#Resenha Vango - Entre o Céu e a Terra

Oi leitores da Fábrica, hoje trago uma resenha de um livro que eu gostei muito. Espero que vocês também gostem.


Vango: Entre o Céu e a Terra  - Timothée de Fombelle
360 páginas - Editora Melhoramentos
Um livro juvenil que conquista o leitor. Primeiro ele nos ganha na edição, páginas amarelas, fonte ótima e de uma cor que só melhora a leitura, diagramação bem elaborada e uma capa curiosa, confesso que vendo na livraria seria mais fácil meu marido se encantar, mas estou feliz de ter conhecido a obra, que já está me dando saudade.
Vango a princípio é um órfão encontrado com sua babá em uma ilha, ela diz não recordar nada, mesmo que nas linhas saibamos que ela recorda cada momento. Ela revela que somente lembra de a chamarem de Mademoiselle. A partir daqui eles viram moradores da ilha e Vango um jovem que ama se aventurar, vai crescendo e se transformando num jovem habilidoso.
No dia em que decide se tornar padre e fazer seus votos ele perseguido pela polícia que o acusa de um crime. Vango foge pois ele tem uma doença que na época identificam como paranóia, ou seja, mania de perseguição. Em sua fuga e busca por ajuda, ele descobre que alguém deseja eliminá-lo e que o culpa pela morte de uma pessoa que ele ama, somente porque encontraram seu nome na cena do crime.
Daí em diante, somos levados por vários lugares, conhecemos melhor os personagens e torcemos pelos heróis e até um pouco por um certo anti-herói. A trama é bem elaborada e os pontos vão se ligando de uma maneira surpreendente. Quando notamos estamos na última página com o gancho para o próximo volume e já com saudades. Minha curiosidade é tamanha, que não vejo a hora de descobrir quem é Vango e porque o perseguem.
Uma aventura que para quem tem imaginação é algo sensacional. A maneira com que o personagem principal cria laços de amizades e amor é incrível. Eu já o amo sem nem conhecê-lo totalmente, tamanha o carisma e o magnetismo de seus pensamentos e ações. Com certeza recomendo aos jovens e aos adultos sonhadores. A parte histórica ficou leve e interessante, não há como deixar de aprender sobre a época e os problemas que houveram.
Para terminar, vou deixar o Book Trailer com vocês:
Beijos Elis!!!!
a Rafflecopter giveaway

10 comentários:

  1. me parece um bom livro, mas de verdade não me chamou a atenção
    felicidadeemlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thaila, ainda não me animei a ler.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  2. Olá, Elis.
    Vango é um livro incrível, com uma diagramação bela e com uma aventura para ninguém colocar defeito. Essa obra me ganhou sem muita dificuldade. Já estou louco pela continuação.
    Excelente resenha.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de outubro. Serão seis livros para três vencedores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcos, me sinto um ET com este livro, pois mesmo com tantos elogios, não me empolgo em colocá-lo na lista de leituras.
      Bjs, Rose

      Excluir
  3. Romance histórico com ficção parece ser bem divertido, até pelo ritmo de ação e aventura que o enredo possui.A capa em si já tinha me deixado curiosa. Mas vejo que faz parte desse grande quebra-cabeças literário. Fiquei curiosa. Ponto para o autor.
    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Clarice, falam muito bem dele.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  4. Oi, Elis.
    Ainda não conhecia esse livro, mas depois da sua resenha estou tentada a procurar por ele.
    Eu adoro livros juvenis!!
    Beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que leia e goste amiga.
      Bjs, Rose

      Excluir
  5. Li esse livro já, e confesso, gostei bastante. Uma ficção junta com história mundial, é difícil não gostar. E todo o mistério entorno de Vango. Amei personagens como a Gata. Realmente não nutri encantos pelo Vango, vai lá entender isso. Mas, amei o conteúdo do livro, e sei que a continuação tem tudo para ser melhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. [E engraçado mesmo quando justamente o protagonista não é o personagem que mais gostamos. Não li ainda, e apesar dos vários elogios, não é um livro que me interesse muito.
      Bjs, Rose.

      Excluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.