Desafio Literário 2013 #ByGladys



Oi amigos, vocês lembram que a nossa querida amiga Gladys está participando do Desafio Literário 2013 assim como eu, não lembram? Pois então, hoje segue a resenha dela do livro referente ao mês de março, vamos conferir o que ela escolheu para o desafio?

Marley e Eu - John Grogan
304 páginas - Editora Ediouro 


Olá pessoal, desculpem a demora em enviar a resenha do livro de março, mas a faculdade me sufocou nesses últimos dias e tive que prorrogar a leitura para o final do mês.
Bem, o livro escolhido foi “Marley & Eu - A Vida e o amor ao lado do pior cão do mundo”. Já tinha vontade de lê-lo, pois assisti ao filme, acredito que a maioria também, e me emocionei bastante. Com o livro não poderia ser o contrário.
É difícil escrever sobre uma leitura que me rendeu tantas emoções, como diria Robertinho (rsrs). Marley & Eu é baseado em fatos reais, na verdade é um relato da vida de John Grogan e sua família ao lado do seu cãozinho atrapalhado Marley.
Quem assistiu ao filme sabe que Marley se metia em todas as confusões possíveis e no livro nós tomamos conhecimento, que se envolvia nas impossíveis também!
Eu imaginava que o livro focasse apenas no Marley, mas não. John nos relata de forma bem humorada e detalhada, sem ser enfadonho, como foi o início do seu relacionamento com Jenny, a compra da casa, a decisão de ter um animalzinho de estimação, as mudanças em seu bairro, o nascimento das crianças, enfim uma boa parte de sua vida pessoal e familiar.
John é jornalista, talvez por isso a sua escrita seja tão interessante e cativante. É como se lêssemos a história de um amigo, um familiar até. Ele não se apresenta como o protagonista bonzinho, sem defeitos. Pelo contrário relata seus defeitos e de sua esposa. O que nos faz sentir a veracidade na trama.
Você deve estar se perguntando, “mas o quê na vida desse cara fez com que ela se emocionasse?”. Te respondo: a relação de amor com seu bichinho! Para pessoas, como eu, que já criamos em alguma época da vida, algum animalzinho, sabemos como eles conseguem nos amar incondicionalmente. E Marley amava seus donos e era muito amado por eles.
Marley passou 13 anos ao lado da família Grogan e não tinha como não ser parte dela. Em algumas partes do livro, John se refere ao mesmo, como um tio mais velho dos seus filhos.
Nos últimos capítulos, quando John relata a velhice de Marley, não tem como não se emocionar. Sentimos nas páginas não só a dor de Marley, mas a de seus donos também. Quando assisti ao filme, terminei chorando e com o livro foi da mesma forma.
Meus pais sempre gostaram de criar animais, então em casa sempre tinha um gato, ou cachorro, às vezes até os dois, rsrs. As pessoas sabiam que minha mãe gostava de gatos, então quando algum morria por algum motivo, o povo se solidariza e a presenteava com outro, rs.
Mas o meu animalzinho de estimação, foi um cachorrinho, que minha mãe ganhou, só pra variar né (kkkk), marcou a minha adolescência. E lembrei-me dele várias vezes ao longo da leitura.
Assim como o meu cachorrinho, Marley, ficava triste quando a família viajava, agitado quando alguém se atrasava ao voltar para casa e etc. É incrível como eles conseguem entrar em nossas vidas e marcar de forma tão forte os anos que passam ao nosso lado.
No livro tem algumas fotos do verdadeiro Marley e ele era um fofo! Um labrador de raça 100% pura.
Ah e se você está se perguntando a razão do subtítulo: leia o livro e confira, =D
Até a próxima com o tema: “uma ou mais das quatro estações no título”. Tenho dois livros que se encaixam e espero poder lê-los, cumprir o desafio de abril e aumentar o número de “lidos” na meta de leitura, ;)
Fiquem com Deus!
Gladys Sena


E então amigos, tenho certeza que muitos de vocês já leram este livro, ou então, como eu, conhecem o filme. O que acharam da escolha da Gladys? Eu adorei! Esta resenha também está participando do nosso "Sua Dica Vale um Livro II", a lista de participantes agora está assim:


Quer participar da promoção também? Então mande sua resenha para o blog e boa sorte!



a Rafflecopter giveaway

9 comentários:

  1. Oi Rose,
    esse livro é uma graça neh? O filme tb é lindo!!!


    bjos


    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Vanessa, eu só conheço o filme, não tive oportunidade de ler o livro ainda.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  3. Oi Rose e Gladys!

    Adorei a resenha e gostei também de conhecer sua história com os bichinhos. Eu li o livro, vi o filme e me emocionei demais nos dois. Só quem já amou um bicho consegue entender.

    Beijos,

    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  4. Leia Mah! Vc não vai se decepcionar, bjo!

    ResponderExcluir
  5. Oi Sora!
    Que bom que vc gostou, fico feliz, =D
    Realmente é bem emocionante, me levou às lágrimas...


    Bjo!

    ResponderExcluir
  6. yassuifortes9/4/13

    Não vi o filme e também não conhecia o livro, mas, parece ser bem legal.

    ResponderExcluir
  7. Sério? Você é uma das poucas que não conhecem o filme.
    Bj, Rose

    ResponderExcluir
  8. O filme é mesmo lindo, como não li o livro, posso apenas imaginar.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  9. Volta e meia repete na tv, na próxima vc assisti, rsrs.

    ResponderExcluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.