#Resenha O vórtex Negro #2/3

Continuando com a guerra virtual que divide o mundo em dois blocos, O Vórtex Negro, segundo volume da Trilogia Insígnia, veio para confirmar que uma guerra serve apenas para encher os bolsos de uma pequena parte dominante que não quer largar o osso do poder...
O Vórtex Negro - #2 Trilogia Insígnia - S. J. Kincaid
438 páginas - Editora Vergara e Riba
Nossos heróis Tom, Vick e Wyatt estão em seu 2º ano de treinamento. Todos sonham em fazer parte dos Combatentes Intrassolares da ComCam. Tom encara este fato como a virada de sua vida. Acontece que este sonho nunca esteve tão distante...
Tom começa a perceber que para fazer parte da ComCam precisará engolir muita coisa. Coisas aliás que ele nunca aceitou e que sempre considerou errado.
Todos ali são meras peças de xadrez usadas pelos poderosos em uma luta pelo poder. Todos são descartáveis e substituídos caso não façam ou ajam conforme interesses ocultos.
Para Tom aquela guerra se torna cada vez mais errada, e ele vê claramente como a corrupção está acabando com a vida das pessoas.
Mas para mudar alguma coisa, ele precisa entrar para ComCam, e com a fama que carrega, todas as portas acabam se fechando.
Não sei onde teria ido parar se não tivesse sido convocado.
É quando entra em cena Verengov, o vilão da vez. Ele quer usar a amizade de Tom com Medusa para assim poder neutralizar a grande força adversária. Pois para ele não é interessante que apenas um lado ganhe. Quanto mais tempo de guerra, melhor para alguns bolsos, principalmente o de Verengov.
Ciente que Tom não aceitará facilmente seu pedido, Verengov deixa bem claro o quão prejudicial para Tom pode ser não atendê-lo.
Em contrapartida, Tom e seus amigos percebem como a insubordinação que fizeram acabou colocando toda a Agulha Pentagonal em estado de alerta, sem falar da vida de Yuri.
Fora Verengov, Tom também sofre chantagem de Heather, que inconformada com sua situação na ComCam, exige que Tom a ajude a vencer Medusa.
Incrivelmente é Eliot, o todo certinho combatente da ComCam quem dá para Tom as dicas de que ele precisa para lutar sem que o sistema saiba disso. Sem falar que é de Eliot que os poderosos acabam recebendo um duro golpe.
-A verdade é que me rendi por tempo demais, e hoje estou farto - Elliot disse.
Tom percebe que todos os seus inimigos querem apenas uma coisa, destruir Medusa, justamente a garota que mexe com seu coração.
Ele entende que o sistema está totalmente corrompido, e se ele quiser salvar Medusa e seus amigos, precisará mudar sua estratégia de ataque.
Por incrível que pareça, Blackburn, o homem que quase o matou, é o único que ele sabe fará tudo o que for preciso para protegê-lo.
Em uma guerra onde confiar é um luxo que não se pode ter, Tom precisará crescer e deixar de ser o garoto brigão para poder colocar em prática suas idéias para um mundo melhor e mais justo.
Agora que está ciente do poder de Verengov, ele sabe que precisará agir com precisão cirúrgica para seguir em frente. Sua força pode não ter limite, mas ele precisa escolher um lado, ele precisa escolher quem ele pretende ser.
Um livro de ação, que mostra muitos dos podres existentes em uma sociedade. Não existe um personagem perfeito, até porquê não somos perfeitos. Nosso protagonista Tom é um bom exemplo disso. Em muitas cenas ele parecia uma criança birrenta que queria chamar atenção dos pais, armando as maiores confusões. Nestas horas eu queria dizer: "cara, vê se cresce e usa seu poder para fazer o que realmente importa!"
É um enredo dinâmico, onde você desconfia de tudo e de todos. Quando você entra na história, só consegue pensar em terminar e descobrir as nuances apresentadas em cada página. Apertem os cintos e fiquem atentos, ou você pode ser a próxima vítima desta guerra...
Perdeu a resenha do livro A Arma Secreta #1? Clique abaixo e leia!
*Este livro foi cedido em cortesia pela editora.
a Rafflecopter giveaway

34 comentários:

  1. Oie... Então... parece uma distopia né pelo que você disse em sua resenha.
    Fico super interessada nesses livros de confronto ao que o sistema "sociedade" impõe.
    É muito bacana quando o autor arquiteta tudo certinho pra fazer uma certa "crítica" ao sistema e sua resenha me deixou ainda mais curiosa pela leitura.
    Beijokas!!!

