#Resenha Crash

Oi amigos, hoje tenho a resenha de um livro que me cativou imensamente e que vou falar um pouco para vocês.
Crash - Quando a Paixão Explode - #1 Crash - Nicole Williams
256 páginas - Editora Essência
O que uma ex-patricinha que adora dançar e um bad boy assumido e conhecido por todos tem em comum? Absolutamente nada e simplesmente tudo.
Luce é uma adolescente, que até alguns anos atrás era feliz e não sabia. Tinha uma família estruturada, estudava em um bom colégio particular e o mais importante, dançava seu amado balé. Mas, uma tragédia se abateu sobre sua família e ela viu seu mundo desmoronar, e não desmoronou junto, pois se agarrou com unhas e dentes no balé.
Agora, prestes a começar em uma nova escola, ela conhece Jude, um rapaz lindo de morrer, que por um acaso é o maior bad boy da escola. E isso não é apenas fama, sua ficha corrida é enorme, e deixaria qualquer pai assustado, e Jude diz claramente que toda sua fama é verdadeira e não mal entendidos. Para completar o currículo, ele mora em um abrigo para menores desajustados.
Nenhuma desta informações importam muito para Luce e nem o fato do contato dela com Jude transformá-la na grande vagabunda do ano letivo, sendo o centro das fofocas escolares. Mas, por incrível que possa parecer, é Jude quem sai em seu socorro e defende a "honra" da moça para todos, deixando claro que ambos são amigos, e uma ofensa a ela, seria o mesmo que ofendê-lo.
Ambos acabaram tornando-se amigos, com benefícios, é verdade... Jude sabe que deveria se afastar de Luce, não só por todos os problemas que tem, mas também pelo passado que teve e principalmente pelo futuro sombrio que parece ser o seu. Ele tem consciência que sua presença só causará danos para a vida de Luce, mas não consegue se manter longe.
Acontece que a vida de Luce já tem sua própria cota de problemas, e apesar de ser melhor estruturada que a dele, Luce sabe que por baixo de todos os problemas, existe um rapaz doce e forte, que precisava apenas de alguém que lhe desse uma chance e lhe dissesse que ele tinha potencial e valia a pena lutar por ele. Ela queria ser esta pessoa.
Em meio a diversas dificuldades, os dois seguem em frente, sem imaginarem como o passado de ambos é tão interligados. E é justamente este passado que ameaça destruir tudo o que ambos construíram com tanta dificuldade.
Este livro foi uma indicação da minha amiga Lu Zuanon (blog Apaixonada por Romances), que inclusive me emprestou seu exemplar para ler. Eu não conhecia a autora, e do livro, só li a sinopse, e que bela surpresa tive! Fui conquistada logo de cara pelo enredo e pelos personagens.
Luce é uma moça muito madura e forte. Nem ela tem dimensão desta força. Apesar dos problemas que ela tem, ela é meiga e doce, sempre disposta a ajudar os outros. Mas não se engane, esta mocinha não leva desaforos para casa, tendo um pavio bem curto.
Jude é um rapaz que levou muita paulada da vida e teve que aprender a duras penas a se defender sozinho. Mas ele tem um bom coração, que deixa escondido para evitar maiores danos. Ele se perdeu de si mesmo, e acaba usando a rebeldia e seus punhos como seu cartão de visitas.
É muito difícil não gostar e torcer pelos dois personagens, que são verdadeiros e únicos, pois não fingem serem quem não são. Eles erram, pedem desculpas, brigam, metem os pés pela mãos e só queremos vê-los bem.
Um livro muito bom, que me deixou no final com um sorriso bobo no rosto e já desejando ler sua sequência.

#Resenha Crash

Oi amigos, hoje tenho a resenha de um livro que me cativou imensamente e que vou falar um pouco para vocês.
Crash - Quando a Paixão Explode - #1 Crash - Nicole Williams
256 páginas - Editora Essência
O que uma ex-patricinha que adora dançar e um bad boy assumido e conhecido por todos tem em comum? Absolutamente nada e simplesmente tudo.
Luce é uma adolescente, que até alguns anos atrás era feliz e não sabia. Tinha uma família estruturada, estudava em um bom colégio particular e o mais importante, dançava seu amado balé. Mas, uma tragédia se abateu sobre sua família e ela viu seu mundo desmoronar, e não desmoronou junto, pois se agarrou com unhas e dentes no balé.
Agora, prestes a começar em uma nova escola, ela conhece Jude, um rapaz lindo de morrer, que por um acaso é o maior bad boy da escola. E isso não é apenas fama, sua ficha corrida é enorme, e deixaria qualquer pai assustado, e Jude diz claramente que toda sua fama é verdadeira e não mal entendidos. Para completar o currículo, ele mora em um abrigo para menores desajustados.
Nenhuma desta informações importam muito para Luce e nem o fato do contato dela com Jude transformá-la na grande vagabunda do ano letivo, sendo o centro das fofocas escolares. Mas, por incrível que possa parecer, é Jude quem sai em seu socorro e defende a "honra" da moça para todos, deixando claro que ambos são amigos, e uma ofensa a ela, seria o mesmo que ofendê-lo.
Ambos acabaram tornando-se amigos, com benefícios, é verdade... Jude sabe que deveria se afastar de Luce, não só por todos os problemas que tem, mas também pelo passado que teve e principalmente pelo futuro sombrio que parece ser o seu. Ele tem consciência que sua presença só causará danos para a vida de Luce, mas não consegue se manter longe.
Acontece que a vida de Luce já tem sua própria cota de problemas, e apesar de ser melhor estruturada que a dele, Luce sabe que por baixo de todos os problemas, existe um rapaz doce e forte, que precisava apenas de alguém que lhe desse uma chance e lhe dissesse que ele tinha potencial e valia a pena lutar por ele. Ela queria ser esta pessoa.
Em meio a diversas dificuldades, os dois seguem em frente, sem imaginarem como o passado de ambos é tão interligados. E é justamente este passado que ameaça destruir tudo o que ambos construíram com tanta dificuldade.
Este livro foi uma indicação da minha amiga Lu Zuanon (blog Apaixonada por Romances), que inclusive me emprestou seu exemplar para ler. Eu não conhecia a autora, e do livro, só li a sinopse, e que bela surpresa tive! Fui conquistada logo de cara pelo enredo e pelos personagens.
Luce é uma moça muito madura e forte. Nem ela tem dimensão desta força. Apesar dos problemas que ela tem, ela é meiga e doce, sempre disposta a ajudar os outros. Mas não se engane, esta mocinha não leva desaforos para casa, tendo um pavio bem curto.
Jude é um rapaz que levou muita paulada da vida e teve que aprender a duras penas a se defender sozinho. Mas ele tem um bom coração, que deixa escondido para evitar maiores danos. Ele se perdeu de si mesmo, e acaba usando a rebeldia e seus punhos como seu cartão de visitas.
É muito difícil não gostar e torcer pelos dois personagens, que são verdadeiros e únicos, pois não fingem serem quem não são. Eles erram, pedem desculpas, brigam, metem os pés pela mãos e só queremos vê-los bem.
Um livro muito bom, que me deixou no final com um sorriso bobo no rosto e já desejando ler sua sequência.

Editoras Parceiras