Primeiros Socorros #3 Asfixia



Oi amigos, hoje vamos a terceira postagem sobre "Primeiros Socorros", e o tema será asfixia.
Para quem não sabe, asfixia ou sufocação é a dificuldade respiratória que leva à falta de oxigênio no organismo. Normalmente acontece quando obstruímos as vias aéreas com corpos estranhos, mas a ingestão de bebidas ferventes ou corrosivas, pesos em cima do peito ou costas, intoxicações diversas e paragem dos músculos respiratórios também podem causar asfixia.
Sinais e Sintomas: 
 Os sinais e sintomas de uma pessoa que entra ou está em asfixia são: lividez, dilatação das pupilas, respiração ruidosa e tosse, cianose na face e extremidades (apresenta uma tonalidade azulada na face). 



Crianças Pequenas e ou bebês
Abra-lhe a boca e tente extrair o corpo estranho, se este ainda estiver visível com o dedo indicador ou um gancho (cuidado para não empurrar o objecto).
Caso não funcione, faça a Manobra de Heimlich:



Jovens e adultos
Coloque-se por detrás da vítima e passe-lhe o braço á volta da cintura. Feche o punho e coloque-lhe logo a cima do umbigo. Cubra o punho com a outra mão, e carregue para dentro e para cima. Repita a operação as vezes que forem necessárias, até a vítima deitar para fora o corpo estranho. Se a respiração não se estabelecer e a vítima continuar roxa (cianosada) faça reanimação/respiração artificial.
Bem amigos, eu posso dizer em primeira mão que estes procedimentos realmente funcionam. Quando o Cauê tinha uns 2 anos, ficou roxo após tomar um remédio de febre. Quando eu dei o remédio, ele cuspiu. Fui buscar mais e quando voltei meu filho estava totalmente parado e com o rosto roxo. Só deu tempo de gritar para meu marido tirar o carro e pegá-lo no colo. Felizmente naquele mesmo dia minha mãe tinha visto um programa que explicava o procedimento acima (segurar a pessoa por trás). Ela tirou o Cauê dos meus braços, enquanto o Alexandre tirava o carro, e fez como viu na tv. Ele voltou a respirar e fomos voando para o hospital. Não ouve sequelas e nem imaginamos o que realmente aconteceu. Só sei que estes simples movimentos salvaram meu filho.



a Rafflecopter giveaway
 

7 comentários:

  1. super importante, pois eu que lido com crianças no dia a dia sei o quanto esta dica pode salvar vidas!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Thaila, ainda mais crianças pequenas que vivem colocando coisas na boca.
      Bjs, Rose

      Excluir
  2. Rose, ótima postagem!
    Deveria ensinar em todas as escolas primeiros socorros e ressuscitação.
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Gladys, assim como que trabalha em grandes estabelecimentos públicos.
      Bjs, Rose

      Excluir
  3. leciteresinha02@gmail.com.................................queroo

    ResponderExcluir
  4. adorando poder participar

    ResponderExcluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.