Robin acabam se encontrando, e ambos precisam enfrentar o Coringa por motivos bem diferentes.
Movido pela sua impulsividade e na ânsia de salvar sua recém descoberta mãe, Robin acaba mais uma vez pondo sua vida em perigo, mas agora pode ser a última vez...
Eu não sei o quanto vocês conhecem sobre a história do Batman, mas Morte em Família foi uma celebração ao 50º aniversário do morcego, sendo uma de suas mais famosas histórias. Como havia o impasse da editora para saberem se matavam ou não Robin, a editora resolveu fazer um anúncio pedindo para que seus leitores votassem na vida ou na morte do menino prodígio. Assim, dois finais diferentes foram feitos.
Como nos volumes anteriores, conhecemos as capas das edições que contaram esta história e na história extra vemos como foi a primeira aparição de Jason Todd como Robin.
Eu não tenho do que reclamar desta bela edição.
Não percam a próxima resenha que será do livro:

8 comentários:

  1. eu vi essa coleção na banca de revistas mas tô sem grana pra colecionar TT_TT
    queria muito ter ao menos os primeiros, mas nem deu... e eu tava comprando outros quadrinhos... mas essa edição 11 parece ser muito boa...
    vou tenar comprar depois de alguém, usada mesmo, sla...
    bjs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria, está carinha mesmo, ainda mais que são dois exemplares por mês. Já estou tentando alguns usados também.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  2. oi Rose, realmente se torna uma trama bastante atrativa e o fato de ter dois finais agrada a todos
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thaila, na verdade não tem dois finais, mas na época em que o quadrinho foi lançado, houve esta pesquisa de opinião.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  3. Oi Rosie!
    Como eu queria gostar desse mundo de heróis rs' mas não consigo, apesar de ficar curiosa. Muito legal a editora fazer essa enquete sobre a vida do Robin e dar dois finais para agradar a todos.

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tahis, achei interessante também. Fiquei imaginando como não foi na época esta coisa toda.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  4. Oi Rose, já faz tempo que não leio nenhuma HQ. Não conhecia esse e achei bem bacana sua resenha.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Raquel, esta coleção está muito boa, vale conferir. Uma pena mesmo é ela ser longa e carinha...
      Bjs!

      Excluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.