#Resenha Superman/Batman: Supergirl #14

Oi amigos, hoje tenho mais uma resenha da série da DC Comics que estou fazendo para meus filhos. Espero que gostem!

Superman/Batman: Supergirl - #14 Coleção Graphic Novels
164 páginas - Editora DC Comics
Ao fazer uma pequena investigação na Baía de Gotham, Batman acabou encontrando uma nave, e com ela, Kara, que em tese seria a prima de Superman.
Procurando por mais informações e também para evitar mais o caos que Kara estava criando em Gotham, ele a levou para a caverna.
Mas Superman queria Kara debaixo de sua asa e proteção para desagrado de Batman que não confiava nenhum pouco na jovem.
No impasse criado, surge a Mulher Maravilha, que leva Kara para a Ilha Paraíso, lar das Amazonas e da Mulher Maravilha.
Kara se adapta bem, mas Superman insiste que ela fique com ele.
O problema é quando a Ilha é atacada e Kara é levada para as garras de Dirkseid e uma das Amazonas é assassinada no processo.
Superman, Batman e Mulher Maravilha vão em busca da ajuda de Barda para recuperarem Kara.
Batman ainda tem todas as ressalvas em relação à jovem, além de estar preocupado com a obsessão de Superman com Kara, principalmente por não saberem se Kara era quem dizia ser.
A luta entre Superman e Dirkseid pega fogo e apenas um deles ficará para contar a história. Será que Superman vai deixar os escrúpulos de lado e partir com tudo para cima de Dirkseid? Quem será Kara na verdade? Será que ela será mesmo a futura Supergirl?
Apesar de ter achado a história fraca, adorei o traçado do desenho, mesmo tendo achado que a Kara foi retratada de uma forma meio vulgar,  o que me desagradou e muito, ainda mais se eu levar em conta quem comprou as roupas dela...
Mais uma vez temos um show de qualidade nas capas que ficam ao final do livro:


Na história extra temos a primeira aparição da Supergirl. Aliás, que enredo mais tosco, diga-se de passagem, muito bobinho para o meu gosto...
Perdeu os outros livros da série? Então cliquem abaixo e confiram!
1. O Silêncio - parte 1
2. O Silêncio - parte 2
3. O Último Filho
4. Torre de Babel
5. Inimigos Públicos
6. O Longo Dia das Bruxas - parte 1
7. O Longo Dia das Bruxas - parte 2
11. Morte em Família
12. Lex Luthor: O Homem de Aço
13. Liga da Justiça: Torre 2

a Rafflecopter giveaway

19 comentários:

  1. não sabia da existência da super girl, Rose e admito que fiquei curiosa!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Rose, essa Kara é bem piriguete neh kkkk. Eu adoro os gráficos da DC, a qualidade e as cores são realmente incríveis, uma pena que o enredo tenha deixado a desejar. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gleyse, pelo menos suas roupas foram bem ao estilo piriguete sim.
      Bjs!

      Excluir
  3. Oiii Rose, tudo bem?
    Pro mais que sua resenha tenha ficado muito boa, pularei a dica da vez. Eu era bem fã de quadrinhos assim, mas com o tempo não consegui mais ler tanto.
    Beijinhos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Morgana, acontece. Já fiz isso com os romances de época, fiquei anos sem ler, e agora voltei com tudo com eles.
      Bjs!

      Excluir
  4. Oi Rose, já percebi que você adora HQs de super heróis. Confesso que o gênero não é meu preferido, mas gostei da resenha.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Quel, gosto sim, aliás, adoro o mundo dos super heróis.
      Bjs!

      Excluir
  5. Oii,

    Adorei a sua resenha, também estou fazendo essa coleção e estou bem curiosa em ler essa edição e a edição do Morte em Família. E confesso que esse contato com os heróis da DC tem sido uma experiência bem bacana!!

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Morte em Família foi ótimo, bem melhor que este.
      Bjs!

      Excluir
  6. Não sou muito fã do Super Homem, sempre preferi ler os gibis do Homem Aranha, mas gostei da sua resenha!
    Beijos
    Lívia
    www.livialedier.com.br/mocadepapel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lívia, não sou tão fã do Super Homem, mas do Homem Aranha sempre me irritou.
      Bjs!

      Excluir
  7. Olá!
    Também achei essa história bem fraquinha e um pouco bagunçada... Sinceramente, não curto muito o selo jovem da DC... Acho as histórias meio sem pé nem cabeças, mas, verdade seja dita: os desenhos são mesmo muito bem feitos!
    Bjss

    http://olhoscastanhostambemtemoseufascinio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quanto aos desenhos realmente não podemos reclamar.
      Bjs!

      Excluir
  8. Oi, tudo bem?

    Não sou muito de HQ's de super-heróis. Nunca gostei desse tipo de história. Eu teria gostado mais pelas ilustrações do que pela história, ou pelos personagens (não tenho familiaridade com nenhum). Hahahaha, me fala alguma HQ em que a mulher não é sexualizada? Difícil, né? :/

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema aqui foi que a Supergirl ficou bem vulgar, não condiz com ela e nem com quem comprou as roupas...
      Bjs!

      Excluir
  9. Rose, quando o assunto é DC eu não curto muito, pois o único que eu gosto mesmo é o Batman.
    Kara sempre é meio assim, tanto em série como em hq pelo visto.
    Mas nessa ela ficou muito vulgar. Acaba com a imagem da personagem da série que não nada assim.
    Só leria porque tem o Batman.
    Essa coleção tá muito show.
    Queria demais, mas não cabe no meu orçamento.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Déborah, está bem carinha mesmo.
      Bjs!

      Excluir
  10. Oi Rose!
    Gente, mas que ilustrações/desenhos lindosssss!!
    Esse não é um dos livros que leria porque não vou muito com a cara do Superman nem da Supergirl, mas realmente, o traçado do desenho é MUITO LINDO!
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.