#Resenha Darkson

Oi amigos, hoje venho apresentar para você Darkson, o pirata mais sanguinário que já habitou os mares. Venham e conheçam um pouco da história dele.
Darkson - O Pirata das Trevas - Marcos Perillo 
104 páginas - Editora Novo Século
Aos 20 anos, Joe era um velho pirata alcoolátra, doente e falido, que não pensou duas vezes em vender a alma de seu filho recém nascido para o diabo. Em troca, ele teria ouro, mulheres e álcool a vontade por mais 33 anos.
E foi a partir desta troca que Darkson nasceu. Darkson na verdade era o filho sagrado que Heller (o diabo) tanto procurava. E foi com muita alegria e surpresa que ele percebeu que o menino que Joe estava lhe trazendo era o filho que iria junto com ele, dominar o céu, a terra e o mar.
De presente para o filho ele deu a espada Handledd, com ordens expressas para que Joe a mantivesse sempre perto do menino.
Os anos passaram e Darkson tornou-se o mais temido e sanguinário pirata que os mares já viram. Ao lado de sua inseparável espada e de seu navio especial, ele tacava o terror pelo mar afora, o que acabou levantando a ira de Netuno, o deus do mar.
Cansado de ver seu mar manchado pelos sangue que Darkson tão facilmente derramava, ele decide colocar um fim nos desmandos do pirata, e arma uma emboscada para ele.
O resultado disso, é que Darkson é mais uma vez amaldiçoado, sendo que agora, vagará indefinidamente pelo mundo das sombras e das trevas.
Mas Heller não aceitará perder seu filho tão procurado, sem fazer nada. E o final desta história promete...
Recebi o livro de cortesia o autor, que me convidou a ler sua história. A capa e a sinopse me chamaram atenção de cara, e me deliciei ao ler como o autor construiu seu enredo.
O livro é bem curto e super rápido de ser lido. Não há tempo a ser perdido com enrolações desnecessárias. O final trás um ótimo gancho para uma possível (e eu soube desejável) continuação.
Eu gostei do livro e da história maluca que Marcos criou, mas confesso que gostaria de ver mais um pouco  a respeito de Darkson, um desenrolar um pouco maior de suas proezas e vida, antes de Netuno o pegar. Mas quem sabe isso não venha acontecer em uma continuação...
E você, está disposto a conhecer este pirata que teve sua alma amaldiçoada duas vezes?


Esta resenha faz parte do meu Desafio Literário 2018, na letra "D". Para ler as outras resenhas do desafio, basta clicar na imagem abaixo:
*livro enviado em cortesia pelo autor

#Resenha Darkson

Oi amigos, hoje venho apresentar para você Darkson, o pirata mais sanguinário que já habitou os mares. Venham e conheçam um pouco da história dele.
Darkson - O Pirata das Trevas - Marcos Perillo 
104 páginas - Editora Novo Século
Aos 20 anos, Joe era um velho pirata alcoolátra, doente e falido, que não pensou duas vezes em vender a alma de seu filho recém nascido para o diabo. Em troca, ele teria ouro, mulheres e álcool a vontade por mais 33 anos.
E foi a partir desta troca que Darkson nasceu. Darkson na verdade era o filho sagrado que Heller (o diabo) tanto procurava. E foi com muita alegria e surpresa que ele percebeu que o menino que Joe estava lhe trazendo era o filho que iria junto com ele, dominar o céu, a terra e o mar.
De presente para o filho ele deu a espada Handledd, com ordens expressas para que Joe a mantivesse sempre perto do menino.
Os anos passaram e Darkson tornou-se o mais temido e sanguinário pirata que os mares já viram. Ao lado de sua inseparável espada e de seu navio especial, ele tacava o terror pelo mar afora, o que acabou levantando a ira de Netuno, o deus do mar.
Cansado de ver seu mar manchado pelos sangue que Darkson tão facilmente derramava, ele decide colocar um fim nos desmandos do pirata, e arma uma emboscada para ele.
O resultado disso, é que Darkson é mais uma vez amaldiçoado, sendo que agora, vagará indefinidamente pelo mundo das sombras e das trevas.
Mas Heller não aceitará perder seu filho tão procurado, sem fazer nada. E o final desta história promete...
Recebi o livro de cortesia o autor, que me convidou a ler sua história. A capa e a sinopse me chamaram atenção de cara, e me deliciei ao ler como o autor construiu seu enredo.
O livro é bem curto e super rápido de ser lido. Não há tempo a ser perdido com enrolações desnecessárias. O final trás um ótimo gancho para uma possível (e eu soube desejável) continuação.
Eu gostei do livro e da história maluca que Marcos criou, mas confesso que gostaria de ver mais um pouco  a respeito de Darkson, um desenrolar um pouco maior de suas proezas e vida, antes de Netuno o pegar. Mas quem sabe isso não venha acontecer em uma continuação...
E você, está disposto a conhecer este pirata que teve sua alma amaldiçoada duas vezes?


Esta resenha faz parte do meu Desafio Literário 2018, na letra "D". Para ler as outras resenhas do desafio, basta clicar na imagem abaixo:
*livro enviado em cortesia pelo autor

Editoras Parceiras