#Resenha Ligeiramente Maliciosos

Ligeiramente Maliciosos é uma leitura deliciosa, onde podemos conhecer mais um dos irmãos Bedwyn. Um romance histórico que convido vocês a conhecerem...

Ligeiramente Maliciosos - vol.02 Os Bedwyn - Mary Balogh
288 páginas - Editora Arqueiro
Judith Law tem 22 anos e está prestes a mudar completamente sua vida. Por conta de um irmão inconsequente que está delapidando o patrimônio da família, ela está indo viver com uma tia. Filha de pais rígidos, o pai inclusive é um pastor, ela desde pequena aprendeu que era a "ovelha negra" da família. Não era bela ou muito inteligente, seus cabelos vermelhos eram uma aberração, assim como ser corpo cheio de curvas um chamariz para o pecado. Com outras três irmãs, ela achou que morar com sua tia seria o melhor para todos.
Mas seu sonho mesmo era viver uma grande aventura, um grande amor e atuar. Ah.. como ela adorava atuar... Mas seu pai dizia que a carreira de atriz era para mulheres sem moral... Agora lá estava ela a caminho de um futuro sem brilho ou emoção, onde passaria os dias como uma empregada de luxo de sua tia.
Rannulf Bedwyn está a caminho da propriedade de sua amada avó para conhecer mais uma das pretendentes que a idosa teima em lhe empurrar. Ela sonha em vê-lo casado e lhe dando netos, um sonho bem distante das intenções de Ralf... 
É justamente na cavalgada até a propriedade que Ralf se depara com um acidente. Uma diligência havia virado e várias pessoas estavam no meio da estrada. Sem poder fazer muita coisa, além de chamar socorro na cidade seguinte, Ralf acabou convidando a bela moça de cabelos vermelhos para ir com ele até a próxima parada.
Jud tinha duas opções, ficar e esperar o socorro vim, ou subir no cavalo com um desconhecido e quem sabe embarcar em uma aventura que ela tanto sonhava ter. Esta seria sua última chance antes de encarar os dias tristes a que estava condenada. Ela só não imaginou que esta pequena cavalgada ao lado de Ralf mudaria completamente sua vida.
Ralf ficou encantado com a atriz que estava ao seu lado, Claire Campbell era de uma beleza ímpar, e uma simplicidade que o cativavam. Ele sabia que o encontro dos dois seria passageiro, então para não se comprometer, usou o nome de Ralf Bedard...
Perceberam que os dois usaram a mesma artimanha? Não deram seus verdadeiros nomes. Jud resolveu encarnar uma talentosa atriz que ela sempre sonhou ser, e Ralf mais um nobre viajante...
Este encontro e o dia que passaram em companhia um do outro mudou o modo que cada um encarava o outro. Uma pena que a verdade não foi dita, e ambos seguiram suas vidas como haviam planejado.
Então imagem quando ambos ficam cara a cara e descobrem a verdadeira identidade existente por trás da mentira que inventaram? Para apimentar mais o acontecimento, Ralf encontra Jud na casa da pretendente da vez. Jud, na verdade, era prima dela. 
Julianne Effingham é uma fútil garota, onde seu único desejo é arranjar um marido rico e de preferência com um bom sobrenome. E quem melhor do que o irmão de um duque para preencher estes requisitos? Ainda mais quando a avó deste pretendente dava todo o apoio para o enlace?
Ralf não tem como negar o pedido de sua avó, e mesmo sem muito entusiasmo começa a cortejar Julianne, mas é Jud, que mesmo com roupas simples e que lhe tiram todo o charme e brilho que não sai da cabeça de Ralf.
Está ficando cada dia mais complicado a convivência entre ambos. A atração só aumenta, e para piorar eles ainda fazem um inimigo traiçoeiro, Horace, irmão por parte de pai de Julianne.
Horace bola um plano, onde o destino de Jud e Ralf pode ser um casamento forçado e a prisão. Será que os dois terão coragem de assumirem o amor que existe entre ambos e vão enfrentar os preconceitos existentes? Certo é que para se livrarem das intenções de Horace, terão que confiarem um no outro, e quem sabe, contar com a ajuda dos irmãos de Ralf, principalmente do frio e imponente duque.
Muitos poderão falar do clichê do enredo, onde o nobre rico se apaixona pela garota pobre que está em perigo... Pode ser, mas a autora não fez desta garota pobre em perigo, uma mulher ingênua e dependente, pelo contrário, Jud tem força, orgulho e determinação, o que na minha opinião, é ótimo. Ralf quer mesmo ajudar Jud, e faz tudo o que está em seu alcance. Com uma leitura fluída e de fácil entendimento, Mary transforma o clichê em um enredo que segura o leitor até o fim, e deixa saudades dos personagens, assim como uma curiosidade do próximo irmão que vamos conhecer.
Leitura muito recomendada para os fãs de romances históricos.
Então, o que acharam? Estão acompanhando a série?

