#Resenha O Guardião do Tempo

 Oi amigos, hoje a Olívia separou para nós um livro onde o tempo, tão escasso hoje em dia, é o personagem principal. Vamos conhecer que livro é este?

O Guardião do Tempo - Mitch Albom
240 páginas - Editora Arqueiro

Pensei encontrar nessa leitura uma fantasia de viagem no tempo, e não sobre o tempo, uma leitura completamente diferente da que esperei. Se houve um livro que me deixou bastante encabulada no início foi esse, por causa do lapso temporal existente e da junção histórica bíblica com atualidade e fantasia. E, ao termina-lo me fazer pensar muito a respeito do tempo e seu significado. Sim, o livro me deixou bastante introspectiva por ser uma história sobre o Sentido do Tempo!
Dhor nasceu durante a Pré-história, um pouco antes da construção da Torre de Babel – aquela Torre da Bíblia em gênesis 11: 1-9, – e gostava muito de contar. Aqui descobrimos quem criou os números – Dhor – por gostar muito de contar é uma criança diferente das outras e após sua proeza em criar os números ele passa contar o tempo. Se casa com Alli, a garotinha que ele sempre nutriu sentimentos e forma uma família. 
Nim, um garotinho que era amigo de Dhor se torna um poderoso rei e quer mostrar sua supremacia sobre os deuses construindo uma torre para destruir os deuses e ser o maioral. Pede ajuda a Dhor, e esse rejeita, acaba banido da cidade com sua esposa que por desventura fica muito doente... iniciando assim a jornada de Dhor, em que ele fica preso ouvindo as queixas de todos os seres humanos sobre o tempo, até quando chega o dia dele poder terminar o que fez: já que contou o tempo, que ele ensine o sentido do tempo para duas pessoas. Tarefa nada fácil. 
Sarah e Victor precisam de mais tempo. Sarah não vê sentido em sua vida e começa a ver o tempo como seu inimigo, e Victor também, mas o inimigo está ceifando sua vida. Dois sentidos diferentes sobre o tempo, ela quer se matar, e ele está morrendo devido um câncer, e deseja a imortalidade.
Três vidas que se cruzam no presente em busca do sentido que o Tempo pode produzir em suas vidas.
Narrado em terceira pessoa, nos é mostrado o que acontece com cada um dos personagens devido a narrativa intercalada entre todos eles, uma visão ampla, com linguagem simples, direta e fluída.
De início fiquei um tanto decepcionada com o livro por pensar algo e ser outro totalmente diferente que buscava. Um pensamento bobo, quem mandou me prender a um desejo meu, sendo que o autor tinha outro interesse a dar na estória?
E que estória! Ele conseguiu reunir pessoas de tempos, culturas e posições sociais totalmente diversas e dar sentido a tudo, amarrando todas as pontas soltas com um toque de magia do tempo, e ao mesmo tempo, trazer a reflexão do quanto somos escravos daquilo que tentamos escravizar: o tempo.
Tudo nessa vida gira envolta dele, e por causa dele, e sem ele nada fazemos. Fique sem consultar as horas e veja o que ocorre em sua vida, só um exemplo.
Pode não ter sido a leitura que esperava, mas foi uma ótima leitura. Diferente e inusitada, complexa nos temas abordados e simples pela forma exposta. O autor demonstrou a arte de escrever arrematando seus pensamentos ao tratar de assuntos diversos (bylling, depressão, tecnologia, imortalidade, validade de contratos e etc) e dar uma solução simples que todos nós sabemos e pouco praticamos. Mas, nem por isso o final foi algo previsto. O desfecho desse livro é muito bom! 
 Não é uma leitura que vá arrebatar muitos, mas certamente vai fazer todos que o ler pensar muito sobre o que faz de seu tempo, com o quê o gasta e como o conduz. E principalmente, com quem você gasta! Vai lembrar e questionar valores que muitas vezes ignoramos por sempre estarmos correndo contra o tempo! Então, é um livro que para mim compensou, mas não é uma leitura que todos vão amar. 

Aproveito para convidar vocês a lerem um trecho do livro que a editora disponibilizou, para isso, cliquem aqui.
Alguém já leu o livro? Gostaram?   

a Rafflecopter giveaway

4 comentários:

  1. confesso que não me animei muito não, o enredo até que é bom, mas não me cativou
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acontece Thaila, quem sabe uma outra hora.
      Bjs, Rose

      Excluir
  2. Acho válida a leitura, fiquei curiosa.
    Bj.

    ResponderExcluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.