Saúde: Obesidade Canina


Oi amigos, parece que a obesidade não afeta e faz mal apenas aos humanos. Nossos amigos, os cães também tem sofrido deste mal.
Para um cão ser considerado obeso, é preciso que sua massa corporal seja 15% maior que seu peso corporal. Isto normalmente ocorre quando a quantidade de energia obtida em sua dieta supera a usada pelo seu organismo.
Para se ter uma ideia, hoje em dia, cerca de 30% dos cães brasileiros estão obesos!
Reconhecer se um cão está obeso não é tão difícil. Um cão saudável não vai estar com suas costelas à mostra, mas também vai ser fácil localizá-las ao toque. A camada de gordura e a gordura abdominal devem ser mínimas. Uma boa tática é observar o animal do alto:


A obesidade canina acontece do mesmo modo que a humana: ingere mais caloria do que gasta e assim como nós, o sedentarismo. Para quem não sabe, depois de uma castração, ou mesmo com a idade, o metabolismo dos cães podem ficar mais lentos, o que diminui a necessidade energética.
A falta do exercício físico é apontada como grande vilão da obesidade canina.
Junto da obesidade, os cães podem ainda desenvolver:
·         Osteoartrite;
·         Doenças respiratórias;
·         Doenças Cardiovasculares;
·         Diabetes;
·         Aumento do risco de infecção;
·         Complicações na cicatrização de feridas.
Semelhanças com as nossas doenças? Todas. Por isso, é muito importante o cuidado com nossos animais. Uma alimentação adequada e a frequente atividade física, além das consultas regulares aos veterinários ajudarão a manter seu animal na “medida certa”.

a Rafflecopter giveaway
 

14 comentários:

  1. Kelry Caroline7/2/13

    Adorei as dicas, espero que as pessoas fiquem mais ligadas nisso.

    ResponderExcluir
  2. VANNESSA QUEIROS7/2/13

    Rose os posts sempre interessantes, e este muito útil com dicas maravilhosa para cuidar bem dos cachorrinhos,porque quem ama os animais cuida e protege com carinho

    ResponderExcluir
  3. Sempre usar ração é melhor para nossos bichinhos, ;)


    Bjo!

    ResponderExcluir
  4. Mesmo assim Gladys, tem gente exagerando na quantidade de ração.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  5. Fico feliz que o post tenha ajudado de alguma forma.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  6. É verdade...


    Rose vou viajar, só volto na quarta de cinzas, bom feriado!


    Bjo!

    ResponderExcluir
  7. yassuifortes8/2/13

    Muito bom esse artigo, realmente uma boa orientação para quem tem animais de estimação!

    ResponderExcluir
  8. Vi um encarte e achei bem interessante.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  9. Boa viagem e divirta-se!
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  10. Ana Paula Barreto10/2/13

    Hoje em dia, até os pobres animais sofrem com o sedentarismo e péssima alimentação dos donos. Tem muita gente (bem intencionada, inclusive) que dá comida para o cachorro, sem saber que isto faz MUITO mal ao bichinho. Além disto, cada vez mais a população mora em apartamentos sem área para o cachorro correr e brincar, e com isto o animal acaba ficando muito parado. Obesidade não é mais exclusividade dos humanos. Isto é um triste fato.
    Ótimo artigo.
    bjs

    ResponderExcluir
  11. Realmente Ana, obesidade é um mal que assola a todos.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  12. Me divertir bastante flor!


    Bjo!

    ResponderExcluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.