Saúde: Diabetes Canina


Oi amigos, vocês sabiam que como nós humanos, nossos cães podem desenvolver diabetes? Pois é, esta doença que é caracterizada pelo aumento de glicemia causado pela produção inadequada de insulina também afeta os cães.
Existem dois tipos de diabetes: “tipo I” e “tipo II”, sendo que a “tipo II” afeta mais os gatos. Mas ambos são caracterizados pela alteração do metabolismo de carboidratos, gordura e proteínas, provocados pela carência absoluta ou parcial da insulina.
Alguns fatores aumentam mais o risco dos cães terem diabetes, tais como:
  •  Castração;
  • Obesidade;
  • Pancreatites-hipertireoidismo;
  • Idade avançada;

 Níveis altos de glicemia causam o aparecimento dos sinais clínicos de diabetes. Um aumento de micção de seu animal pode ser causado pela perda excessiva dos líquidos corporais, o que o induz a tomar mais água. Ele também pode ter uma perda de peso, mesmo consumindo mais alimentos. Fique atento quando seu cão mostrar:
  •  Sede excessiva;
  •   Fome excessiva + perda de peso;
  •   Letargia;
  •   Aumento da frequência de micção;

E sempre que tiver dúvidas, não deixe de visitar o veterinário, pois esta doença não tem sintomas aparentes, por isso o controle de peso e visitas regulares ao veterinário ajudam a um diagnóstico precoce, o que pode prevenir em outras complicações como catarata, neuropatia, nefropatia, infecções cutâneas e urinárias.


a Rafflecopter giveaway
 

11 comentários:

  1. yassuifortes14/2/13

    Muito bom o artigo.... infelizmente somos um tanto desinformados quando se trata da saúde do animais.

    ResponderExcluir
  2. Tive um cachorrinho e por termos esquecido de vaciná-lo quando filhotinho, o mesmo ficou doentinho. Foi muito triste, ele tomou remédios para pessoas bem idosas e remédios para animais também.
    Mas ele ficou bom, graças a Deus!


    Bjo!

    ResponderExcluir
  3. Oie, Rose!
    Adorei a postagem, muito bom pra informar o pessoal sobre isso. A maioria acha que por eles serem apenas animais de estimação, não fica doente como nós :(
    Gostei muito da iniciativa *-*

    Beijos,
    Leeh - Hangover

    ResponderExcluir
  4. Oi Leeh, confesso que para mim foi uma surpresa saber que nossos animais também podem ter diabetes. Por isso achei legal divulgar e falar sobre o assunto.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  5. Que bom Gladys. O da minha irmã acabou morrendo de câncer tadinho. Meus filhos que estão agora pedindo um, fiquei de pensar. Fico pensando um dia se ele ficar doente, já fico com o coração apertado! Mas devo dar um labrador.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  6. Se não sabemos nem das nossas doenças direito, imagine as dos animais!
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  7. Ah Rose que triste heim... imagino a dor que sua mana sentiu...


    Labrador precisa de espaço, lembra de Marley né, rsrs.


    Quando morar em uma casa maior criarei um basset hound, amo aquelas orelhonas, rsrs.


    Bjo!

    ResponderExcluir
  8. Espaço aqui não vai faltar! E dizem que para as crianças labrador é muito bom, junto com o gold retrivier.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  9. Kelry Caroline15/2/13

    Adorei as dicas, mas eu n tenho cachorro, mas com certeza passarei as dicas pra quem têm.

    ResponderExcluir
  10. São 2 raças ótimas para crianças, sempre ouvi isso, ;)


    Bjo!

    ResponderExcluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.