Take 8 e Gravando – Vamos falar de Mad Max

Com o lançamento de Mad Max – Estrada da Fúria, os burburinhos sobre essa série cinematográfica voltaram com toda a força e claro que eu também não deixaria de dar meu pitaco sobre isso.

Uma produção que teve sua primeira estreia em 1979, Mad Max inovou no estilo de gravação e história, contando com mais duas continuações firmou seu lugar nos cânones dos filmes clássicos e quando todos achavam que ele não sairia do passado e das lembranças daqueles que o assistiram foi anunciada uma nova filmagem ambiciosa e em grande escala da história do solitário Max, gerando expectativa e medo em todos.
Perto do lançamento desse último filme decidi fazer uma maratona de toda a série para ter a base ao ver essa refilmagem e foi uma coisa boa, apesar de não ser necessária, já que esse último longa apesar de trazer referências aos filmes anteriores, não é dependente deles, e com isso posso dizer que Mad Max se tornou uma franquia que gosto muito apesar de não ter caído de amores por todos os filmes antigos o Estrada da Fúria foi a cereja do bolo para me ganhar. Um dos fatores que ajudou que essa série não tenha perdido a identidade foi que ela manteve o mesmo diretor.
Abaixo trago uma sinopse e alguns comentários sobre cada filme:
Mad Max (1979)
Sinopse: Num futuro próximo, o combustível que alimenta os motores dos carros é também motivo para crimes perpetrados por violentas gangues. Max é um jovem policial e junto com seus companheiros patrulha as estradas a fim de impedir a ação daqueles que insistem em perturbar a paz. A morte de um membro pelas mãos de Max dá início a uma série de crimes cruéis cometidos contra sua família e o melhor amigo. Assim, Max só tem uma escolha: vingança. (Fonte: Adorocinema).
Comentários: Como um filme introdutório ele pode ser um pouco confuso, já que não há uma explicação para o cenário apresentado, um mundo seco e diferente em algum cenário futuro. O fato de ter sido uma produção de baixo orçamento ficou claro nas filmagens, mas essa limitação não atrapalha o andamento da história. Cortes de câmeras e closes são amplamente utilizados. Aqui vemos toda a evolução e construção do personagem Max até ele se tornar o que conhecemos nas sequencias.
Mad Max 2 – A caçada continua (1981)
Sinopse: No futuro o bem mais precioso é a gasolina, em virtude de uma guerra que acabou com os campos petrolíferos do Oriente Médio. Tendo combustível pode-se fugir da morte ou se dirigir a algum lugar para matar alguém. Neste contexto, Max (Mel Gibson) resolve ajudar uma comunidade a defender sua refinaria contra uma gangue de motoqueiros. (Fonte: Adorocinema)
Comentários: Esse é um dos filmes que mais gosto da franquia, é aqui que entendemos como o mundo chegou à realidade mostrada no longa anterior, a falta da água gera guerra no
mundo e a falta de combustível motiva perseguições e assassinatos, e é nesse ambiente que acompanhamos Max, totalmente alterado devido as tragédias que lhe ocorreram e tentando sobreviver, o uso da câmera e o roteiro estão melhor trabalhados, e a loucura é uma característica marcante dos personagens e do filme.
Mad Max 3 – Além da cúpula do trovão (1981)
Sinopse: Após a destruição da civilização surge Bartertown, uma cidade no deserto com regras primitivas e mortais que tem uma governante (Tina Turner) que deseja consolidar seu poder a qualquer preço. Até que lá chega Max (Mel Gibson), que é forçado a participar de uma luta e, por ter se recusado a matar seu oponente, acaba sendo banido no deserto. Até que um grupo de jovens selvagens o salvam e passam a considerá-lo um messias que os levará até uma nova terra. (Fonte: Adorocinema)
Comentários: O filme que encerra a cronologia antiga, aqui vemos Max mais duro e um ambiente mais organizado, mas ainda violento. O roteiro é dividido em dois momentos: em Bartertown e quando ele encontra o grupo de jovens selvagens. Achei esses dois pontos um pouco desconexos, porém a história tem um propósito alcançado no fim. Esse foi um dos filmes que menos gostei, mas é importante por ser o encerramento. E claro que não poderia deixar de comentar que também podemos conferir a atuação de Tina Turner.
Mad Max – Estrada da fúria (2015)
Sinopse: Após ser capturado por Immortan Joe, um guerreiro das estradas chamado Max (Tom Hardy) se vê no meio de uma guerra mortal, iniciada pela Imperatriz Furiosa (Charlize Theron) na tentativa se salvar um grupo de garotas. Também tentanto fugir, Max aceita ajudar Furiosa em sua luta contra Joe e se vê dividido entre mais uma vez seguir sozinho seu caminho ou ficar com o grupo. (Fonte: Adorocinema)
Comentários: Eu poderia falar por parágrafos sobre esse filme, mas quero me manter focada (e não cansar vocês rs). Primeiramente o título não possui uma numeração justamente pra mostrar que não é uma continuação dos filmes anteriores, mas usa dos mesmo cenários e personagem. Agora o enredo conta com uma população guiada por um ditador e uma rebelde tentando ir contra o sistema e é nesse ambiente que encontramos Max. Nesse filme as cenas de perseguições estão muito bem feitas e de tirar o fôlego, o roteiro bem trabalhado e os elementos principais da série clássica foram respeitados e mantidos, mas o grande diferencial, por incrível que pareça, não está no personagem principal e que dá nome ao filme, mas sim na Imperatriz Furiosa que rouba a cena e ganha um espaço totalmente merecido.

