#Resenha Sedução da Seda #1/4

Oi amigos, e quando eu estava sofrendo pelo término da série Os Bridgertons da Julia Quinn, vem a Editora Arqueiro e lança sua mais nova série de romances de época! \o/\o/ 

Fora a linda capa que já é apresentada logo de cara, vamos conhecer um pouco deste volume inicial da série que será composta por 4 volumes?
Sedução da Seda - #1 série As Modistas - Loretta Chase
304 páginas - Editora Arqueiro
A Maison Noirot é dirigida pelas irmãs Marcelline, Sophia e Leonie. Cada uma era responsável por uma fatia importante do andamento da Maison.
Apesar do esforço das irmãs, elas tinham uma dura rival, a Maison Downes da Hortence. Hortence e sua loja estavam estabelecidas no mercado há anos, e a nata da sociedade era a freguesia fiel que dava todo o status de glamour para a Maison. Como os nobres não eram dados a grandes mudanças, a Maison Noirot tinha uma dura batalha para conseguir ficar em primeiro lugar no mercado.
Mas quando a volta do Duque de Clevedon é anunciada, as irmãs percebem que esta é a chance que elas tanto esperavam e precisavam para colocar a loja na mira dos nobres. Isso porquê o Duque estava  voltando para enfim se casar com Clara Fairfax. Acontece que Clara, na opinião das irmãs, e principalmente de Marcelline, a desenhista e responsável pelas roupas da loja, é muito mal vestida e precisava de ajuda para o posto que iria ter após o casamento.
Elas queriam conquistar a confiança de Clara, para então ficarem responsáveis pelo seu guarda roupa e por conseguinte, o guarda roupa da nobreza em geral... Mas como chegar até a moça?
Colocando em prática um plano audacioso, e porquê não dizer maluco, Marcelline viaja até a França atrás do Duque de Clevedon, com a intenção de lhe mostrar o quão importante será para ele os serviços da Maison Noirot, afinal, sua futura esposa teria que se vestir a altura do título...
A princípio Clevedon sentiu-se ultrajado diante de tal atrevimento. Ele não iria permitir que qualquer um falasse mal de sua Clara, aquela que ele ama desde a tenra idade... Acontece que a beleza e a confiança de Marcelline começaram a mexer com ele, fazendo-o notar que Clara precisaria mesmo de uma repaginada.
Sob a superfície da cordialidade e da boa educação, a atração entre Clevedon e Marcelline começa a ficar palpável, e eles brincam com fogo com flertes leves e inocentes.
Clevedon não tinha do que reclamar, pois Marcelline sempre deixou bem claro quais eram suas intenções em relação ao Duque: sua carteira. Desde o início ela explicou que queria fazer o guarda roupa da futura duquesa, e que um envolvimento entre eles estava totalmente descartado, pois isso seria a mesma coisa que dar um tiro no próprio pé. Como suas clientes iriam encarar o fato dela dormir com os maridos, noivos ou namorados delas? Com certeza seria o fim da Maison, de suas irmãs e principalmente de sua filha.
Toda esta sinceridade de Marcelline acabou afetando o duque, que não entendia mais seus sentimentos e nem sabia mais como ou quando se casaria com Clara. E quando ele decide ficar longe de Marcelline, para o bem de Clara, é justamente Clara quem lhe deixa mais perto da moça. Fora que a filha de Marcelline acabou conquistando o coração do Duque, e manter-se longe dela também era uma dura tarefa.
A aproximação de Clara com a Maison acabou gerando uma confiança na moça que ela antes não tinha, e isso acaba sendo uma peça chave para a conclusão do livro.
Além dos problemas que um envolvimento com o Duque poderia lhe causar, Marcelline e suas irmãs ainda tem que lidar com o fato de estarem sendo vítima de um espião, que claramente estava roubando seus desenhos e repassando para sua tão odiosa rival Hortence. As irmãs terão que usar de toda a inteligência que possuem para que estes problemas não afundem a loja e o sustento delas. 
E quando tudo parece meio perdido, é a força das três e o apoio inesperado do Duque que ajuda as meninas a superarem o que para muitos seria o fim de muitos sonhos.
O livro tem alguns itens que chamam atenção, como o fato do trabalho e da burguesia serem mal vistos pela nobreza. A mesma nobreza tediosa que não tem o que fazer além de festas, fofocas e chás, ou seja uma vida fútil e inútil.
O fato de termos uma protagonista forte, decidida, mas também ardilosa e inescrupulosa, que sabe usar sua beleza e suas roupas a seu favor, é outro fato que chama atenção. E o melhor, ela deixa isso muito claro nas interações que tem com o Duque. Ela diz claramente o que quer e como quer. Não tem jogo duplo ou meias palavras. Marcelline com certeza confunde não só o duque, mas todos os homens de sua época, acostumados as belas cabeças de vento tão comuns na sociedade.
Um livro divertido e envolvente que vale a pena ser lido, principalmente para os fãs do gênero. E olhem só que beleza as próximas capas:
a Rafflecopter giveaway

22 comentários:

  1. oi Rose, eu adoro o jeito de Loretta de escrever e ja me apaixonei por essa série

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thaila, também gosto e assim como você, também me apaixonei :)
      Bjs!

