#Resenha: Um Conto do Destino

 
Oi amigos, recebi este livro de cortesia da Editora Novo Conceito, e assim que chegou comecei a ler, pois estava muito curiosa com ele. O filme estava para estrear, e o enredo parecia muito interessante. Agora conheçam um pouco mais do enredo.
 Um Conto do Destino - Mark Helprin
720 páginas - Editora Novo Conceito
Nossa estória começa quando um casal de imigrantes é impedido de desembarcar em Nova Yorque, pois estão doentes. Desesperados com o filho que os acompanha, eles acabam colocando a criança em uma pequena embarcação que  é avistada pelos Caçadores de Ostras. A criança acaba recebendo o nome de Peter Lake.
Peter cresce e se torna um ótimo mecânico e ladrão. Ele acaba sendo incriminado por um crime que não cometeu, e passa a viver fugindo. Para sobreviver, entra em uma gangue, a dos Rabos Curtos. Mas Peter não é tão cruel assim, e seu estômago não suporta o que os Rabos Curtos fazem, com isso, ele acaba traindo a gangue. Resultado: sua cabeça está a prêmio.
Em uma das várias escapadas da morte, ele acaba sendo salvo por um lindo cavalo branco voador. Isso mesmo! Aliás, Peter e o cavalo tornam-se grandes e inseparáveis amigos. Graças ao cavalo, os Rabos Curtos não consegue, por a mão em Peter, apesar das várias tentativas.

Quando Peter e o cavalo se preparam para assaltar a casa de uma abastada família, Peter acaba tendo seu coração roubado por Beverly, a rica garota que mora na casa e que está à beira da morte por conta de um tuberculose.

Os dois se apaixonam e passam a viver cada momento como se fosse o último. Lógico que o amor entre eles é questionado pela família dela, e Peter, mesmo assumindo ser um ladrão, comprova que só tem interesse no amor de  Beverly, e que o tempo que tiverem juntos fará de tudo por ela.
Mantenham a mente aberta, pois o livro dá uma virada e um salto de 100 anos. Isso mesmo, um século se passa e Peter é encontrado sem memória e sem saber o que lhe aconteceu. Encontros e desencontros que o destino cria fazem parte deste livro. Acho que não posso falar muito mais do que isso se tirar a surpresa da leitura, principalmente para quem ainda não viu o filme.
Eu achei o enredo bem lento, muitas vezes chato, o que dificultou e muito minha leitura. Várias vezes voltava ao início da folha para entender melhor o que acabara de ler. É um enredo que mistura fantasia, fé e amor. Não foi mal escrito, mas eu e o livro não nos entendemos muito bem, e por isso, minha dificuldade com a leitura. Mas para quem estiver interessado em uma leitura cheia de aventura, amor, fábulas e magia, será um prato bem cheio.
Aproveito e deixo com vocês o Book Trailer:

 
a Rafflecopter giveaway

#Resenha: Um Conto do Destino

 
Oi amigos, recebi este livro de cortesia da Editora Novo Conceito, e assim que chegou comecei a ler, pois estava muito curiosa com ele. O filme estava para estrear, e o enredo parecia muito interessante. Agora conheçam um pouco mais do enredo.
 Um Conto do Destino - Mark Helprin
720 páginas - Editora Novo Conceito
Nossa estória começa quando um casal de imigrantes é impedido de desembarcar em Nova Yorque, pois estão doentes. Desesperados com o filho que os acompanha, eles acabam colocando a criança em uma pequena embarcação que  é avistada pelos Caçadores de Ostras. A criança acaba recebendo o nome de Peter Lake.
Peter cresce e se torna um ótimo mecânico e ladrão. Ele acaba sendo incriminado por um crime que não cometeu, e passa a viver fugindo. Para sobreviver, entra em uma gangue, a dos Rabos Curtos. Mas Peter não é tão cruel assim, e seu estômago não suporta o que os Rabos Curtos fazem, com isso, ele acaba traindo a gangue. Resultado: sua cabeça está a prêmio.
Em uma das várias escapadas da morte, ele acaba sendo salvo por um lindo cavalo branco voador. Isso mesmo! Aliás, Peter e o cavalo tornam-se grandes e inseparáveis amigos. Graças ao cavalo, os Rabos Curtos não consegue, por a mão em Peter, apesar das várias tentativas.

Quando Peter e o cavalo se preparam para assaltar a casa de uma abastada família, Peter acaba tendo seu coração roubado por Beverly, a rica garota que mora na casa e que está à beira da morte por conta de um tuberculose.

Os dois se apaixonam e passam a viver cada momento como se fosse o último. Lógico que o amor entre eles é questionado pela família dela, e Peter, mesmo assumindo ser um ladrão, comprova que só tem interesse no amor de  Beverly, e que o tempo que tiverem juntos fará de tudo por ela.
Mantenham a mente aberta, pois o livro dá uma virada e um salto de 100 anos. Isso mesmo, um século se passa e Peter é encontrado sem memória e sem saber o que lhe aconteceu. Encontros e desencontros que o destino cria fazem parte deste livro. Acho que não posso falar muito mais do que isso se tirar a surpresa da leitura, principalmente para quem ainda não viu o filme.
Eu achei o enredo bem lento, muitas vezes chato, o que dificultou e muito minha leitura. Várias vezes voltava ao início da folha para entender melhor o que acabara de ler. É um enredo que mistura fantasia, fé e amor. Não foi mal escrito, mas eu e o livro não nos entendemos muito bem, e por isso, minha dificuldade com a leitura. Mas para quem estiver interessado em uma leitura cheia de aventura, amor, fábulas e magia, será um prato bem cheio.
Aproveito e deixo com vocês o Book Trailer:

 
a Rafflecopter giveaway

Editoras Parceiras