Fiz esse post basicamente para falar que apesar da diferença de tempo entre os filmes e da evolução dos recursos utilizados e do roteiro trabalhado essa é uma franquia que vale a pena ser vista, para poder acompanhar uma melhoria geral, tanto da história quanto do próprio diretor e ver que apesar de ser uma nova filmagem de uma história consagrada sempre é possível inovar.

33 comentários:

  1. Oi Rose e Dani!
    Nossa, que coincidência! Semana passada eu e meu marido fizemos uma maratona para ver os 3 filmes antigos do Mad Max. Não curtimos muito os antigos, mas nessa semana fomos assistir o filme novo no cinema e amamos!
    A Furiosa definitivamente é minha personagem favorita, deviam fazer mais filmes com ela.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sora, também não sou muito fã dos antigos, e este novo ainda não vi para opinar.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  2. Assisti os primeiros filmes quando era criança, e lembro do meu choque até hoje pela que ocorre com a família do Max. Foi algo muito brutal e segue assim até o fim. Fico feliz que o de agora também tenha ficado bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não gostei muito dos filmes antigos e confesso que jé nem me lembrava muito dos enredos.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  3. Olá, Dani.
    Confesso que os filmes não me chamaram tanto a atenção, tanto que nem assisti ao lançamento recente. Vejo muita ação e conteúdo de menos. Ou talvez só não seja meu tipo de filme mesmo.
    Dessa vez, passo a dica.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os antigos eu não gostei, e este novo também não chamou muito minha atenção.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  4. não conhecia ainda, mas pelo visto tem potencial para agradar
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo menos tem muitos fãs.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  5. Daniele, eu sou uma saudosa dos três filmes, mesmo sabendo dos problemas. Mas quando assisti pela primeira vez, eu fiquei impressionada pelo ambiente distópico. E naquela época eu era só uma criança, as questões técnicas e atuações não tinha grandes importâncias.

    Ainda não vi o novo Mad Max, mas estou louca para ver.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nilda, pelo que andei vendo, estão adorando o novo filme.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  6. quando assisti o filme novo, me impressionei bastante, já que o filme me surpreendeu em todos os sentidos, é realmente ótimo! Mesmo não assistindo taaanto filmes de ação, achei tudo presente no filme realmente muito bom. Fiquei curiosa para assistir os antigos também, vou procurar :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vân, legal que gostou, eu confesso que não tenho muito interesse.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  7. Eu ainda não assisti Mad Max, mas preciso corrigir isso rápido, tenho acompanhado muitos debates, inclusive do movimento feminista, li alguns artigos interessantes, mas minha vida anda uma bagunça, espero logo poder apreciar ao filme.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lilian, espero que goste, eu confesso não gostei muito dos antigos e não pretendo ver este novo.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  8. Oláá
    Adorei o post. Eu assisti ao filme no cinema e não queria, mas meu amigo implorou e fui, me impressionei por gostar tanto já que não curto ação, muuuito legal

