RETROSPECTIVA LITERÁRIA 2014

Oi amigos, hoje é o último dia do ano de 2014 e pela primeira vez estou participando de uma Retrospectiva Literária. A proposta, vou chamá-la assim, foi feita pela Angélica Roz do blog Pensamento Tangencial, e consiste em fazer um resumo do ano, ou melhor, do que lemos ao longo de 2014. Para isso, é preciso responder ao questionário abaixo. Aproveitei a oportunidade e convidei a Olívia (resenhista do blog) para fazer junto comigo) Ao lado de cada livro indicado por mim, tem o link da resenha que fiz. Como a Olívia chegou a pouco tempo no blog, isso não foi possível com as indicações dela, mas com certeza vale a pena pesquisar os livros. Interessados em saberem como foi meu ano e o da Olívia? Então vamos lá...
Perguntas:
A aventura que me tirou o fôlego:
Rose
Me tirou o fôlego, o sono, me fez rir, me fez chorar... Outlander foi um livro que eu devorei, apesar das 800 páginas dele. Assim que o terminei, corri para ver a adaptação para a tv. Mais do que aprovado!
Resenha aqui. 













Olívia: 
 Ah, foram tantos, mas a sequência de Cisne, Linhagens – Eleonor Hertzorg, que me deixou assim. Estou desesperada pelo livro três...











 

 



O terror que me deixou sem dormir:
Rose: Em 2014 não li nenhum livro de terror
Olívia: 
Não sou a pessoa que corre atrás de terror, por ter medo, bobeira né, mas tenho mesmo! O último que li e nem era tanto de terror foi A Floresta de Mãos e Dentes, um romance, mas que tem zumbis e morte, então... acordei aos gritos no chão (caí da cama!) me debatendo, um zumbi estava em cima de mim. Acordei todos em casa e correram para o meu quarto, já que pensaram ser alguém que tinha entrado em casa e estava me atacando! Nem preciso dizer mais nada... rssss










O suspense mais eletrizante:
Rose:
 Angeline terminou o segundo volume de uma forma que me deixou completamente doida. Sério gente, eu até enviei um e-mail para ela perguntando sobre o próximo volume, simplesmente porque não dá para ficar sem saber o que vai acontecer...
Você vai lendo e cada página que vira dá um medo do que vai vim...

Confiança -  parte 2



Olívia: 
 Apesar de não ser o melhor suspense que já li, mas gostei da abordagem sobre Proteção a Vítimas, e espero o segundo livro: Quando Eu Era Joe - Keren David










 



O romance que me fez suspirar:
Rose:
Terminei este Quarteto de Noivas, série da Nora Roberts e com certeza o meu par favorito foi Mac e Carter. Não que eu não tenha gostado dos outros casais, mas este, em especial Carter, conquistou meu coração e me fez suspirar...













 
Olívia:  
A mulher do viajante do tempo - Audrey Niffenegger. Porque é muito mais do que um romance, traz uma reflexão sobre o valor que damos as pessoas e as coisas. É lindo! 














A saga que me conquistou:
Rose:
 Sem dúvida este ano foi de Outlander. Esta saga me pegou de jeito. Estou simplesmente viciada nela. Gosto dos personagens, com seus defeitos e qualidades. Cada livro que terminei, ficou aquela vontade de já ler o seguinte, sem falar da saudade de Jamie...
Resenha de Outlander vol. 01 aqui.
Resenha de Outlander vol. 02 aqui.








 
Olívia:  
Cisne – Eleonor Hertzorg. Personagens fantásticos, um mundo completamente perfeito, sou apaixonada por essa série. 








O clássico que me marcou:
Rose: Não li nenhum clássico.
Olívia: 
Um livro de Jane Austen – Emma.
 
















O livro que me fez refletir:
Rose:
Escolher entre a vida de um filho e a vida da própria mãe sem dúvida é o tipo de decisão que ninguém quer ter em mãos. Neste livro acompanhamos a luta de uma mãe para ter seu filho, mesmo que para isso, ela precise morrer.
Resenha aqui. 













Olívia: 
A Chave de Sarah - Tatiana de Rosnay - O conteúdo dele é sobre a história não contada da prisão e expulsão dos judeus na França, algo que nenhum francês gosta de tocar no assunto e que quase ninguém sabe, por pensar que só existiu mortes na Alemanha. São fatos históricos, e uma história verídica. Triste, comovente, e que fala de superação de todas as formas que existe, psicológica, social, financeira... Me fez pensar
no quanto tudo é omitido, o tão pouco sabemos ou buscamos saber da realidade de todos os fatos vivenciados pela humanidade. Há uma adaptação dele: https://www.youtube.com/watch?v=XT7cOVPcADo








O livro que me fez rir:
Rose:
 Vocês devem estar pensando, mas Rose, este é um livro infantil! É sim gente, mas o que posso fazer se foi ele que logo me veio à mente quando li a pergunta? 
Quando lembro as canções e o desespero do pai para contar a história, eu rio de novo.
Por isso, tá aqui, um bom representante do item. Aproveito e convido vocês a lerem a resenha clicando aqui.