    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Grazi, sim, é ótimo ver críticas tão bem construídas sobre nossa sociedade.
      Bjs!

      Excluir
  2. Olá, eu ainda não conhecia a série mas não curti a premissa. Eu gosto bastante do gênero e algumas coisas até me deixaram um pouco curiosa mas, no geral, a premissa não me despertou grandes interesses e não gostei muito. Achei a capa bem estranha, mas talvez ela esteja relacionada com o livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma pena que não gostou. EM relação a capa, sim, tem haver com o enredo, pois tudo se desenrola em volta dos chips colocados nos soldados.
      Bjs!

      Excluir
  3. a trilogia é muito interessante e com certeza é o sucesso que é por meio dos leitores que assim como você elogiam, mas de verdade não me atrai
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thaila, não faz muito seu gênero mesmo.
      Bjs!

      Excluir
  4. Olá!
    Gostei do fato do livro trazer uma reflexão a respeito do que de fato é uma guerra, mas não entendi muito bem o enredo, acho que preciso ler sua resenha sobre o primeiro livro e assim tentar entender como funcionam as coisas nessa série. Aparentemente, é uma distopia, certo? Não ando gostando muito de distopias teen, mas vou procurar a resenha do primeiro livro para ter uma opinião mais concreta.
    Bjss

    ResponderExcluir
  5. Voltei! hehehe
    Agora entendi a proposta da série e estou mais do que interessada nessa distopia! Preciso saber como essas guerras acontecem no mundo virtual!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, eu ia te responde no comentário anterior, mas vai aqui mesmo :)
      Esta é uma distopia diferente do que eu costumo ver, talvez por conta do mundo virtual ser usado nas guerras. Fico feliz em saber que a obra te interessou, pois está muito bom acompanhar esta trilogia.
      Bjs!

      Excluir
  6. Oi. Esse é um enredo bem interessante, comum, pois é bastante similar a histórias de outros livros do mesmo gênero, mas que não perde seu brilhantismo pela forma como aborda o conteúdo, lógico que analiso isso de sua resenha, pois não li a obra, na verdade, acho que é a primeira vez que vejo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lilian, confesso que de uma certa forma a obra consegue ser diferente do que normalmente encontro, mas sem dúvida a autora deu um "a mais" no enredo, o que prende e deixa o leitor bem satisfeito.
      Bjs!

      Excluir
  7. Olá!
    Fiquei um pouco perdida por conta da história, pois não li o primeiro livro ainda.
    Gostei muito da forma como você apresentou a história e achei muito legal o livro ser de ação - e quanta ação, hein? Acho bacana o livro mostrar essas facetas da sociedade e isso me agradou, sabe? Outro ponto bacana é os personagens não serem perfeitos, pois ninguém é.
    Adorei sua resenha e anotei a dica para pesquisar mais livros.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna, fico feliz que tenha gostado, o enredo é muito bom, com várias reflexões e aventuras, vale a leitura.
      Bjs, Rose

      Excluir
  8. Olá, tudo bem.

    Eu conheço esta trilogia de alguns blogueiros comentarem, mas ainda não li nenhum. Parece interessante envolvente. É muito bom quando uma série nos pega de jeito deixando-nos desejando ler o próximo livro. Espero que seja tão bom, quanto este. Ótimas leituras.

    beijos
    http://chalecult.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana, espero que a autora finaliza bem esta trilogia, pois seria uma pena que isso não ocorresse.
      Bjs!

      Excluir
  9. Olá!
    Não conhecia o livro, gosto do gênero, mas por não ter lido o livro anterior ou até mesmo alguma resenha sobre ele, acabou não me despertando tanto interesse de início. Mas irei ler a resenha do anterior e quem sabe minha opinião muda ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mercia, espero que isso aconteça, pois o enredo da trilogia e bem interessante.
      Bjs!

