#Resenha Uma Longa Jornada

Oi amigos, tem autores para mim, que não importa qual seja o livro, eu sempre vou querer ler. Nicholas Sparks está entre eles. Eu sei que muita gente torce o nariz pra ele, que acham a fórmula clichê e que ele sempre mata um, mas quer saber? Não me importo, eu gosto, aqui está mais uma resenha de um de seus livros.
 Uma Longa Jornada - Nicholas Sparks
368 páginas - Editora Arqueiro
Neste livro temos duas histórias correndo paralelamente e que em algum momento do livro acabam se encontrando e se completando.
Ira e Ruth Levinson são um casal. Ambos nasceram há muitos anos atrás, lá pelos anos de 1920. Eles são judeus e se conheceram ainda jovens e se apaixonaram. Mas então veio a guerra, e por conta dela, Ira quase perdeu a vida. Apesar de vivo, Ira acabou perdendo um bem muito precioso, sua fertilidade. Por conta disso, quase colocou fim ao relacionamento com Ruth.
Mas o amor entre eles foi mais forte e eles acabaram casando e vivendo muitos anos juntos. Ao longo dos anos de casados, eles desenvolveram duas tradições. Ira era dono de uma alfaiataria herdada dos pais, e Ruth era professora e adorava obras de arte. Ambos saíam de férias uma vez por ano e percorriam galerias onde através do olhar de Ruth iam comprando alguns quadros. Outra tradição eram as cartas que Ira escrevia para sua amada esposa a cada aniversário de casamento que faziam.
 Aos poucos eles foram acumulando várias cartas e uma grande coleção de quadros, dos mais diversos artistas. A vida deles era tranquila, e eles viviam bem. O único vazio mesmo era a falta de um filho. Ruth acabava compensando isso através do amor que dava aos seus alunos.
Há alguns anos, Ruth acaba morrendo por conta de um AVC, deixando Ira sozinho e totalmente devastado. Após décadas juntos, Ira perde seu porto seguro, sua única razão de viver. Com a idade avançada e os problemas de saúde aparecendo, ele está apenas esperando que seu dia chegue para poder finalmente ir para o lado de sua amada esposa.
Quando ele sofre um grave acidente de carro, e fica preso entre as ferragens, no meio de uma estrada coberta de neve, ele sabe que finalmente chegou sua hora. Mas parece que Ruth não concorda com isso, e mesmo sabendo ser impossível que sua esposa esteja ao seu lado, é a imagem dela que vai mantendo-o vivo. Conforme o tempo vai passando e ninguém aparece para socorrê-lo, Ira vai relembrando os momentos que viveu ao lado de Ruth. Toda a sua vida vai sendo contada aos leitores através de suas lembranças.
Outro casal que conhecemos são Sophia e Luke. Ela, estudante do último ano de história da arte, ele um cowboy. Este casal que tem tudo para ser aparentemente diferente, acabam se conhecendo em uma das várias competições que Luke está cansado de participar. Na verdade, foi após a competição que eles se conheceram.
O entendimento entre eles foi rápido, como se já se conhecessem há anos. Foi muito natural a amizade que nasceu entre eles, e aos poucos começaram a passar um tempo juntos. Um fazia bem ao outro e não foi surpresa quando perceberam que estavam apaixonados.
Mas nem tudo eram rosas. Apesar do bom relacionamento de ambos, alguns problemas existiam. Sophia não tinha ideia do que aconteceria após se formar, visto que não arranjava emprego e que sua família não morava perto. Ela temia que os dois acabassem se separando.
Do lado de Luke, a maior preocupação era com a fazenda de sua mãe. Após um grave acidente onde quase morreu, Luke ficou muito tempo internado e em recuperação. Sua mãe, Linda, teve que hipotecar a fazenda para que ele pudesse ter o tratamento adequado. Agora, eles estavam por um fio de perderem a fazenda.
A única chance de Luke salvar o lar de sua mãe era voltar a montar. Se ele conseguisse voltar ao topo, poderia pagar as prestações do empréstimo de sua mãe. Acontece que Luke não era mais o mesmo. O acidente que quase o matou deixou sequelas que fazem Luke perder o sono. 
Ele não sabe o que fazer. A pressão de ver sua mãe perder tudo por sua causa é muito grande, e só aumenta quando Sophia descobre os riscos que ele corre ao voltar a montar. Sem o apoio de sua mãe, e sem Sophia ao seu lado, Luke está em um momento decisivo, onde dependendo da direção que tomar, pode ser o fim para ele mesmo.
Dois casais que se amam, em momentos bem distintos da vida. Ira, que com 91 anos já viveu tudo o que poderia ter vivido, e Luke que pode nem chegar a completar 25 anos. Como será que a vida de um vai mudar a vida do outro, e tudo por causa do amor que ambos tem por suas mulheres.
Uma história muito bonita de amor e companheirismo. Ira e Ruth é bem aquele casal que se casou por amor e passaram a vida toda juntas. Sabe aquele até que a morte os separe? Pois é justamente isso que aconteceu. Quando casamos, queremos envelhecer ao lado daquela pessoa. Mas é muito cruel saber que uma hora um vai embora e o outro vai ficar. Como lidar com isso? É difícil, com certeza, acho que nunca nos preparamos para isso.
No início a história não estava me conquistando, só a parte do Luke e da Sophia que conseguia prender minha atenção. Mas aos poucos Ira e Ruth também foram me conquistando. O amor que existia entre eles foi minando minha resistência.
Luke e Sophia me ganharam de cara. Luke é um fofo lindo, daqueles que nos apaixonamos a primeira vista. Sophia também é muito simpática, o que deixa o casal ainda mais atrativo.
Ira dá uma lição de vida mostrando a todos que Ruth era o único amor que tinha, e o que realmente importa nesta vida é o amor. Luke, apesar de todos os problemas que passou e está passando, não perdeu a coragem e nem seu lado doce. É este seu lado doce que pode fazer a diferença.
Dois romances vividos em épocas bem diferentes, mas que o destino caprichosamente uniu. Para quem não sabe, o livro virou filme, e já está pronto, só esperando a estreia que está prevista para 30/04. Por hora, podem conferir o trailer:
O que mais dizer? Leiam ou assistam, e depois me contem. Do meu lado, fiquei plenamente satisfeita com o livro, e agora só estou esperando a estreia do filme.
Esta resenha faz parte do meu Desafio Literário, quem quiser conferir as outras, pode clicar na imagem abaixo:
http://www.fabricadosconvites.blogspot.com.br/2015/01/desafio-literario-2015.html
*Livro cedido em cortesia pela Editora
* Imagens do filme retiradas da internet
a Rafflecopter giveaway

