#Resenha Dupla: Infinity Drake: Os Filhos da Scarlatti

 Oi amigos, o ano está quase acabando e eu e a Elis resolvemos fazer uma resenha dupla para vocês. O livro escolhido é uma super aventura publicado pelo selo #irado da Editora Novo Conceito. Vamos lá?

Infinity Drake: Os filhos da Scarlatti - John Mcnally
480 páginas - #irado
Páginas: 480



Infinity Drake é um garoto muito inteligente que esta prestes a passar férias com seu tio Al, mas sua avó está aflita, pois acha seu filho muito irresponsável para tomar conta do seu neto. No entanto eles são muito próximos e ela precisa aproveitar a própria vida também. Al chega quase atrasado para o embarque da sua mãe e para pegar Finn, mas aparece, coloca sua mãe no avião e pega seu sobrinho. Logo eles partem para as tão sonhadas férias, só que Al é detido pelo seu superior no caminho e acaba por voltar ao trabalho e assim Infinity fica entusiasmado ao ver com o que seu tio trabalha e que ele poderá observar tudo.
Então o vilão entra em ação e como todo livro juvenil Finn acaba participando do projeto e tentando salvar o mundo da grande ameaça que é a Scarlatti que mata qualquer ser que à ameace. Conforme passamos as páginas temos muita ação e diversas situações complicadas, mas que são contornadas pela equipe designada para salvar o mundo.
No começo da leitura me senti um pouco inferior por não entender alguns termos, tive que rir, porque os personagens são para lá de inteligentes. Quando a ação começa a tomar conta da história vamos passando por tudo com os personagens, mesmo muitas sendo impossíveis, torcemos pelos heróis e queremos que tudo acabe bem, porque além do mais o tempo é curtíssimo.
A leitura flui bem e a garotada vai adorar, recordamos de filmes como "Querida encolhi as Crianças", porque a equipe tem de ser encolhida pelos cientistas para poder aplicar o plano traçado. Lembrei também de uns desenhos animados que agora não me vem o nome do filme a mente, mas é uma bela diversão. E pelo que notei pode ser que haja outros volumes, afinal quem não vai querer saber o que Finn anda aprontando ou pensando, depois de tanta aventura. 
Beijos Elis!!!!
 *Resenha publicada originalmente no blog A Magia Real
Pode parecer esquecido, mas o nosso personagem tem o nome de Infinity Drake. E olha que este garoto super inteligente, que é órfão e vive com a avó, escapou de ser batizado com o nome de E=mc².
Por aí vocês já podem imaginar as loucuras que encontramos neste livro...
Finn, como gosta de ser chamado, está longe de ser um garoto normal. Dono de uma inteligência ímpar, te gostos bem diferentes dos adolescentes de sua idade. Sua avó Violet Allenby o trata como criança, então imaginem o sufoco que é quando ela quer tirar umas férias e decide deixá-lo com o tio Allenby, um cientista prá de inteligente e conhecido mundialmente. Acontece que toda esta fama não quer dizer nada para a vovó Violet, pois ela conhece muito bem o filho, e sabe como ele é desmiolado e estabanado... Além disso, Al tem o péssimo hábito de deixar Finn fazer tudo o que dar na telha, o que convenhamos, para um adolescente é o mesmo que o paraíso...
Enfim, depois que vovó Violet embarca para seu cruzeiro, Al, Finn e Yo-Yo, o cachorro de estimação de Finn, que mais parece um alienígena idiota, seguem com seus planos de descanso, ou seja, partem para uma aventura para catalogarem novos insetos para a coleção de Finn em uma cadeia de montanhas entre a França e a Espanha.
Tudo ia bem até que o carro em que viajavam é interceptado no meio da estrada, e Al convocado às pressas para resolver uma crise mundial. Como ele prometeu à mãe cuidar de Finn, só aceita a tarefa se seu sobrinho puder ir junto. Afinal é muito mais fácil enfrentar uma ameaça mundial que a ira da própria mãe...
Com isso Finn conhece o que os líderes mundiais temem: Scarlatti. Scarlatti é uma vespa geneticamente mudada em laboratório, criada com a única função de matar. Ela se reproduz rápido e por ser difícil de ser exterminada, um enxame destas vespas pode ser fatal para humanidade, visto que elas se alimentam de seres vivos.
Existem apenas duas destas vespas-armas, e uma delas foi solta em Londres por um lunático traidor. Agora Al tem que dar um jeito de descobrir onde esta vespa mortal foi solta e tentar destruir ela e seus ovos. Ele tem apenas quatro dias para evitar o pior, ou seja, a morte de quase seis bilhões de pessoas!
Detalhe dos inícios de capítulos
 É nesta confusão que nosso Finn se mete, quando por acidente é enviado junto com a equipe escolhida para destruir Scarlatti. Detalhe, toda a equipe e seus equipamentos tiveram que ser encolhidas para que a missão pudesse acontecer.
Em meio a fugas desesperadas e muita ação do início ao fim, vamos junto com Finn e a tripulação em uma viajem alucinante contra o tempo para matar este terrível e fatal inimigo.
Detalhe das páginas do livro
Sem falar que nesta confusão toda, ninguém sabe se a tripulação da missão está viva ou morta. Al não tem ideia de onde está seu sobrinho Finn, e vovó Violet não sai de seu pé querendo saber notícias do neto.
Além de tentar deter esta ameaça mundial, Al tem que dar um jeito de encontrar seu sobrinho, antes que sua mãe descubra tudo e o esfole vivo...
Um livro muito divertido e cheio de ação, bem do jeito que a garotada gosta. Este livro daria um bom filme para a sessão da tarde. Dei boas risadas em vários trechos, principalmente quando vovó Violet entrava em campo e fazia tremer todos ao seu redor. até mesmo os chefes das maiores nações mundiais! 
Mais uma vez fiquei muito satisfeita com um livro do selo #irado, além de um enredo divertido, a capa dura e o cuidado com a parte gráfica, o que deixa o livro mais charmoso para a garotada.
  Leia um trecho do livro clicando aqui.
a Rafflecopter giveaway

4 comentários:

  1. esse selo irado ainda não conseguiu me conquistar, de verdade
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena Thaila, eu gostei dos títulos que já li, acho que com este foram 3.
      Bjs, Rose

      Excluir
  2. Oi Amiga,
    Amo nossas resenhas duplas, realmente gostei muito da aventura e fico feliz que também tenha gostado. Que em 2015 tenhamos leituras tão boas quanto.

    Beijos Elis....=D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga, também gosto e fazia tempo que não sai uma assim não é? Foi uma aventura muito gostosa, e torço para que nossas leituras sejam tão boas quanto.
      Bjs, Rose.

      Excluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.