Take e Gravando #13 Os queridos mestres

O mês de outubro é cheio de datas especiais e fiquei pensando qual delas eu ia querer trazer aqui para o Take e Gravando dessa semana, e com tudo o que vêm acontecendo e pensando quem sempre vai merecer uma homenagem decidi falar sobre professores. No último dia 15 de outubro foi comemorado o dia dos professores, com isso quis trazer seis filmes para falar sobre esse tema, os três primeiros são filmes que assisti e que particularmente gosto muito, todos eles me ensinaram um lado bom da profissão além de passarem grandes lições de vida. Os outros três são filmes que também tratam desse tema e que estão na minha lista para serem vistos.

1. Mentes Perigosas – acho que esse foi o primeiro filme sobre professores que me lembro de ter visto, e ele me marcou tanto que reforçou meu amor pela literatura e meu respeito pela profissão, a maneira como essa professora entra na vida desses adolescentes e com literatura e música mostra não apenas o mundo dentro dos muros da escola, mas também como enfrentar a vida. Até hoje esse filme está na minha lista de preferidos.
Sinopse: Uma ex-oficial da marinha abandona a vida militar para ser professora de inglês. Só que logo na primeira escola em que começa a lecionar, ela vai se deparar com diversas barreiras. Sendo um colégio de negros, latinos, e na maioria de pessoas pobres, ela terá que lidar com a rebeldia dos alunos. Como a professora Louanne Johnson não consegue através de métodos convencionais a atenção da sua classe, ela parte para outra forma de ensino. Passa a dar aulas com karatê e músicas de Bob Dylan, tentando ajudar a turma através de métodos pouco convencionais.
2. Sociedade dos poetas mortos – outro filme que também contribuiu para minha paixão por literatura, e um dos professores com quem sonhei em ter aula, que mostrou o encanto da poesia, e que nos ensinou uma das melhores maneiras de ver a vida, Carpe Diew – aproveite o dia, dê o seu melhor, seja feliz.
Sinopse: Em 1959 na Welton Academy, uma tradicional escola preparatória, um ex-aluno (Robin Williams) se torna o novo professor de literatura, mas logo seus métodos de incentivar os alunos a pensarem por si mesmos cria um choque com a ortodoxa direção do colégio, principalmente quando ele fala aos seus alunos sobre a "Sociedade dos Poetas Mortos".
3. Escola da vida – apesar de não gostar muito dos filmes do Ryan Reynolds esse me chamou a atenção, não é tão impactante como os dois primeiros que comentei, mas ainda assim mostra que os professores podem ir além da tradição, podem inovar e que eles podem impactar profundamente na vida de seus alunos, é um filme bonitinho que vale a pena ser visto.
Sinopse: O Sr. D. (Ryan Reynolds) é o novo professor da cidade, ele é bonito, simpático e adorado por todos os alunos da Escola Fallbrook Middle. Ele também faz sucesso com os colegas mestres, com exceção de Matt Warner (David Paymer), o professor de biologia do colégio. Werner está determinado a ganhar o Prêmio de Professor do Ano, mas teme perder sua chance para o novo, e admirado, educador.
4. Ao mestre, com carinho – sabe aquele filme que você vive se perguntando como ainda não assistiu, esse é meu caso, me interesso pela história, acho que vou amar, porém até agora ainda não vi. Falha que pretendo corrigir em breve.
Sinopse: Mark Thackeray (Sidney Poitier) é engenheiro, mas ficou desempregado e resolveu dar aulas em Londres. Ele começa a ensinar alunos majoritariamente brancos em uma escola no bairro operário de East End. Thackeray se depara então com adolescentes indisciplinados e desordeiros, e que estão determinados a destruir suas aulas. Só que o engenheiro, acostumado com hostilidades, não se amendronta e enfrenta o desafio de ensinar uma turma de baderneiros. Ao receber um convite para voltar a atuar como engenheiro, ele tem que decidir se pretende seguir como mestre ou voltar ao antigo cargo.
5. A onda – quero muito assistir esse filme pois é um exemplo de como um professor pode influenciar um jovem (no bom e no mal sentido) e quanto poder essa profissão tem na formação de uma pessoa.
Sinopse: Em uma escola da Alemanha, alunos tem de escolher entre duas disciplinas eletivas, uma sobre anarquia e a outra sobre autocracia. O professor Rainer Wenger (Jürgen Vogel) é colocado para dar aulas sobre autocracia, mesmo sendo contra sua vontade. Após alguns minutos da primeira aula, ele decide, para exemplificar melhor aos alunos, formar um governo fascista dentro da sala de aula. Eles dão o nome de "A Onda" ao movimento, e escolhem um uniforme e até mesmo uma saudação. Só que o professor acaba perdendo o controle da situação, e os alunos começam a propagar "A Onda" pela cidade, tornando o projeto da escola um movimento real. Quando as coisas começam a ficar sérias e fanáticas demais, Wenger tenta acabar com "A Onda", mas aí já é tarde demais. 
6.  Escritores da liberdade – encontrei esse filme enquanto fazia a pesquisa para esse post e logo me interessei, um professor incentivando alunos a se descobrirem e mudarem como pessoas, o ensino indo além da sala de aula.
Sinopse: Uma jovem e idealista professora chega à uma escola de um bairro pobre, que está corrompida pela agressividade e violência. Os alunos se mostram rebeldes e sem vontade de aprender, e há entre eles uma constante tensão racial. Assim, para fazer com que os alunos aprendam e também falem mais de suas complicadas vidas, a professora Gruwell (Hilary Swank) lança mão de métodos diferentes de ensino. Aos poucos, os alunos vão retomando a confiança em si mesmos, aceitando mais o conhecimento, e reconhecendo valores como a tolerância e o respeito ao próximo.

