#Resenha Use-me

Oi amigos, hoje tenho a resenha de mais um romance lido. Espero que gostem. Vamos lá?
Use-me - Kimberly Knight
300 páginas - The Gift Box Editora
Rhys Cole era uma promessa do hoquei que infelizmente nunca vingou. Mas sua grande paixão era o esporte, então foi mais  do que natural ele migrar  para o jornalismo esportivo.
Ashtyn Valor é âncora do noticiário noturno e estava com a carreira em alta, pronta para dar um passo importante em sua vida.
Apesar de ambos morarem na mesma cidade e serem do meio jornalístico, além de premiados em suas carreiras, eles só se conheceram por conta de uma triste coincidência.
Ambos resolveram afogar suas mágoas sentimentais em um bar. Enquanto Rhys acabara de presenciar a traição de sua namorada, Ashtyn recebeu um pé na bunda do então namorado, e ainda teve que escutar que não era a única na vida dele.
Neste momento, os drinques pareciam uma bela saída. E foi tentando se esquivar de uma cantada que Ashtyn acabou conhecendo Rhys. Para ajudá-la, ele se passou por namorado da bela apresentadora. E como a ideia não era nada má, ele deixou claro que estaria ao dispor dela para que ela o usasse da forma que quisesse.
Deste encontro acabou nascendo uma amizade com muitos benefícios. O convívio entre eles era fácil, e fazia muito bem para ambos. Mas diante do que tinham sofrido recentemente, estavam indecisos em dar um passo a mais.
Rhys queria que Ashtyn tivesse mais tempo para se acostumar com um possível relacionamento entre eles. Um relacionamento sério, e não um descompromissado como eles tinham.
Mas quando um stalker põe em risco a vida dela, Rhys acha que é hora de deixar claro seus verdadeiros sentimentos.
Acontece que não era apenas com o stalker que eles teriam que se preocupar, pois o pulha do ex-namorado de Ashtyn ao descobrir que ela seguira em frente e que estava muito bem, resolveu tentar a sorte. Nem fora tanto o fato dela não querer mais nada com ele, mas sim, o fato dela estar com Rhys, pois ambos eram desafetos antigos, dos tempos do ensino médio. Ele não aceitava o fato de Rhys mais uma vez levar a melhor em cima dele. Mas nem Rhys, nem Ashtyn sabiam realmente o tamanho da loucura e ódio que ele carrega dentro de si. Estando disposto a tudo para separar os dois.
Resta saber se ambos conseguirão passar por mais este problema.
Eu gostei muito deste casal, na verdade, gostei mais deles até do que o próprio enredo em si. Não que o enredo seja ruim, não é isso, mas é que o casal foi tão bom junto, que acabou deixando o enredo em segundo plano. Adorei o humor deles, e a forma como se dispuseram a ajudar um ao outro. Nasceu uma amizade verdadeira e leve, que ficou bem visível aos leitores. Não tinham uma relação de cobrança, ou de desconfiança, e isso foi muito bom de ver, visto que normalmente há inúmeros casais que ficam entre tapas e beijos, ou com ciúmes sem sentido. Com este aqui foi diferente, e eles se completaram muito bem. Acho que por isso eles acabaram me chamando mais atenção que o enredo.. De qualquer forma, é um romance gostoso e rápido de ser lido, pois a escrita é gostosa e envolvente. Para os fãs de romance, fica a dica.

Esta resenha faz parte do meu "Desafio Literário 2018" na letra "U". Para ler outras resenhas do desafio, basta clicar na imagem abaixo:

#Resenha Use-me

Oi amigos, hoje tenho a resenha de mais um romance lido. Espero que gostem. Vamos lá?
Use-me - Kimberly Knight
300 páginas - The Gift Box Editora
Rhys Cole era uma promessa do hoquei que infelizmente nunca vingou. Mas sua grande paixão era o esporte, então foi mais  do que natural ele migrar  para o jornalismo esportivo.
Ashtyn Valor é âncora do noticiário noturno e estava com a carreira em alta, pronta para dar um passo importante em sua vida.
Apesar de ambos morarem na mesma cidade e serem do meio jornalístico, além de premiados em suas carreiras, eles só se conheceram por conta de uma triste coincidência.
Ambos resolveram afogar suas mágoas sentimentais em um bar. Enquanto Rhys acabara de presenciar a traição de sua namorada, Ashtyn recebeu um pé na bunda do então namorado, e ainda teve que escutar que não era a única na vida dele.
Neste momento, os drinques pareciam uma bela saída. E foi tentando se esquivar de uma cantada que Ashtyn acabou conhecendo Rhys. Para ajudá-la, ele se passou por namorado da bela apresentadora. E como a ideia não era nada má, ele deixou claro que estaria ao dispor dela para que ela o usasse da forma que quisesse.
Deste encontro acabou nascendo uma amizade com muitos benefícios. O convívio entre eles era fácil, e fazia muito bem para ambos. Mas diante do que tinham sofrido recentemente, estavam indecisos em dar um passo a mais.
Rhys queria que Ashtyn tivesse mais tempo para se acostumar com um possível relacionamento entre eles. Um relacionamento sério, e não um descompromissado como eles tinham.
Mas quando um stalker põe em risco a vida dela, Rhys acha que é hora de deixar claro seus verdadeiros sentimentos.
Acontece que não era apenas com o stalker que eles teriam que se preocupar, pois o pulha do ex-namorado de Ashtyn ao descobrir que ela seguira em frente e que estava muito bem, resolveu tentar a sorte. Nem fora tanto o fato dela não querer mais nada com ele, mas sim, o fato dela estar com Rhys, pois ambos eram desafetos antigos, dos tempos do ensino médio. Ele não aceitava o fato de Rhys mais uma vez levar a melhor em cima dele. Mas nem Rhys, nem Ashtyn sabiam realmente o tamanho da loucura e ódio que ele carrega dentro de si. Estando disposto a tudo para separar os dois.
Resta saber se ambos conseguirão passar por mais este problema.
Eu gostei muito deste casal, na verdade, gostei mais deles até do que o próprio enredo em si. Não que o enredo seja ruim, não é isso, mas é que o casal foi tão bom junto, que acabou deixando o enredo em segundo plano. Adorei o humor deles, e a forma como se dispuseram a ajudar um ao outro. Nasceu uma amizade verdadeira e leve, que ficou bem visível aos leitores. Não tinham uma relação de cobrança, ou de desconfiança, e isso foi muito bom de ver, visto que normalmente há inúmeros casais que ficam entre tapas e beijos, ou com ciúmes sem sentido. Com este aqui foi diferente, e eles se completaram muito bem. Acho que por isso eles acabaram me chamando mais atenção que o enredo.. De qualquer forma, é um romance gostoso e rápido de ser lido, pois a escrita é gostosa e envolvente. Para os fãs de romance, fica a dica.

Esta resenha faz parte do meu "Desafio Literário 2018" na letra "U". Para ler outras resenhas do desafio, basta clicar na imagem abaixo:

Editoras Parceiras