Olívia: 
Aconteceu em Paris - Molly Hopkins - Evie, a protagonista é muito engraçada, me fez rir e detestá-la ao mesmo tempo devido algumas atitudes dela, mas foi o livro que, apesar desses dois sentimentos, quero dar continuidade para descobrr se Evie vai conseguir algo em sua vida amorosa...













O livro que me fez chorar:
Rose:
Tem dois autores que me fazem chorar como um bebê, são eles o tio Nick e a Kristin Hanna. Para esta pergunta, separei dois livros, um de cada autor. Livros que falam de perda, amores perdidos e perdão. Prato cheio para as lágrimas.
Resenha de O Melhor de Mim aqui.
Resenha de O Caminho para Casa aqui.












Olívia:  
Sou difícil de chorar por um livro, mas alguns me comoveram a ponto de sentir algo forte devido o conteúdo, ou personagens tão bem feitos. O mais recente foi O Lago Místico - Kristin Hannah. Nesse livro tem uma menininha que só de pensar, sinto o mesmo sentimento que tive quando li, ajoelhar perto da Izzy, a abraçar e a balançar dizendo que tudo vai ficar bem. Esse livro é lindo!








 



O livro de fantasia que me encantou:
Rose:
 Esta série que conheci por conta de um Book Trailer, foi uma grata surpresa, ainda mais por se de uma autora nacional.
Resenha aqui.















Olívia:  

Foram dois livros e nacionais: Os segredos de Landara B. Camporezi e Sombras da Primavera, segundo livro da trilogia – A maldição do Mago – Keila Gon.

O primeiro recomendo a todo amante de fantasia, é bom demais! Agora, o da Keila Gon, não pensei que ficaria tão bom quanto ficou, sério! O primeiro livro encantei com o mundo, mas não simpatizei com a personagem principal, só que nesse segundo livro, ela cresce e o livro toma um caminho que fiquei maravilhada... quero o segundo logo Keila Gon! 

 O livro que me decepcionou:
Rose:
 Na verdade não foi um livro, mas uma série: Bruxos e Bruxas de James Patterson pela Novo Conceito. Houve uma bela e boa propaganda em relação ao lançamento desta série. Eu até gostei do primeiro volume, mas os volumes seguintes me decepcionaram e muito.
Para lerem as resenhas, cliquem nos link abaixo:
Bruxos e Bruxas - vol.1  
 O Dom - vol.2   
  O Fogo - vol.3    
O Beijo - vol.4





Olívia: 
 Simplesmente Acontece - Cecelia Ahern - Amo a escrita dessa autora, mas odiei o estilo que ela usou nesse livro, pareceu tudo muito distante, e me deu a sensação de estar invadindo o limite
pessoal de alguém durante toda a leitura. A história linda, mas para mim foi muito, muito cansativa, pensei em desistir e olha que é difícil isso ocorrer. 












O livro que me surpreendeu:
Rose:
Quando peguei Sociedade dos Meninos Gênios, não pensei que fosse gostar tanto do livro. Apesar de ser um livro bem grosso, passei horas bem gostosas com ele, e nem senti as páginas passarem. 














Olívia: 
 Sem dúvida nenhuma Sombras da Primavera – Trilogia: A maldição do Mago – Keila Gon















O thriller psicológico que me arrepiou:
Rose:
Tensa, foi assim que fiquei durante a leitura deste livro.
Confiram resenha aqui.


















Olívia
Só li esse ano Paperboy – Pete Dexter, gostei bastante. No início pensei que não iria gostar, mas no decorrer da leitura não conseguir soltar o livro. Não me arrepiou, mas me deixou pensando, e muito! 














O livro mais criativo:
Rose:
Falou em criatividade então lembrei do Flávio de Souza e seu divertido Chapeuzinho Adormecida no País das Maravilhas. O Pouco tempo que levei para ler o livro me fez notar a criatividade do autor e soltar grandes gargalhadas com o enredo.
Confiram resenha aqui.













Olívia
O oceano no fim do caminho – Neil Gaiman - Ao mesclar fantasia com sua infância deixou todo o significado só para si e todos que leem tem uma visão diferente. Amei a criatividade dele ali.













 



O melhor HQ:
Rose:  
Acreditem ou não, mas não li HQ este ano, quer dizer, com exceção dos da minha amada Turma da Mônica Jovem e Chico Bento Moço. Por conta disso, deixo com eles este título.