Sou formada em Letras, e meu primeiro estágio foi como professora, não foi a profissão que escolhi para mim, segui outros rumos, mas nem por um momento mudei minha escolha por não gostar de ser professora, mas sim por respeitar de mais essa posição, nesses filmes podemos ver o quanto um professor tem poder na vida das pessoas, em influenciar, mudar, ajudar no auto descobrimento e ao conhecer o mundo. Não fui professora, mas lembro com carinho de todos aqueles que marcaram minha vida. Uma profissão que precisa de mais atenção e respeito.
*Peço desculpas, pois esta postagem da Dani era para ter ido ao ar na semana passada, mas acabei me atrapalhando e só postei hoje.Por isso ela começou o texto citando o mês de outubro.

14 comentários:

  1. Oi Dani!
    Muito interessante a escolha de filmes com os professores. Até anotei os nomes, pois ainda não assisti nenhum, e fiquei muito interessada em cada um deles \o/
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alguns eu já assisti, os outros também anotei o título.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  2. ja vi alguns destes filmes, o que me encanta neles é mostrar que o papel de um educador vai além de passar matéria em lousa ou corrigir provas
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thaila, com certeza professores são muito mais que isso.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  3. Pense num filme que me intiga a seguir o ramo do mestrado é esse filme Escritores da liberdade, quando assisti ele pela primeira vez fiquei apaixonada pelo carisma da atriz Hilary swank , de demostrou muita garra nesse papel tão precioso que é a do professor , os demais filmes não me recordo muito bem de já ter assistido , mais acredito que deve ser ótimo. :)

    ótimas dicas de filme ...

    ResponderExcluir
  4. Escritores da Liberdade é o meu favorito dentre os citados. Esse filme é maravilhoso demais.
    Amei as dicas.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de novembro. Você pode ganhar um livro incrível!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. este eu não vi ainda, mas anotei o nome.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  5. Dani!
    Adorei suas escolhas de filmes para homenagear os professores.
    Ao Mestre com carinho é um dos meus filmes favoritos.Sidney Portier está perfeito.
    Parabéns aos professores, nossos mestres queridos.
    “A imaginação é mais importante que a ciência, porque a ciência é limitada, ao passo que a imaginação abrange o mundo inteiro.”(Albert Einstein)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rud, também gosto muito deste filme.
      Bjs, Rose

      Excluir
  6. Bom como sou ruim de decorar nomes de filmes (kkk) acho que não assisti nenhum, se tiver assistido foi Ao mestre com carinho. Gostei da postagem anotei os nomes para pesquisar e assistir. Achei interessante Mentes perigosas, essas aulas com Karatê e música é bem inusitado. Concordo que essa profissão merece atenção e respeito ela é muito importante para todos. Inclusive minha irmã é professora então fico muito a par desse meio, de como esta a educação, os alunos e tudo mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ao Mestre com Carinho é muito bom, um dos meus favoritos. Uma pena que esta profissão não tenha seu valor exaltado.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  7. Bem legal esse post, não assisti nem um dos filmes citados por você, mas me interessei por alguns e pretendo assistir futuramente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mariele, espero que goste.
      Bjs, Rose.

      Excluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.