#Resenha Batman - Criaturas da Noite #2/4

Oi amigos, quem me conhecem sabe como eu amo o Batman, meu herói favorito entre todos os heróis, seja DC, seja Marvel. E fiquei mais do que feliz quando soube que um dos livros da série Lendas da DC que a Editora Arqueiro está publicando teria um livro para ele. Hoje venho falar um pouco deste livro. Vamos lá?
Batman: Criaturas da Noite - #2 Lendas da DC - Marie Lu
256 páginas - Editora Arqueiro
Prestes a completar 18 anos, Bruce Wayne terá pleno controle sobre a herança deixada por seus pais. E os olhos da mídia que sempre estiveram voltados para ele, estão mais atentos do que nunca.
No dia do seu aniversário ele tem a chance de ajudar na captura de um dos integrantes da gangue "Criaturas da Noite", que tem aterrorizado a elite de Gotham City.
Mas esta sua decisão resultou em uma condenação. Agora ele teria que prestar serviços comunitários. O local escolhido para isso pela justiça foi o Asilo Arkham, uma mescla de presídio e hospital psiquiátrico, para onde os criminosos mais perigosos da cidade eram mandados.
Lá ele acaba conhecendo Madeleine, uma perigosa integrante da "Criaturas da Noite", acusada de vários os assassinatos frios e cruéis.
Apesar dos vários interrogatórios a que foi submetida, Madeleine não revelou nada polícia, mas do nada decide se abrir com Bruce.
Bruce se vê no meio de um perigoso jogo de sedução e inteligência. Apesar de estar ciente dos crimes de Madeleine, algo naquela garota mexia com ele, ao mesmo tempo que o confundia.
Pisando em ovos e ele tenta descobrir o que de verdade existe no que Madeleine lhe conta. Sua esperança é conseguir deter os crimes da gangue.
Mas o jogo vira bruscamente, e agora não é apenas a vida de Bruce que corre perigo, mas principalmente das poucas pessoas que lhe são tão importantes.
Era hora de Bruce usar sua inteligência e força, pois ninguém tiraria mais nada dele, sem que ele lutasse.
Um enredo ágil e inteligente, cheio de nuances como este personagem merece. Batman é um herói único que usa como um poucos sua inteligência, dinheiro e tecnologia. Seu lado obscuro faz dele o herói mais humano, pois não é aquele personagem perfeitinho e certinho que muitos heróis são.
Altura conseguiu de forma bem eficaz mostrar estas características ainda com Bruce aos 18 anos, onde ele não pensava em se tornar o Batman.
Leitura recomendada para todas as idades.
Antes de terminar, quero falar da parte gráfica do livro, que apesar de simples, tem detalhes bem bonitos:

#Resenha Batman - Criaturas da Noite #2/4

Oi amigos, quem me conhecem sabe como eu amo o Batman, meu herói favorito entre todos os heróis, seja DC, seja Marvel. E fiquei mais do que feliz quando soube que um dos livros da série Lendas da DC que a Editora Arqueiro está publicando teria um livro para ele. Hoje venho falar um pouco deste livro. Vamos lá?
Batman: Criaturas da Noite - #2 Lendas da DC - Marie Lu
256 páginas - Editora Arqueiro
Prestes a completar 18 anos, Bruce Wayne terá pleno controle sobre a herança deixada por seus pais. E os olhos da mídia que sempre estiveram voltados para ele, estão mais atentos do que nunca.
No dia do seu aniversário ele tem a chance de ajudar na captura de um dos integrantes da gangue "Criaturas da Noite", que tem aterrorizado a elite de Gotham City.
Mas esta sua decisão resultou em uma condenação. Agora ele teria que prestar serviços comunitários. O local escolhido para isso pela justiça foi o Asilo Arkham, uma mescla de presídio e hospital psiquiátrico, para onde os criminosos mais perigosos da cidade eram mandados.
Lá ele acaba conhecendo Madeleine, uma perigosa integrante da "Criaturas da Noite", acusada de vários os assassinatos frios e cruéis.
Apesar dos vários interrogatórios a que foi submetida, Madeleine não revelou nada polícia, mas do nada decide se abrir com Bruce.
Bruce se vê no meio de um perigoso jogo de sedução e inteligência. Apesar de estar ciente dos crimes de Madeleine, algo naquela garota mexia com ele, ao mesmo tempo que o confundia.
Pisando em ovos e ele tenta descobrir o que de verdade existe no que Madeleine lhe conta. Sua esperança é conseguir deter os crimes da gangue.
Mas o jogo vira bruscamente, e agora não é apenas a vida de Bruce que corre perigo, mas principalmente das poucas pessoas que lhe são tão importantes.
Era hora de Bruce usar sua inteligência e força, pois ninguém tiraria mais nada dele, sem que ele lutasse.
Um enredo ágil e inteligente, cheio de nuances como este personagem merece. Batman é um herói único que usa como um poucos sua inteligência, dinheiro e tecnologia. Seu lado obscuro faz dele o herói mais humano, pois não é aquele personagem perfeitinho e certinho que muitos heróis são.
Altura conseguiu de forma bem eficaz mostrar estas características ainda com Bruce aos 18 anos, onde ele não pensava em se tornar o Batman.
Leitura recomendada para todas as idades.
Antes de terminar, quero falar da parte gráfica do livro, que apesar de simples, tem detalhes bem bonitos:

Editoras Parceiras