#Resenha A Lista de Brett

Oi amigos, hoje tenho para vocês a resenha do livro que foi escolhido para o Clube do Livro deste mês. Foi uma ótima leitura, e espero ter conseguido passar isso na resenha.
A Lista de Brett - Lori Nelson Spielman
364 páginas - Editora Verus
Muitos adjetivos cabem neste livro, deste a capa bela e fofa, até o encantador e emocionante enredo. Tudo neste livro se juntou para proporcionar ao leitor uma leitura ímpar.
Nossa história começa quando a mãe de Brett Bohlinger morre de câncer de ovário. Brett é a caçula de três irmãos, e como nunca teve o afeto e a aprovação do pai, sempre foi muito ligada à mãe. Foi ela quem ficou ao lado da mãe assim que esta foi diagnosticada com a doença, permanecendo ao seu lado até o final. Como os irmãos eram casados, ela tomou para si todo o cuidado da mãe, que tanto amava e admirava.
Brett é bonita, inteligente e rica. Ela mora com seu namorado bonitão, um advogado que trabalha duro, mas que dá muito atenção para as aparências. Com a morte da mãe, ela herdaria as ações e a presidência da Cosméticos Bohlinger. Por favor, não achem que era isso que ela desejava, estou apenas expondo os fatos.
Quando o até então desconhecido advogado Brad Midar lê o testamento de Elisabeth, a vida de Breet muda completamente. Não foi apenas a surpresa de ter um advogado que não era o que a mãe costumava usar, mas principalmente pelos desejos que ela deixou muito bem especificados.
Além de não ter ficado com a presidência, que acabou indo para sua cunhada, Brett também ficou sem dinheiro! Bem, na verdade não foi bem sem dinheiro, vamos dizer que ela ficou temporariamente sem dinheiro, visto que para herdar sua parte na herança, ela teria que completar uma lista de desejos que havia escrito na adolescência.
Sábia como só as mães conseguem ser, Elizabeth percebeu que Brett estava se afastando da menina que era. Aquela guria sonhadora e forte estava deixando de existir para dar lugar a uma mulher tímida que se moldara aos que os outros esperavam dela. A felicidade de Brett não era real, e a mãe queria que ela percebesse isso.
Brett se revoltou, afinal aqueles desejos pertenciam a uma garota, e não a mulher que ela era hoje. Mas, sem ter como escapar, e contando com o apoio do atraente Brad, Brett começa aos poucos a levar sua antiga lista de desejos mais a sério.
Acontece que uma parte dos desejos dela, iam bem de encontro aos desejos de seu namorado, e ela não estava com disposição de analisar seu relacionamento, ou o quão sem sentido ele era ou tinha se transformado. 
Enquanto isso, o relacionamento dela com Brad foi se intensificando, e uma atração mútua foi crescendo. Complicado mesmo era que ele também estava em um relacionamento que passava por um momento conturbado.
Conforme Brett ia realizando seus desejos, Brad ia lendo uma carta de Elizabeth para ela. Era como ter a mãe novamente ao seu lado. As mensagens deixadas pela mãe, não só faziam Brett refletir sobre sua vida, como também lançaram pistas bem sugestivas sobre seu pai, o que fez a garota sair em busca de informações por uma verdade que ela ansiava descobrir. Verdade esta que poderia explicar o motivo de seu pai nunca aceitá-la como filha.
Os desejos da lista precisavam ser completados no prazo de um ano, e Brett corria contra o tempo. As aulas que ela tanto temia dar, a surpreenderam, e trouxeram para sua vida o psiquiatra Dr. Garrett Taylor, com quem conversava por telefone e por quem se sentia atraída, mesmo sem o conhecer pessoalmente. Outro rapaz que o atraía e que ela não conhecia era o rapaz que ela apelidou de Burberry, uma marca que ele usava constantemente. Também apareceu na vida de Breet um amigo de seu irmão, que aliás ficou muito interessado nela, e ela nele...
Volúvel nossa Brett não é mesmo? Mas quem lê percebe que o que esta menina quer mesmo é encontrar um amor para chamar de seu. Sua carência afetiva, motivada pela frieza que o pai a tratava, minaram pouco a pouco os sonhos e a personalidade alegre e destemida que um dia ela teve.
A verdade é que conforme Brett foi realizando os desejos contidos na lista, ela não ia apenas chegando mais perto de sua herança, mas principalmente ela estava chegando perto de si mesma. Da garota que ela sempre foi e havia esquecido em algum lugar entre a infância e a fase adulta.
E este reencontro causou muitas descobertas, não só dela mesma, como também de seus pais e de sua própria vida que ela nem imaginava.
Outra coisa interessante e muito clara ao longo da leitura, é que um desejo foi puxando outro, e ao mesmo tempo que ela estava se descobrindo, os desejos iam sendo completados sem que ele mesma percebesse ou fizesse algum tipo de esforço, o que só comprovava o que sua mãe via.
Mesmo com sua vida entrando nos eixos, e ela se sentido segura e mais feliz, ela tinha consciência que sua lista poderia vim a ficar incompleta, afinal ter um filho e se apaixonar não dependiam apenas dela.
Ela não queria um filho apenas para completar uma lista ou receber sua herança. E como ela resolveria o impasse que estava sua vida amorosa? Ela mesma não entendia o que ia dentro do seu coração, como completaria este item?
A lista de Brett não faz apenas Brett questionar sua vida, mas também leva o leitor a refletir sobre a sua própria. O livro é emocionante, principalmente nos momentos em que Brett completa um item da lista e recebe uma carta (equivalente ao item completado) de sua mãe. Cada carta lida é como se as duas estivessem conversando de novo, o que reforça a ligação que havia entre mãe e filha.
Há momentos engraçados também, onde o leitor se pega rindo. E o final? Ah... o final... O final é muito fofo, daqueles que já podem ir direto para um set de filmagem.
Não tem nada no livro que eu possa reclamar. Talvez o fato da lista de Brett não está na mesma folha, o que esteticamente seria bem mais bonito de se vê, mas isso gente, vamos combinar que é preciosismo e não interfere em nada na leitura deliciosa proporcionada pela autora.
Ah, e para quem como eu, pensava que o livro era mais um Chick-lit, está bem enganado, por isso, leiam, se emocionem e se divirtam...
Abaixo uma pequena lembrança do Clube do Livro do mês passado, onde conversamos e muito sobre este livro que conquistou a todos os presentes:

