#Resenha Lições do Desejo #2

Oi amigos, hoje vou falar sobre uma mulher forte e inteligente que não se curva aos costumes de uma sociedade hipócrita e machista. Mesmo pagando um alto preço por isso, Phaera não só é um exemplo de força, ela que sofre com tantas descriminações, quer apenas que todos aceitem as diferenças com mais naturalidade, sejam elas quais forem. Um enredo que nos trás ensinamentos que devemos levar sempre conosco. 
Lições do Desejo - #2 série Os Rothwell - Madeline Hunter
261 páginas - Editora Arqueiro
Quando o nome dos Rothwell está prestes a cair na lama por conta de fofocas sobre mais um dos atos do antigo Marquês de Easterbroob, Christian, o atual Marquês, convoca Eliott para resolver este problema.
Resumindo, ele teria que convencer Phaera Blair a não publicar o trecho que incluia o pai deles no manuscrito de memórias do pai dela.
Eliott era um historiador de renome e com diversos livros publicados. Ele era considerado o mais simpático dos irmãos e com uma beleza que faziam as mulheres sucumbirem a seus desejos. Se isso não fosse suficiente, ele poderia resolver a questão usando o dinheiro...
Estas alternativas até poderia ter resultado, se do outro lado não estivesse Phaera. Isso porquê Phaera não era uma mulher comum do seu tempo. Ela era filha de Richard Dury, um membro do Parlamento e de Artemis Blair, uma pensadora independente.
Artemis criou a filha para ser livre e não se curvar aos desejos e vontades de nenhum homem. Tanto Richard como Artemis eram adeptos do amor livre, sem amarras. Artemis era uma verdadeira feministas e não ligava para os costumes da sociedade. E desde cedo ensinou estes valores para Phaera.
Agora que estava sozinha no mundo depois da morte de seus pais, Artemis tinha em mãos o último desejo de seu pai, que ela publicasse sem cortes suas memórias. Herdeira da editora que era do pai, ela via nesta publicação a chance de conseguir reerguer a editora que estava a beira da falência. Mas, antes disso, ela tinha uma missão, descobrir a verdade por trás dos últimos meses de vida de sua mãe e os verdadeiros motivos de sua morte, que segundo seu pai foram causados por um aproveitador.
Quando Eliott parte em busca de Phaera, percebe uma chance de ouro. Com Phaera sobre sua responsabilidade e tentando entender e o que esta mulher lhe causa, ele tem que usar de toda sua inteligência para mantê-la perto de si.
Mesmo não aceitando a situação de um todo, Phaera sabia que precisava aceitar as condições impostas por Eliott, ou não conseguiria sair de seu cativeiro tão cedo.
Conforme avançava em suas investigações, Phaera descobria algumas falhas em sua mãe, falhas estas que mudavam totalmente a visão que ela tinha do mundo e que colocava em xeque as convicções herdadas de sua mãe. Eliott foi de grande ajuda para Phaera e ambos acabaram sucumbindo ao desejo.
O problema é que Phaera não acredita em casamentos e preza muito sua liberdade e independência, além de não vê nenhum problema em namorar outros homens. Homens que lhe atraíssem e interessem. Eliott também não vê problemas nisso, até que se descobre apaixonado por Phaera... Sendo assim, ele nem cogita em dividi-la com ninguém mais. 
 Forçados a dar um passo que nenhum dos dois queria, Eliott vai fazer de tudo para aproveitar este fato inusitado, e assim, quem sabe, conquistar o coração desta feminista. Ele vai ter que trabalhar bastante e em um curto espaço, pois ela não está afim de levar isso adiante, e muito menos de desistir de publicar as memórias de seu pai.
Eliott tem dois caminhos a tomar, um que agrade a seu irmão Christian, ou outro que ajude a chegar, quem sabe, mais perto do coração de Phaera. Um problema de solução difícil que ele vai precisar pensar bem. Enquanto isso, Phaera vai chegando mais perto de sua jornada, e começa a perceber que a verdadeira prisão e fraqueza vão muito além de um coração apaixonado. E que ser feminista não é simplesmente viver sem ninguém, é muito mais do que isso.
Muito bom! Para aqueles, que como eu, gostam de um romance de época em que a mocinha não é cheia de frescura, este é um prato cheio! Confiram!
a Rafflecopter giveaway

16 comentários:

  1. A capa é linda, Pheadra é uma mulher forte, decidida,está a frente do seu tempo, gosto de personagens assim, também gosto muito de história de romance de época, excelente a resenha, beijos.
    http://www.lucimarestreladamanha.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lucimar, Phaera está muito a frente de seu tempo, até eu achei estranho este lado dela justamente por ser tão diferente para a época.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  2. eu comecei a ler e parei, não tava fluindo pra mim e preferi deixar pra outra ocasião
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá, Rose.
    Romances de época não me cativam, mas esse tem um atrativo: a protagonista não é cheia de mimimi, o que me agrada bastante. Porém, ainda assim, a obra parece conter alguns clichês que me desanimam.
    Ótima resenha, como sempre.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de janeiro. Serão dois vencedores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Marcos. Phaera não tem nenhum tipo de mimimi, e para as moças da época ela é mega diferente.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  4. Rose, como sou apaixonada por romances de época já sei que iria adorar a história, mas ainda não tive oportunidade de ler nenhum livro da Madeline.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Déborah, esta série foi meu primeiro contato com a autora e recomendo.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  5. Oi Rose,
    Sou tão apaixonada por romances de época que estou até participando de um desafio só deles.
    Esses eu tenho na estante, mas ainda não li,
    Adoro romances com mocinhas fortes e sem frescuras.
    Vou começar já.
    bjs,
    Luana Lima
    http://blogmundodetinta.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luana, encontrar mocinhas assim é ótimo, a leitura fica ainda mais prazerosa.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  6. Oiê, eu não conhecia a obra, mas ao ler sua resenha achei bem interessante.

    Beijokas da Quel ¬¬
    Literaleitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi raquel, uma ótima pedida para quem gosta do gênero.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  7. Oi, Rose.
    Os livros dessa autora estão na lista dos que eu quero conhecer!
    Já li excelentes críticas sobre eles e estou muito curiosa!!
    Beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São bons Camis, espero que goste.
      Bjs, Rose

      Excluir
  8. Oie Rose!
    Eu acho a capa desse livro a coisa mais linda EVER! Bom saber que você achou ele muito bom, só me deixa com mais vontade de ler! Senti falta de um pouco mais da sua opinião sobre o livro na resenha T_T!
    Beijos


    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tentarei remediar isso na próxima.
      Bjs, Rose

      Excluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.