#Resenha Mais Forte Que o Sol

Oi amigos, hoje vou dar sequência nos meus romances de época, desta vez com um delicioso da Julia Quinn. Vamos lá?
Mais Forte Que o Sol - #2 Irmãs Lyndon - Julia Quinn
288 páginas - Editor Arqueiro
Ellie Lyndon é uma moça bem diferente da moças de sua época. Adora finanças e faz investimentos constantes. Como não é permitido que a mulher faça isso, ela faz se passando pelo pai. Aliás, o pai de Ellie estava noivo, o que preocupava muito Ellie, pois ela não gostava nenhum pouco da futura madrasta, uma fofoqueira de mão cheia. E foi com muitos pensamentos na cabeça que ela conheceu Charles Wycombe, o conde de Billington.
Charles cai literalmente aos pés de Ellie, que após o susto, acaba por ajudar o belo rapaz que estava machucado. Se a queda de Charles já foi inusitada, imaginem então o súbito pedido de casamento. Isso mesmo, apesar de bêbado, Charles gostou da inteligência e da língua afiada de Ellie, sem contar, obviamente de sua beleza, e como estava com a corda no pescoço, precisando arranjar uma esposa dentro de 15 dias senão perderia sua fortuna, ele pediu Ellie em casamento. Era isso ou encontrar uma cabeça de vento nos salões londrinos.
Ellie não aceitou, mas foi obrigada a mudar de ideia quando soube de algumas novidades que aconteceriam na sua casa. Com a irmã longe e sem poder pegar o próprio dinheiro, ela resolveu encarar o casamento com Charles, mas antes precisava colocar algumas cartas na mesa e esclarecer algumas questões. 
Charles aceitou todos os pedidos de Ellie, mas deixou claro que o casamento não seria de fachada e que mesmo respeitando o tempo de Ellie, iria fazer suas tentativas, até que a moça se achasse pronta.
E com isso, o casamento foi firmado, e com ele os dois foram se conhecendo mais e percebendo que, o que havia começado como uma boia de salvação para ambos, ganhava novas proporções. Eles estavam se apaixonando de verdade um pelo outro, mas alguns acidentes começaram a acontecer e ameaçar o convívio do casal. As coisas ficaram mais sérias quando a vida de ambos passou a ser ameaçada. Mas quem estaria por trás de tudo isso?
Um livro encantador, fofo e divertido. Ellie e Charlie são inteligentes e donos de línguas bem afiadas. Charlie é um doce de pessoa, apesar do seu lado libertino. Sua prima de 6 anos roubou a cena toda vez que apareceu. Aliás, ela mandava e desmandava no conde. Era tão lindo vê-lo com ela. Ellie é uma moça sensacional, não tem frescura, e mesmo diante dos problemas, não se furtava de enfrentar o que tinha pela frente. Não tem como não ficar na torcida para que eles se acertem, mesmo nos deleitando com suas brigas e implicâncias um com o outro.
Eu que tinha gostado do livro 1, fiquei completamente apaixonada por este, que virou xodozinho. Um romance de época que sem dúvida recomendo.

Perdeu a resenha do livro 1? Clique abaixo e leia!



#Resenha Mais Forte Que o Sol

Oi amigos, hoje vou dar sequência nos meus romances de época, desta vez com um delicioso da Julia Quinn. Vamos lá?
Mais Forte Que o Sol - #2 Irmãs Lyndon - Julia Quinn
288 páginas - Editor Arqueiro
Ellie Lyndon é uma moça bem diferente da moças de sua época. Adora finanças e faz investimentos constantes. Como não é permitido que a mulher faça isso, ela faz se passando pelo pai. Aliás, o pai de Ellie estava noivo, o que preocupava muito Ellie, pois ela não gostava nenhum pouco da futura madrasta, uma fofoqueira de mão cheia. E foi com muitos pensamentos na cabeça que ela conheceu Charles Wycombe, o conde de Billington.
Charles cai literalmente aos pés de Ellie, que após o susto, acaba por ajudar o belo rapaz que estava machucado. Se a queda de Charles já foi inusitada, imaginem então o súbito pedido de casamento. Isso mesmo, apesar de bêbado, Charles gostou da inteligência e da língua afiada de Ellie, sem contar, obviamente de sua beleza, e como estava com a corda no pescoço, precisando arranjar uma esposa dentro de 15 dias senão perderia sua fortuna, ele pediu Ellie em casamento. Era isso ou encontrar uma cabeça de vento nos salões londrinos.
Ellie não aceitou, mas foi obrigada a mudar de ideia quando soube de algumas novidades que aconteceriam na sua casa. Com a irmã longe e sem poder pegar o próprio dinheiro, ela resolveu encarar o casamento com Charles, mas antes precisava colocar algumas cartas na mesa e esclarecer algumas questões. 
Charles aceitou todos os pedidos de Ellie, mas deixou claro que o casamento não seria de fachada e que mesmo respeitando o tempo de Ellie, iria fazer suas tentativas, até que a moça se achasse pronta.
E com isso, o casamento foi firmado, e com ele os dois foram se conhecendo mais e percebendo que, o que havia começado como uma boia de salvação para ambos, ganhava novas proporções. Eles estavam se apaixonando de verdade um pelo outro, mas alguns acidentes começaram a acontecer e ameaçar o convívio do casal. As coisas ficaram mais sérias quando a vida de ambos passou a ser ameaçada. Mas quem estaria por trás de tudo isso?
Um livro encantador, fofo e divertido. Ellie e Charlie são inteligentes e donos de línguas bem afiadas. Charlie é um doce de pessoa, apesar do seu lado libertino. Sua prima de 6 anos roubou a cena toda vez que apareceu. Aliás, ela mandava e desmandava no conde. Era tão lindo vê-lo com ela. Ellie é uma moça sensacional, não tem frescura, e mesmo diante dos problemas, não se furtava de enfrentar o que tinha pela frente. Não tem como não ficar na torcida para que eles se acertem, mesmo nos deleitando com suas brigas e implicâncias um com o outro.
Eu que tinha gostado do livro 1, fiquei completamente apaixonada por este, que virou xodozinho. Um romance de época que sem dúvida recomendo.

Perdeu a resenha do livro 1? Clique abaixo e leia!



Editoras Parceiras