19 comentários:

  1. eu também ja li Rose, gostei bastante, creio que Sparks conseguiu mais uma vez encantar pelas palavras e me fazer viajar em uma boa história
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga, é verdade, ele conseguiu mais uma vez.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  2. Olá!!!

    Eu Gosto muito da escrita do Nicholas Sparks, e também gosto muito dos livros dele , inclusive ao ler Uma Longa Jornada a leitura foi super leve, e bastante fácil, eu o li em 1 dia e meio,E outra coisa que gostei também, pelo fato de terem sido duas historias, é como pudemos ver os vários tipos de amor que existe. Um amor jovem, de quem está apenas começando, fazendo planos e expectativas, e aquele outro tipo de amor, mais maduro, paciente que chega a ir até além da vida.. o livro é muito bom mesmooooo, gostei da resenha.. *---*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Clarice, muito bom mesmo, quando terminei fiquei pensando ainda no amor de ambos os casais, e como deve ter sido difícil para Ira viver sem sua esposa.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  3. Ah Ro.... pra mim ele é um caso sério... Juro que vou tentar ler mais um dele kkkk

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi, a história deste é muito bonita, o amor que une principalmente o primeiro casal é linda. É daqueles amores que queremos pra nos, mas não do estilo conto de fadas, do amor de verdade, com problemas e superações. Muito bom;
      Bjs, Rose.

      Excluir
  4. Oi, Rose.
    Não tem jeito mesmo... Não gosto de Nicholas Sparks e não me animo a ler nenhum livro dele! heheheheh
    Beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camis, eu sei e até entendo.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  5. Oláá
    Adorei sua resenha mas sou suspeita pois adoro o autor e os livros, mas infelizmente ainda não li esse, quando soube do filme fiquei muito curiosa e espero que seja bom, eu amei a nova capa, ficou muito fofa, enfim, ótima resenha mesmo e espero ler em breve haha ;)

    http://realityofbooks.blogspot.com.br/
    Catharina
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi catharina, também pretendo ver o filme, mas confesso que costumo não gostar muito das adaptações feitas nos livros dele, com exceção de Diário de uma Paixao que achei muito bom.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  6. que linda história... ficou agendado para uma próxima compra de livros
    bjs desejando ótimo final de semana
    tititi da dri

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dri, e leia mesmo, é bom.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  7. Oieee
    Ameeeeeei a resenha, ms infelizmente não curto esses livros/filmes
    Fico feliz que tenha gostado
    Super beijos
    Gio - Clube das 6
    www.clubedas6.com.br

    ResponderExcluir
  8. Rose!
    Agora entendi meu presente...kkk Influência do livro do Tio Nick...kkkk
    Concordo com você, não tem como não ler os livros dele e amo os clichês. Quem já viu amor sem clichê?
    Amei cada detalhe de sua resenha.
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga, falou em amor, falou em clichês...
      Bjs, Rose

      Excluir
  9. Olá Rose!!
    Eu sou igualzinha a você sabe... Falou Nicholas Sparks eu estou lendo...
    Amo tudo o que esse autor escreve mesmo sendo clichê, a mesma formula e bla bla bla
    Esse livro é muito lindo... perfeito.
    Amei a historia e estou louca para ver o filme.
    Oiii eu amo séries, principalmente seriado com temas médicos... minha paixão <3
    House, Grey's Anatomy, E.R... todas haha
    Essa eu não conhecia e minha nossa, mais uma pra lista... melhor ainda que está finalizada... anotando aqui o nome e vou assitir em breve

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que os dias passem logo para que o filme estreie.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  10. Adorei! <3
    Leiam minha primeira resenha http://olivronofimdocaminho.blogspot.com/2015/04/caminhos-cruzados-erico-verissimo.html

    ResponderExcluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.