Olívia: Não li nenhum.


 O infanto-juvenil que se superou:
Rose:
 Um Romeu e Julieta moderno, com rock e sem famílias que se odeiam. Proibida Pra Mim tem uma escrita leve e fluída, que cativa desde o início.
Confiram resenha aqui.















Olívia: 
Em Busca de Wondla e Um herói para Wondla - Tony DiTerlizzi - O trabalho do autor é magnífico no livro, a personagem vai crescendo e amadurecendo na série, uma mensagem linda e o próprio autor fez as ilustrações. Pouco divulgado, e é ótimo!













 

O livro que mudou a minha forma de ver o mundo:
Rose:
Sempre tento manter a mente aberta e não ter preconceitos com nada. Claro que esta última parte é mais difícil, visto que sou humana e cheia de defeitos, mas em geral me saio muito bem.
Conhecer Jud e Eric, e a forma deles de mostrarem o amor um pelo o outro foi um fato que marcou minha forma de ver o mundo em 2014. Ainda não cheguei nesta evolução deles, mas conheci um mundo totalmente desconhecido para mim. 




Olívia: 
Não creio que isso ocorra lendo só um livro, creio que a cada livro isso é constituído.
Mas, Extraordinário - R. J. Palacio, O Guardião de Memórias - Kim Edwards e, Segredos e Mentiras - Diane Chamberlain traz mensagens que faz pensar muito nas atitudes que toma. 



A capa mais bonita:
Rose:
Este ano quem vai ficar com a capa mais bonita vai ser Jardim de Inverno. Um livro lindo e tocante que me levou ás lágrimas. Dos que li, foi ele sem dúvida que merece este título.
Confiram resenha aqui.















Olívia: 
Difícil, difícil! Acho lindas as capas que a Adriana Brazil faz, são luminosas, expressam alegria, calor, suavidade e aconchego. E as de sua série são belas. 








 A frase que não saiu da minha cabeça:
Rose: Foram muitas frases, entre elas, escolhi estas duas, que expressa, a força do amor existente entre pais e filhos.
Livro Adivinha Quanto Eu Te Amo - Sam McBratney

Livro Jardim de Inverno - Kristin Hannah
Resenha de Adivinha Quanto Eu Te Amo clique aqui.
Resenha de Jardim de Inverno, clique aqui.

Olívia:
O(a) personagem do ano:
Rose: 
Feminino eu destaco a Anya do livro Jardim de Inverno da Kristin Hannah publicado pela Novo Conceito. Confiram resenha aqui.
Masculino eu destaco e suspiro por  Jamie Fraser da série Outlander da Diana Gabaldon publicado pela Arqueiro. Confiram resenha Outlander 1.






Olívia: Henry Melbourne do livro Cisne da Eleonor Hertzorg
Não há um personagem tão completo como ele, até hoje não vi, amo a personalidade dele, sua força e coragem, com uma humildade incrível... parei! (risos)

                                                            O casal perfeito:

Rose: 
 Sem dúvida o casal que me marcou este ano foi Jud e Eric. A forma deles se amarem não é para poucos, tem que ter muita confiança e serem mais evoluídos do que eu possa imaginar ser um dia.
Para conhecerem as resenhas cliquem nos links abaixo:
Peça-me o que quiser - v.1
Peça-me o que quiser agora e sempre - vol.2
Peça-me o que quiser ou deixe-me - vol.3






Olívia:  
Helen e Andrew da Série Foi Assim que te Amei da Adriana Brazil
Andrew é perfeito! E os amigos dele também.










O(a) autor(a) revelação:
Rose:
Angeline Sophie é o pseudônimo usado por Susane Matos. Nossa parceria foi fechada no início do ano. Ela tem uma série chamada Seguindo em Frente, formada por quatro livros. Dois livros já foram publicados e resenhados aqui. 
Quando comecei a ler o volume 1 fiquei simplesmente presa no enredo. Devorei ambos os livros e no final do volume 2 ficou aquele imenso ponto de interrogação: "Como assim!"
A Angeline terminou o livro de uma forma que eu tenho certeza ela queria testar o coração dos seus leitores. Sério gente, um autor bonzinho não deixaria seus leitores neste clima de tensão. Por isso tenho certeza que Angeline é má!!!! (brincadeira)
Por tudo que senti durante a leitura, com certeza ela foi a autora revelação do ano.

 
Olívia: 
Para mim foram três: B. Camporezi, Eleonor Hertzorg e Keila Gon 









O melhor livro nacional:
Rose:
 Se a Angeline foi a autora revelação, então seus livros só poderiam estar preenchendo este quesito.

Confiram as resenhas dos livros:

Confiança -  parte 2






Olívia: 
 Uma pergunta injusta! Não vou responde-la, só posso dizer que apaixonada por Cisne – Eleonor Hertzorg. 