      Excluir
  2. Oi Rose,

    amei o novo visual do blog! Já li esse livro e amei muito! Ele é bastante divertido e romântico, além de trazer protagonistas fortes, teimosos e inesquecíveis! Vale mesmo a pena a leitura, sem falar que as capas da série são divinas demais!

    Beijos!
    Visite o Mademoiselle Loves Books
    http://www.mademoisellelovesbooks.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana, que bom que gostou! Realmente o livro é ótimo e divertido.
      Bjs!

      Excluir
  3. Oiii Rose, como vai?
    Infelizmente eu não sou muito chegada em livros com romance de época, dessa maneira irei pular a dica, mas fiquei bastante surpresa em ver o lançamento dessa nova série, quem sabe quando estiver completa eu dê uma chance. Parabéns pela resenha.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Morgana, quem sabe até lá você é fisgada pela curiosidade.
      Bjs!

      Excluir
  4. Eu não gosto de romances de épocas mas mesmo assim a tua resenha me deixou bem intrigado. Esse negócio de "um amor que coloca a loja em risco" parece ser bem dramático e interessante, haha! Ótima resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Felipe, não sei se dramático, mas faz sentido, afinal quem iria querer frequentar a loja sabendo que a dona sai com seus maridos e afins?
      Bjs!

      Excluir
  5. Olha, esse é o tipo de livro que eu passaria bem longe por causa do título e da capa, mas pela resenha que você fez, não é que gostei da história! kkkkk Achei muito legal essas irmãs que tem seu próprio negócio e lutam para conseguir o que querem! Adorei! Já vou colocar na minha lista do Skoob!
    Obrigada pela dica! ^^

    ResponderExcluir
  6. ai, eu não curto capas nesse estilo, e lendo a resenha percebi que o gênero realmente não me atrai... muita gente fala bem da autora, mas acredito que eu não iria aproveitar a leitura, justamente por esse tipo de história não me agradar...
    não gosto de romances, ainda mais de época, afora um ou outro clássico, mas no geral, deixo passar a dica... bjs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria, romance realmente não faz seu gênero, mesmo assim, muito obrigada por ler a resenha e deixar seu comentário.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  7. Oi, tudo bem?

    Já abandonei os romances de época faz um tempão e, por mais que esses sejam bastante populares, não consigo mais ler nem um. Acho as capas legais, bem características, mas as histórias realmente não me atraem. A única coisa que gosto desse tipo de gênero é, realmente, ficar sabendo mais sobre os costumes das classes sociais, apesar de muitos serem bastante repetidas em todos os livros (à exemplo dos jantares e festas). Algo que me irrita nesses tipos de livros é que, a maioria, aborda personagens da classe média/alta e é muito maçante depois de um tempo.
    A narrativa deste, entretanto, parece se diferenciar um pouquinho com o fato de as moças serem mais dependentes financeiramente (o que, acredito, não condiz muito com a real época).

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nina, teve uma época que eu abandonei os livros do gênero, justamente por conta desta repetição. Mas estou gostando destes que estão saindo, as moças não são tão ingênuas, o que deixa o enredo mais dinâmico, fora a pitada de humor que eles estão tendo.
      Bjs!

      Excluir
  8. Olá! Tudo bem?
    Confesso que romances de época não são o gênero literário que mais me agrada. Mas esses novos livros vem fazendo um sucesso tremendo. Ainda assim prefiro os romances de época mais antigos, de outros autores. Esses novos não me conquistam, infelizmente. Mas que bom que a você estas leituras agradam. Fico feliz!


    Beijinhos...
    http://estantedalullys.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lullys, gostos dos mais antigos também, mas este novos estão me agradando sim.
      Bjs!

      Excluir
  9. Oi! Gostei bastante da resenha, bem completa.
    Não sabia do que se tratava apesar de já ter visto esses livros por aí.
    Tô evitando séries, mas sabendo que são quatro livros, acho que rola. rs

    Beijos, Thay.
    http://www.leitoranamoda.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Thay, quatro é mais fácil né? kkkk
      Bjs!

      Excluir
  10. Olá!

    Tenho lido muitas coisas boas sobre esse livro. Adorei o enredo trazer uma burguesa ao invés e uma nobre ou plebeia. A personalidade forte e determinada da mocinha também me atraiu bastante. Fiquei curiosissima para ler este livro.

    Beijinhos!
    Cantinho Cult

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pamella, o livro é uma delícia, espero que leia e goste.
      Bjs!

      Excluir
  11. oi, tudo bem?
    estou louca para ler esse livro. Amo romances de época, e gostei do diferencial da mocinha. Mocinhas fortes e a frente do seu tempo, são comuns no gênero, mas essa vai além, pelo jeito, kkkk
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna, estes romances estão ótimos, amei este. Espero que goste.
      Bjs!

      Excluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.