#Resenha O Segredo de Eva


Oi amigos, lembram aquele belo kit que eu recebi com os livros da Adriana Vargas? Então, hoje tem a primeira resenhas deles. Aliás, é o primeiro livro que leio da autora. Vamos ao livro?

O Segredo de Eva - Adriana Vargas
210 páginas -  Modo Editora

Nem sei por onde começar ou o que falar deste livro. Estou dando voltas, pensando, digitando, apagando e nada do que eu faça vai conseguir passar o que eu quero. Mas vamos lá.
No livro temos 4 amigos inseparáveis que se apoiam mutuamente: Tábata (homossexual), Samantha, Eva e Chris (homossexual).
Do convívio do dia a dia até aos golpes da vida, lá estão os 4 amigos, juntos, lutando por suas felicidades.
O enredo se desenvolve em um turbilhão de acontecimentos. Chris descobre que é soropositivo, Tábata fica grávida e decide ser hétero, Samantha também fica grávida e vai se casar com o pai de seu filho, mesmo sabendo que ele não a ama. E Eva?
Bem Eva, nossa protagonista, é uma escritora talentosa e famosa. Graças às armadilhas da vida, tornou-se uma pessoa fechada, que mesmo com seus amigos, mantém um "livro" em branco com muitas folhas faltando.
Eva guarda para si um grande segredo, segredo este que eu comecei o livro já pensando no que poderia ser. Imaginei uma coisa, imaginei outra coisa, imaginei cem coisas... e nem assim cheguei perto do que nossa protagonista escondia a sete chaves dentro de seu coração e porque não dizer de sua alma.
Mesmo contra sua vontade, seu coração lhe prega uma peça e acaba se apaixonando por Tom, um fotógrafo que com muita insistência roubou seu coração.
De um romance arrebatador com juras de amor eterno até o frio poço da desilusão, Eva vai nos contando aos poucos e de uma forma poética a sua caminhada pelos tortuosos caminhos da paixão. Caminhos estes, que acabaram lhe rendendo um livro. Um livro escrito sob as lágrimas de seu desespero nos intermináveis dias de solidão.
Eva é como muitas de nós mulheres, tem um pé atrás com relacionamentos, tenta se resguardar ao máximo, protege de todas as formas o coração, mas que acaba se rendendo aos poderes do amor. Mergulha de cabeça na relação, e quando esta termina, luta para conseguir fôlego e retornar à superfície. Ferida e maltratada, segue em frente, um passo de cada vez. As vezes dois passos para trás...
Comecei o livro me apaixonando pelo Tom. Suas atitudes, seus cuidados com Eva, seu amor demonstrado nos pequenos gestos. Enfim, estava "in love"...
Mas de repente, o príncipe virou um sapo... E o meu amor virou raiva, ódio... Eu queria me encontrar com ele e falar poucas e boas... Enfiar a mão na cara dele... Cortar todas as suas roupas, jogá-las na rua... Eu sei, nada poético, mas intenso como o fogo. O mesmo fogo que ele acendeu em Eva e depois a queimou...
Eu xinguei, reclamei, fechei o livro, reli alguns trechos de novo, mas estava tudo do mesmo jeito. Tudo estava poeticamente escrito.
 
Eva e Tom claramente se amam, mas então porquê não ficam juntos? Esta é uma pergunta que você vai se fazer até o final do livro. Acreditem, eu fiz isso.
Li tudo, frase por frase, até o fim. Descobri o segredo de Eva, amei e odiei o Tom, e sabe qual foi a conclusão que eu cheguei? Que a Adriana escreve muito bem! Não amigos, ela não me fez amar o Tom novamente, ou quem sabe perdoá-lo. Até porque, para mim, tudo o que ocorreu no livro foi culpa dele. Tudo bem, ele não queria esta confusão toda, mas não foi "homem" suficiente para chegar e resolver. Ele errou duas vezes, uma quando não fez o que deveria fazer, e o mais grave, quando foi fazer, perdeu tempo desnecessário visto que já tinha em mãos uma bela confissão.
 
Eva e Tom são duas vítimas da paixão. Uma paixão que os une e os afasta. Que os completa e machuca. Que mata e faz viver...
Todos nós temos nossos segredos, nossas decisões, nossos caminhos... Até onde você vai por amor? Até onde você pode contar com os amigos?
Um livro que vai te prender e te emocionar. Um livro que quando termina, você ainda se vê em meio a uma tormenta de sentimentos. Um livro onde a autora conseguiu me deixar de queixo caído no último ponto final.


a Rafflecopter giveaway


0 comentários:

Postar um comentário

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.