 





 






O melhor livro que li em 2014:
Rose:
 Pensei muito para escolher este livro. Li tanta coisa, de tudo quanto é gênero. Ri, chorei, me apaixonei, fiquei brava, triste, feliz, com raiva, revoltada... Fiz sonhos e construí castelos. Tive medo, fiquei desamparada e desolada, mas sempre vinha o livro seguinte para alegrar meu coração.
E nesta montanha russa de emoções que só os livros são capazes de fazer, não sabia que livro poderia simbolizar ou levar o título de melhor de 2014.
Foi quando escolhi a frase que decidi por este livro. Acreditem ou não, o melhor livro que li em 2014 foi este infantil "Adivinha o Quanto Eu Te Amo".
De uma forma doce e singela, acompanhamos o diálogo entre pai e filho (coelhos) onde um quer dimensionar o tamanho de seu amor pelo outro.
Por acreditar que devemos incentivar a leitura desde pequeno. Por acreditar que devemos ter mais amor em nossos corações. Por ter certeza que nada consegue ser mais forte e poderoso que o amor entre pais e filhos e desejando um 2015 onde os laços familiares se solidifiquem, é que escolho e recomendo este livro.
Confiram resenha aqui.

Olívia:  
São dois: Extraordinário – R.J. Palacio e Olhe nos meus Olhos – John Elder Robinson (uma biografia) relata a vida de um asperger. Autista leve.











Li em 2014 ...... livros.
Rose: Li 117 livros, destes, 22 eram nacionais, ou seja, quase 2 nacionais por mês!
Olívia: Só 78 livros e cataloguei, às vezes leio e não coloco no skoob, depois nem lembro. Fora os ebooks que leio e não registrei.

A minha meta literária para 2015 é:
Rose: Continuar viajando para o mundo da leitura, conhecendo lugares e personagens novos. Minha meta é descobrir autores ainda desconhecidos para mim, me aventurar, rir, chorar, gritar, ter medo, dor, alegria, sofrer, amar... Enfim, sentir todas as emoções que só um livro é capaz de me proporcionar.

Olívia: Não fiz ainda.
a Rafflecopter giveaway

10 comentários:

  1. Vcs leram bastante!
    Primavera de Cores será a minha próxima leitura, bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois vou lá conferir sua resenha quando ela sair.
      Bjs, Rose

      Excluir
  2. Vai ser master meu comentário aqui...sahsuhuas.....vamos lá.
    Oi Rose/Olívia,

    Primeiro também amei Outlander...é demais.
    Segundo eu precisooooooooo ler A Floresta de mãos e dentes, porque amooo zumbis.
    Comprei Cisne esse ano de 2014 e espero poder ler logo, mesmo ele me assustando de tão grande....quem sabe coloco ele no desafio na parte de livro nacional. Ou algum outro vou ver.
    Bruxos e Bruxas decepcionou mesmo, mas nossa eu amei simplesmente acontece, pelo motivo de invasão.....mas ai vai do gosto de cada um, mas olha quem diria, eu amo ler recados e e-mails em livros. Nossa tenho que ler A Sociedade dos meninos gênios depois dessa indicação e da sua resenha. Peça-me o que quiser muda nossa visão mesmo. E nossa encantada com os quotes selecionados.Penso que tenho de ler Seguindo em frente depois de tantos elogios amiga, fiquei mega curiosa. E parabéns pelas leituras das duas, leram bastante mesmo.

    Adorei a retrospectiva de vocês......\o/....bjos elis!!!
    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruxos e Bruxas foi uma pena mesmo, mas acontece. Jud e Eric me deixaram saudades... kkkk
      Leia sim, tanto Sociedade dos Meninos Gênios como Seguindo em Frente.
      Bjs, Rose

      Excluir
  3. Oii meninas, tudo bem? Adorei a retrospectiva de você. Quero muito ler os livros da Keila Gon e me apaixonar pelo Vincent <3. "Extraordinário" é maravilhoso e acho que deveria ser leitura obrigatória para todos. A capas da Adriana Brazil são lindas mesmo e tenho muita vontade de ler a trilogia.

    Feliz Ano Novo para as duas e que 2015 seja um ano maravilhoso!!

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafa, obrigada, e um ótimo 2015 para ti também!
      Bjs, Rose

      Excluir
  4. oi flor, tudo bem?
    quantos livros lidos, eu não parei pra contar quantos li, mas tenho certeza que não foram todos!
    todas as leituras deixam lembranças, mas sempre temos os que se tornam queridinhos, né?
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem jeito, sempre acabamos escolhendo alguns para este posto.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  5. Adorei a retrospectiva e anotei várias dicas!!!
    Beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.