#Resenha Amante Vingado #7

Oi amigos, eu estava morrendo de saudades destes guerreiros vampiros, então não resisti muito e peguei o próximo volume da série,que hoje trago para vocês.
Amante Vingado #7 série Irmandade da Adaga Negra - J. R. Ward
720 páginas  - Editora Universo dos Livros
A guerra entre os vampiros e os redutores (seus assassinos) está em uma nova fase. No volume anterior os vampiros sofreram um grande, surpreendente ataque, o que abalou o mundo deles.
Sentindo-se muito pressionado, o Rei Wrath tem saído para lutar, sem contar o fato para ninguém, nem mesmo para sua Shellan Beth.
Em um momento tenso, eles acabam se afastando um do outro.
A situação fica mais delicada quando Wrath vê sua doença agravar-se, deixando-o mais vulnerável ainda. Sem falar no complô que existe para matá-lo.
Este golpe que poderia ser fatal para os irmãos acabou sendo revelado por Rehvenge. Rehv, ou Reverendo como também é conhecido, é um Sympatho, uma subespécie da raça vampira, que consegue manipular as emoções dos outros em seu próprio proveito. Eles são discriminados e vivem em um local afastado de onde não podem sair.
Mas com Rehv é totalmente diferente. Sua história é outra. Com exceção de sua mãe e dos Irmãos da Irmandade, além de seus fiéis escudeiros, mais ninguém sabe deste seu segredo. 
Revh é o dono da ZeroSum, a mais badalada boate de Caldwell, onde os irmãos frequentavam. Ele também era um traficante de peso, além de cafetão (a boate era usada como fachada para ambos os negócios) e estava como líder da Glymera (nata da sociedade dos vampiros). Para completar, Revh é irmão de Bela, a Shellan de Zsadist.
Sentiram o currículo do vampiro da vez? Mas engana-se quem pensa que Revh é um tremendo safado ou bad boy. Tá, ele até é um pouco bad boy, por conta do meio em que vive, mas foi mais por conta da situação em que se envolveu do que por escolha própria mesmo.
Rehvenge e Ehlena
Para não ver seu segredo ser revelado, ele aceita a chantagem feita pela Rainha dos Sympatho, e uma vez por mês, além de pagar uma fortuna pelo silêncio da megera, ainda vira o amante dela. É o dia que o cafetão vira garoto de programa. Vocês devem pensar, bem feito! Mas acreditem, não é.
Ele aceita esta condição mais para proteger seus amigos Xhex, iAm, Trez e sua mãe que já sofrera o suficiente. Também tinha sua irmã, que não sabia do seu lado Sympatho e nem da verdade por trás da morte de seu pai.
As coisas não andam bem para o lado do Revh. O veneno que a megera solta em seu organismo durante seus "encontros" estão deixando-o cada dia mais fraco. E a quantidade de remédios que ele toma precisa está aumentando muito.
É aqui que entra Ehlena, uma enfermeira vampira que trabalha na clínica que atende os vampiros. Ehlena e sua família faziam parte da Glymera, mas após um golpe sofrido por seu pai, eles sobrevivem com o salário dela. Seu pai está com sérios problemas de saúde, e sua mãe acabou não aguentando a pressão da falta de dinheiro e acabou morrendo.
Ehlena vive muitas pressões. Na verdade, ela mal vive. É do serviço para casa e da casa para o serviço. Ela sente sua vida passar, mas não sabe o que fazer, pois não pensa em deixar seu pai.
Tanto Revh quanto Ehlena já se conhecem das constantes passagens dele pela clínica, mas nunca passaram de um rápido contato. Acontece que desta vez, Ehlena percebeu que Revh estava seriamente doente, e preocupada acabou se aproximando mais dele. Foi o estopim que faltava para que ele revelasse a atração que sentia por ela. Ehlena também não era tão indiferente a ele como gostaria.
Ehlena nem sonhava com a vida "clandestina" que Revh tinha. Ele por sua vez gostaria de ser um homem melhor e merecedor do amor dela. Apesar dos segredos, eles estavam se entendendo, mas a Rainha Sympatho não estava disposta a dividir Revh com ninguém. E em um golpe de misericórdia fez Revh ser obrigado a largar tudo e a todos.