      Excluir
  10. Oi, Rose.
    Eu tenho o primeiro livro da trilogia aqui na estante, mas confesso que não tenho ideia nem se vou conseguir ler o livro algum dia!! rs... Por enquanto vou acompanhando suas resenhas e vendo se me animo!
    beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camis, falta agora o último, e espero que finaliza a altura do que foi até aqui.
      Bjs!

      Excluir
  11. Ooiii Rose, como vai menina?
    Realmente não sei se leria essa obra, de certa maneira ela despertou meu interesse por causa do jeito que cada pessoa é tratada, mas por outro lado que sabe eu acharia bem chatinho. Adorei saber a sua opinião e ler sua resenha, anotei a dica.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Morgana, não acho que acharia chato, talvez o início do primeiro livro, mas depois da apresentação, você acaba se envolvendo no enredo.
      Bjs!

      Excluir
  12. Olá!! :)

    Eu confesso que nao conhecia esta trilogia e ja me inteirei da historia na primeira resenha!! :) ahah

    EU gostei de ler todas elas... E de conhecer o livro e a premissa ate me agradou bastante! :) E ainda gostei de saber que as personagens sao reais, ja que isso em agrada imenso! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Personagens mais condizentes com a realidade deixam o enredo mais gostoso né?
      Bjs!

      Excluir
  13. OI!!!

    Eu não conheço a trilogia e achei a capa interessante, mas a sinopse não me pareceu muito proveitosa. Não conheço a escrita do autor, mas ao mesmo tempo que fico curiosa me remete o medo de não ser boa quanto esperado..... mais o mesmo lhe cativou e já percebi que temos alguns gostos parecidos, talvez eu dê uma chance. Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só posso ressaltar que é uma ótima aventura, com boas reviravoltas e com personagens que não são nada perfeitos.
      Bjs!

      Excluir
  14. Olá! fiquei muito perdida na a história, acho que precisarei ir dar uma olhada na resenha do primeiro livro para entender melhor. Não conhecia a trilogia, mas só de ver que se trata de uma distopia, com cenário espacial, acredito que iria gostar bastante!

    Beijos,
    sigolendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isabela, peço desculpas por não deixar o enredo mais claro. De qualquer forma, é uma ótima distopia sim, com um enredo intrigante e com boas reviravoltas.
      Bjs!

      Excluir
  15. Oie, tudo bem? Insignia é um livro que quero ler desde que foi lançado, e está nos meus desejados há muito tempo, devido a todos os comentários positivos que leio sobre. A premissa também me atrai muito, apesar de achar confusa. Ah, e adoro uma boa critica à sociedade ;) Acho que irei gostar da leitura e espero fazê-la sem mais demora. Gostei das resenhas!!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gaby, que bom que gostou! Espero que lei e e goste ainda mais do enredo.
      Bjs.

      Excluir
  16. Oi Rose, acho que não li a resenha do primeiro livro, mas por essa vejo que é uma história rica, com elementos de mitologia, cujo tema me agrada muito. Imagino ser uma ótima leitura, vou anotar. Bjs

    ResponderExcluir
  17. Olá, já ouvi falar muito bem dessa saga, e me parece ser realmente muito interessante. Amo mitologia, e acho bem interessante livros que abordam esse conteúdo. Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Eu comecei o primeiro livro e acabei não conseguindo terminar. A história não me prendeu como eu esperava...
    Nesse segundo livro podemos ver que tem muita ação e acho até que se continuasse a leitura teria gostado desse segundo livro.

    Beijos, Lara.
    Psiu, vem ler!

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo bem?
    Não conhecia o livro e nem o primeiro, mas talvez por este ser o segundo, eu fiquei meio perdida e a premissa ão me atraiu, apesar de eu gostar do gênero.
    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Olá, tudo bom ?
    Fiquei um tanto perdida em relação a história do livro, isso por não ter lido o primeiro exemplar e confesso que mitologia não enche muito meus olhos. Uma coisa que gostei muito de saber é que os personagens - assim como nós mesmos - não são perfeitos! Outro ponto que chamou minha atenção é essa exploração de elementos existentes na sociedade. Enfim, apesar de sair de minha zona de conforto, vou dar uma chance a esse livro!


    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.