#Resenha E Ela Confiou na Vida

Este foi o último livro que comecei a ler em 2015, mas sua leitura só terminou neste ano :)
Sei que muita gente não gosta deste tipo de livro, mas eu gosto, principalmente das reflexões que eles trazem. Espero que leiam e gostem.

E Ela Confiou na Vida - Zíbia Gasparetto
336 páginas - Editora Vida & Consciência
Milena reencarnou em uma família muito pobre que vivia em uma favela carioca. Ela seria filha de Joana e Gerson. Apesar do momento difícil em que viviam, pois com a gravidez, Joana teve que abandonar as faxinas e Gerson estava desempregado, o bebê era um sonho compartilhado pelos dois.
Ciente da situação que estavam passando e querendo um futuro melhor para o filho ou filha que iria chegar, Gerson mantinha a fé que conseguiria alguma coisa, apesar do medo e da incerteza da esposa.
Lá estava Gerson com carteira assinada e feliz por poder dar o básico para a esposa e filha. Mas foi após o nascimento de Milena que a chama da mudança iluminou a vida do casal.
Completamente apaixonado pela filha, Gerson decide trabalhar em dois empregos, e é com isto em mente que ele começa a sonhar. Com o apoio da esposa, ele começa aos poucos conquistando seus objetivos. Sempre com o pé no chão e trabalhando duro e direito, ele começa a realizar seu sonho, dando o conforto e segurança para a família sua única prioridade.
Milena cresceu e tornou-se um bela mulher. Carinhosa e inteligente, ela queria fazer a diferença nas pessoas. Sua mediunidade se manifestou desde que era criança, e apesar do receio inicial de seus pais, sempre foi uma parte de si que cultivou com muito respeito e zelo.
Decidida a fazer Direito, ao lado de sua melhor amiga Renata, começou  a trilhar os primeiros passos para a realização de seus sonhos. E foi ao lado de Renata que apaixonou-se pela primeira vez, mas a sua crença no espiritismo, acabou sendo um duro obstáculo para o rapaz.
Sabendo que cada um tem o que merece, ela seguiu em frente, e ao se formar, consegue uma bela vaga de estagiária em um escritório badalado. Apesar de não concordar com algumas ações de seus colegas, ela trabalha com afinco, sem nunca deixar de lado suas convicções. 
Milena acaba ganhando o respeito e confiança de todos, e por conta disso é incumbida de uma missão difícil e perigosa. Dona Estela seria afastada de seus filhos pelo próprio pai, o perigoso e poderoso Dr. Augusto Borges. Em um plano audacioso, e contando com a ajuda de algumas pessoas de confiança, eles teriam que resgatar as crianças e ainda ajudarem na fuga da mãe com os filhos para um local fora de alcance de Borges.
Será que Milena aceitaria  fazer parte disso? Ela largaria tudo, família, amigos, emprego, um possível amor, para ajudar pessoas que ela nem conhecia?
Fazer o certo nem sempre é fácil, é preciso fazer escolhas e acreditar nelas.Será que Milena estaria pronta para isso?
Ganhei este livro de uma querida amiga, xará da personagem, e achei que seria ótimo terminar o ano e começar o outro com uma leitura assim, cheia de simbolismo e reflexões.
Apesar de não ter gostado do enredo, foi bom para minha mente e coração poder reafirmar algumas certezas.
Não é o primeiro e nem será o último livro que leio da autor, mas acho que este está entre os mais fracos dela. A história deixou alguns furos, personagens desapareceram e não deram mais o ar da graça, e algumas resoluções acabaram deixando o enredo muito simples. Para quem já leu Esmeralda, vai perceber que este ficou muito abaixo da expectativa. A parte gráfica está muito bonita, apesar das páginas em branco, que eu sei muita gente não gosta.
Quem nunca leu algo da autora, pode ser uma possibilidade, contanto que tenha em mente que existem livros bem melhores.
a Rafflecopter giveaway

6 comentários:

  1. Oi, Rose, gostei das frases contidas no livro que você abordou, incluindo a da orelha. No entanto, não me senti atraída pela obra, até porque trata de reencarnação e eu não gosto muito disso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Naty, muita gente não gosta, sei disso.
      Bjs, Rose

      Excluir
  2. os livros espiritas tem muito a ensinar, pelo menos eu acho, faz tempo que não leio nada da temática, mas me agrada principalmente pelo fato de serem ficcionais, mas por terem por traz muito da propria doutrina
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Thaila, a doutrina está toda ali, e os ensinamentos são ótimos.
      Bjs, Rose

      Excluir
  3. Não curto livros nesse estilo, mas não posso negar que a diagramação está linda.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.