*Este livro foi cedido em parceria pela editora.
a Rafflecopter giveaway

#Resenha Ligeiramente Maliciosos

Ligeiramente Maliciosos é uma leitura deliciosa, onde podemos conhecer mais um dos irmãos Bedwyn. Um romance histórico que convido vocês a conhecerem...

Ligeiramente Maliciosos - vol.02 Os Bedwyn - Mary Balogh
288 páginas - Editora Arqueiro
Judith Law tem 22 anos e está prestes a mudar completamente sua vida. Por conta de um irmão inconsequente que está delapidando o patrimônio da família, ela está indo viver com uma tia. Filha de pais rígidos, o pai inclusive é um pastor, ela desde pequena aprendeu que era a "ovelha negra" da família. Não era bela ou muito inteligente, seus cabelos vermelhos eram uma aberração, assim como ser corpo cheio de curvas um chamariz para o pecado. Com outras três irmãs, ela achou que morar com sua tia seria o melhor para todos.
Mas seu sonho mesmo era viver uma grande aventura, um grande amor e atuar. Ah.. como ela adorava atuar... Mas seu pai dizia que a carreira de atriz era para mulheres sem moral... Agora lá estava ela a caminho de um futuro sem brilho ou emoção, onde passaria os dias como uma empregada de luxo de sua tia.
Rannulf Bedwyn está a caminho da propriedade de sua amada avó para conhecer mais uma das pretendentes que a idosa teima em lhe empurrar. Ela sonha em vê-lo casado e lhe dando netos, um sonho bem distante das intenções de Ralf... 
É justamente na cavalgada até a propriedade que Ralf se depara com um acidente. Uma diligência havia virado e várias pessoas estavam no meio da estrada. Sem poder fazer muita coisa, além de chamar socorro na cidade seguinte, Ralf acabou convidando a bela moça de cabelos vermelhos para ir com ele até a próxima parada.
Jud tinha duas opções, ficar e esperar o socorro vim, ou subir no cavalo com um desconhecido e quem sabe embarcar em uma aventura que ela tanto sonhava ter. Esta seria sua última chance antes de encarar os dias tristes a que estava condenada. Ela só não imaginou que esta pequena cavalgada ao lado de Ralf mudaria completamente sua vida.
Ralf ficou encantado com a atriz que estava ao seu lado, Claire Campbell era de uma beleza ímpar, e uma simplicidade que o cativavam. Ele sabia que o encontro dos dois seria passageiro, então para não se comprometer, usou o nome de Ralf Bedard...
Perceberam que os dois usaram a mesma artimanha? Não deram seus verdadeiros nomes. Jud resolveu encarnar uma talentosa atriz que ela sempre sonhou ser, e Ralf mais um nobre viajante...
Este encontro e o dia que passaram em companhia um do outro mudou o modo que cada um encarava o outro. Uma pena que a verdade não foi dita, e ambos seguiram suas vidas como haviam planejado.
Então imagem quando ambos ficam cara a cara e descobrem a verdadeira identidade existente por trás da mentira que inventaram? Para apimentar mais o acontecimento, Ralf encontra Jud na casa da pretendente da vez. Jud, na verdade, era prima dela. 
Julianne Effingham é uma fútil garota, onde seu único desejo é arranjar um marido rico e de preferência com um bom sobrenome. E quem melhor do que o irmão de um duque para preencher estes requisitos? Ainda mais quando a avó deste pretendente dava todo o apoio para o enlace?
Ralf não tem como negar o pedido de sua avó, e mesmo sem muito entusiasmo começa a cortejar Julianne, mas é Jud, que mesmo com roupas simples e que lhe tiram todo o charme e brilho que não sai da cabeça de Ralf.
Está ficando cada dia mais complicado a convivência entre ambos. A atração só aumenta, e para piorar eles ainda fazem um inimigo traiçoeiro, Horace, irmão por parte de pai de Julianne.
Horace bola um plano, onde o destino de Jud e Ralf pode ser um casamento forçado e a prisão. Será que os dois terão coragem de assumirem o amor que existe entre ambos e vão enfrentar os preconceitos existentes? Certo é que para se livrarem das intenções de Horace, terão que confiarem um no outro, e quem sabe, contar com a ajuda dos irmãos de Ralf, principalmente do frio e imponente duque.
Muitos poderão falar do clichê do enredo, onde o nobre rico se apaixona pela garota pobre que está em perigo... Pode ser, mas a autora não fez desta garota pobre em perigo, uma mulher ingênua e dependente, pelo contrário, Jud tem força, orgulho e determinação, o que na minha opinião, é ótimo. Ralf quer mesmo ajudar Jud, e faz tudo o que está em seu alcance. Com uma leitura fluída e de fácil entendimento, Mary transforma o clichê em um enredo que segura o leitor até o fim, e deixa saudades dos personagens, assim como uma curiosidade do próximo irmão que vamos conhecer.
Leitura muito recomendada para os fãs de romances históricos.
Então, o que acharam? Estão acompanhando a série?

*Este livro foi cedido em parceria pela editora.
a Rafflecopter giveaway

Editoras Parceiras