14 comentários:

  1. Oi Rose
    Me identifiquei muito com a história do livro, acho que vou gostar da leitura. A trama não é das mais originais, mas me pareceu bem contada pela autora. Gostei da dica.
    abraços
    Gisela
    http://www.lerparadivertir.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gisela, não é mesmo das mais originais, mas prende o leitor até o final e a leitura é muito boa.
      Bjs!

      Excluir
  2. Oi, Rose.
    Achei a premissa do livro bem bacana e parece que o livro é bem escrito, então já me ganhou!
    Adoro a ideia de que haja momentos engraçados e um final fofo! rs...
    beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camis o livro é bem escrito sim, vale a leitura. O final é mega fofo!
      Bjs!

      Excluir
  3. o livro é mesmo muito emocionante, a autora foi uma grata surpresa para mim, hoje é uma das minhas favoritas
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thaila, foi uma surpresa para mim também. Pretendo ler outras obras dela.
      Bjs!

      Excluir
  4. Oiii Rose, tudo bem?
    Eu realmente amei a sua resenha, e o livro parece ser um amor, e confesso que parece ser surpreendente e apaixonante <3 Amei as fotos com muito amor.
    Beijinhos Rose <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Morgana, o livro de surpreendeu, não posso deixar de recomendar. Espero que leia e goste.
      Bjs!

      Excluir
  5. é, o livro parece ter uma reflexão importante... mas apesar disso, não me senti tentada a ler por ão fazer meu gênero de leituras...
    confesso que não conhecia a autora...
    bjs ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria, eu também não conhecia a autora e só li o livro por conta do clube, pois achei que seria mais um Chick lit, um gênero que leio pouco.
      Bjs!

      Excluir
  6. OOi :)

    Ameei a resenha!!
    O livro parece ser lindoooo, não conhecia ele. Amo livros que nos fazem refletir, principalmente sobre nossa vida.
    Com certeza já vai pra ista de desejos haha E quem sabe ganho essa promoção ai uhuuul

    Beijoos
    http://estantemineira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Catrine, o livro é muito bonito mesmo, nos emociona e nos faz rir. Espero que leia e goste.
      Boa sorte na promoção, e não esqueça de colocar os links das postagens que comentar no formulário e aumentar suas chances de ganhar :)
      Bjs!

      Excluir
  7. Oi Rose, essa obra parece ser ótima...tenho bastante interesse em ler. Adorei sua resenha ela me deixou ainda mais curiosa.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi QUel, o livro é muito bom, leia sim.
      Bjs!

      Excluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.