Revh agora está sozinho, apenas com as lembranças de Ehlena. O que ele não sabe ou imagina, é que nem Ehlena e nem Xhex estão dispostas a deixar a situação do jeito que está. E mesmo contra a vontade dele, elas farão de tudo para libertá-lo. Contando com a ajuda dos Irmãos da irmandade, elas vão entrar na casa dos Sympatho. Ninguém imagina o que pode acontecer. Pode ser a morte de todos ou o início de uma nova era.
Esta luta também pode ser decisiva para Xhex e John. Esta Sympatho e este futuro guerreiro da Irmandade precisam acertar seus ponteiros, pois todos já perceberam a atração que rola entre eles. O problema é que o tempo de Xhex pode estar no fim. Esta guerreira vai precisar ser muito forte para enfrentar o que vem pela frente.
Este volume vamos ter como história principal a de Revh com Ehlena, mas também acompanhamos o desenrolar do romance entre Xhex e John e o agravamento da visão do Rei Wrath. Aliás, consegui entender porque mais um volume para a história dele (O Rei #12) , pois para quem não sabe, a série começa justamente com a história dele e Beth (Amante Sombrio #1).
Não poderia deixar de falar que Revh tornou-se o meu preferido. As coisas que ele faz e aceita para proteger os que ama é fora de série. Não deixe de conhecer este Sympatho, ele com certeza vai conquistar seu coração.
A autora continua amarrando muito bem seu enredo, contando a história do casal da vez, sem deixar de lado os outros membros da Irmandade e já construindo o enredo para os próximos livros. Continuo indicando esta série.
Confiram o Book Trailer feito pela Rosana Gutierrez do blog Livrólogos e Nora Roberts Brasil:
Conheçam os livros da série:


a Rafflecopter giveaway

14 comentários:

  1. Adorei sua resenha!
    Esses livros estão na minha "listinha" de leitura e sua resenha me deixou com mais vontade de ler! acho a série formidável :)
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Clarice, a série é ótima. Só não dá para ler fora de ordem por conta da amarração das histórias, pois a autora desenvolve vários assuntos em um mesmo volume, desenrolando-os nos volumes seguintes até chegar ao livro do próprio personagem.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  2. Rose, morro de vontade de ler, ja que só leio ótimos comentários a respeito, espero em breve me render a trama
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faça isso Thaila, estes guerreiros vampiros são ótimos e nada perfeitos...
      Bjs, Rose.

      Excluir
  3. Oii

    Tenho curiosidade sobre a história dessa serie.
    Já me recomendaram, mas ainda não tive coragem para começar.

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando começar não vai querer parar.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  4. Oláá
    Não tenho curiosidade pelos livros da autora mas já ouvi inúmeros elogios, então imagino que seja muito bom para quem curte o gênero, boa dica e resenha.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Catharina, para quem gosta são ótimos mesmo.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  5. Olá, Rose.
    Fiquei um pouco perdido durante a resenha porque nunca li nenhum dos livros da série. Sempre vejo comentários positivos, mas nunca tive muito interesse mesmo.
    Fico feliz que tenha gostado da obra e espero que a série só melhore nos volumes seguintes.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de setembro. Serão dois vencedores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcos, neste volume além do enredo principal sobre o Revh, temos mais dois ocorrendo ao mesmo tempo, e isso acontece em todos os volumes, pois a autora amarra muito bem as histórias. Desculpe se não expus melhor as tramas deste volume. Tentarei caprichar mais nos próximos,pois a intenção é que mesmo não conhecendo a série, vocês entendam o enredo.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  6. Achei interessante uma clínica para vampiros. No geral, o enredo me fez rir, mas só isso. Não é um livro que compraria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lilian, caramba, sério que você riu? O enredo em si não tem cenas de humor não, é mais tenso mesmo.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  7. Oi! Bem eu li já um deles, só não lembro quais agora.
    Fiquei meio perdida na resenha por causa disso, acredito que lendo os antigos tudo se encaixa na resenha, mas como não li fiquei sem entender algumas coisas, vou voltar a ler e vai ter uma colega para discutir sobre.
    http://k-secretmagic.blogspot.com.br/
    Xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi K, sinta-se a vontade, vou adorar falar destes guerreiros contigo. Só me desculpe senão deixei as coisas tão claras, a intenção era que todos entendessem mesmo sem ler os anteriores.
      Bjs,Rose.

      Excluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.