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Catharina, ainda mais por não ser fã do gênero.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  9. Ola Dani assisti a cúpula e adorei, e menina como Mel está novinho hein. Com relação ao filme novo ainda não assisti mas li elogios . Gostei de saber do destaque para a Imperatriz, estou bem curiosa para assistir o filme. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Joyce, caso assista, espero que goste.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  10. Olá, tudo bem?

    Eu não conhecia nada, nada mesmo sobre essa série de filmes. o.o
    Nunca tinha visto nada sobre e, fiquei bem curiosa para assistir ao novo filme, ainda mais que conta com a Charlize no elenco, ela que é uma ótima interprete. Não tinha visto nada sobre esse de 2015 também e fiquei hiper curiosa para assisti-lo. Não sei se assistiria os filmes anteriores. Gosto bastante de filmes de ação e esse ultimo, eu com certeza quero assistir e conhecer esse Mad Max! Obrigada pela indicação!

    Beijo!
    Livros & Tal [livrosetalgroup.blogspot.com.br]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana, cheguei a ver os antigos e não gostei muito, acho que por isso não me interessei pelo novo, apesar de gostar também da Charlize.
      Bjs, Rose.

      Excluir
    2. Eu adorei essa nova versão do filme. Okay, Gibson foda, mas cara essa nova versão vai contra toda a moral da sociedade. As cenas são muito bem feitas, tudo explode *-*

      http://laoliphant.com.br/

      Excluir
  11. Oi Dani, tudo bem?
    Nunca me interessei por Mad Max, e não sabia que o novo é com a Charlize, adoro essa mulher, vou assistir!

    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Angélica, não gostei dos antigos, e por isso acabei perdendo o interesse.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  12. Apesar de não ter assistido aos antigos, eu gosto muito desse estilo de filme e conferir o novo. Concordo completamente com você e a Charlize Theron roubou totalmente a cena!! Essa mulher é incrível! <3
    Agora fiquei curiosa para assistir aos antigos e entender porque o mundo chegou àquele ponto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Samy, espero que goste, da minha parte não gostei dos filmes antigos e apesar de gostar da Charlize, não tenho interesse no novo filme.
      Bjs,Rose.

      Excluir
  13. Tem um comentário sobre UMA cena desse filme que me faz querer muito vê-lo. Nunca vi os outros, mas esse novo quero muito!
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana. caso veja, espero que goste.
      Bjs,Rose.

      Excluir
  14. Eu vi a versão com o Mel e a tina e simplesmente é um clássico e claro não posso deixar de conferir a nova versão até pq soube que uma mulher rouba todo protagonismo kkkkk adoooroooo!!! quero muito ver .. parabéns pela indicação.
    http://florroxapoemasepoesias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lunna, apesar de não ser fã desta série de filmes, este último está agradando muitas pessoas mesmo.
      Bjs,Rose.

      Excluir
  15. Olá! Adorei o post, pois tenho ouvido falar muito bem sobre Mad Max, mas não sabia direito do que se tratavam os filmes, tanto a trilogia antiga, quanto o recente. Parece muito bom. Fiquei com vontade de conferir todos eles, mas acho que vou gostar mais desse último. A Imperatriz Furiosa parece uma personagem incrível ;) Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila, ela tem chamado muito atenção e recebido vários elogios.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  16. Assisti o filme e confesso que quando fui convidada para assisti pensei que fosse um filme de lutas daqueles bem chatos. O filme me surpreendeu, adorei. Não sabia que tinha filmes anteriores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marisa, tem sim. Eu não gostei dos anteriores, mas caso veja, espero que goste,
      Bjs, Rose.

      Excluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.