#Resenha Um Herói para Ela

Oi amigos, eis que escolhi mais um livro para o meu Desafio Literário 2014. Desta vez é um nacional da Lu Piras que há tempos estava esperando a vez. Espero que gostem tanto quanto eu.
Um Herói para Ela - Lu Piras
336 páginas - Editora Novas Páginas
Como eu disse, este livro da Lu já estava separado para o meu DL2014. Na quinta passada, eu não estava com o meu humor lá muito bom. Feriado aqui em São Paulo, e sem ter o que fazer e com o corpo todo dolorido, resolvi pegá-lo e começar a leitura, pois era de uma leitura leve que eu estava precisando. E deu certo! Bianca e Salvatore ficaram comigo ao longo do dia e parte da madrugada, colorindo um dia que estava meio "deprê".
Bianca é uma jovem carioca, estagiária de direito em um escritório de leilão. Mas seu sonho mesmo era ser roteirista de cinema. 
Filha única, Bianca é romântica, acredita em contos de fadas, príncipes encantado e finais felizes. Ela não está em uma boa fase. Trabalha no que não gosta e está sem perspectivas...
Prova disso é o desfile de "namorados sapos" que deixam sua mãe de cabelos em pé.
 Helena é sábia, e sabe que sua filha está precisando urgentemente de uma ajuda. Ela precisa de um tratamento de choque, por isso, Helena rapidamente entra em ação e conta com a ajuda, não muito cooperativa, de seu marido, Ronaldo.
Os dois acabam concordando em escrever Bianca em um curso de roteirista na famosa Ney York Film Academy. Sem muita confiança, Bia acaba aceitando o desafio, que para delírios de todos, acaba se tornando realidade dias depois.
Agora de malas prontas para passar uma temporada estudando aquilo que gosta na Big Apple, Bia leva na bagagem a chance de finalmente dar um passo inicial na realização de seus sonhos... além, claro, das inúmeras recomendações de seus pais... e da oportunidade, quem sabe, de encontrar seu príncipe encantado...
Foco, o que Bia precisa é de foco, e está decidida a enfiar a cara nos estudos e não se meter em confusão. Coisa difícil para esta carioca sonhadora, que mais parece ser um imã para problemas.
Ele vai dividir um apartamento no Bronx com duas outras estrangeiras: Natalya, uma russa que trabalha como promoter um uma danceteria local, e Mônica, uma paulista que está tentando uma chance como atriz e bailarina em um dos inúmeros espetáculos da Broadway.
Como em Nova York nem tudo são flores, mal chegou e Bia já se mete em uma grande encrenca. Mas um herói misterioso estava atento e a salva. Paralelo a isso, ela conhece Paul, que tem todos os indícios de ser um príncipe encantado e que está dando em cima dela nas aulas no NYFA.
Bia não está dando créditos para sua boa fase, e sabe que o fato de estar dividia entre o misterioso cantor da banda The Masquerades, o charmoso garçom Salvatore e o pseudo príncipe encantado Paul, só deixam claros o quanto confusa ela está em relação a si mesma.
  Bia precisa se concentrar, pois para conseguir seu sonhado diploma no NYFA, precisa terminar um roteiro para ser entregue no final do curso. Atrapalhada pelos próprios sentimentos, Bia precisa decidir a vida de sua personagem, ou seria dela mesma? Ela precisa encontrar o herói para sua tão procurada estória.
Sua personagem é mais corajosa que ela, e está decidida a tirar a limpo a possível verdade entre o mascarado e o garçom. Bia precisa decidir se sua estória terá o tradicional príncipe encantado, que na verdade pode vim a ser um sapo, ou se terá um sapo com indícios de príncipe...
Entre a aparente perfeição de Paul e os lindos olhos verdes enigmáticos de Salvatore, Bia descobre que a linha da vida que divide o certo e o errado pode ser muitas vezes tênue. Que o caminho para a felicidade não é nada fácil, e que o tão procurado final feliz pode ser apenas um sonho distante...
Este conto de fadas moderno me pegou de jeito. Me fez rir e sofrer. Me deixou brava e feliz. Me fez terminar o livro com saudades dos personagens...
Não é um livro feito para mudar o mundo, mas é um livro feito para você pensar na vida. Na vida cheia de obstáculos, que devemos enfrentar para sermos ser felizes. Na vida única vida que temos e que não devemos deixá-la passar.
Bianca é sonhadora, boa, carinhosa e até um pouco imatura. Paul é lindo, rico, influente e tem a chave para mudar o futuro de Bia. Salvatore é misterioso, tem um passado que põe em risco o futuro de ambos. É um verdadeiro sapo, mas seus intensos olhos verdes deixam Bia sem chão...
Neste triângulo amoroso que involuntariamente se formou, Bia tem que decidir se persegue, luta e acredita no seu sonho e em si mesma, ou se segue com sua vida de donzela...
Só para terminar, olhem só que fofura o início dos capítulos do livros:
Esta resenha faz parte do meu Desafio Literário de 2014. Para conhecerem as outras resenhas do desafio, cliquem na imagem abaixo:
http://fabricadosconvites.blogspot.com.br/2014/01/desafio-literario-2014.html

 

a Rafflecopter giveaway

10 comentários:

  1. to doida pra ler este livro! animadissima! a história tem todos os elementos que eu amo
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu fosse fazer um chute, seria que você iria gostar do livro, assim como eu.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  2. Li alguns comentários desanimadores dessa trama... bj.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também li Gladys, mas o que posso fazer se gostei? Acredite, ele caiu direitinho pra mim. Gostei dos personagens e da forma como a Lu contou a estória.
      Bjs, Rose

      Excluir
  3. Rose, creio que algo leve é muito bom e fico feliz pelo livro ter feito seu dia mais agradável, parece uma história adorável. Amo essa capa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E fez mesmo, pelo menos para mim.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  4. Rose, eu já vi esse livro desde a época do lançamento, mas nunca tinha lido nenhuma resenha. Nem sabia do que se tratava, na verdade.
    Fiquei admirada com a diagramação. Incrível como a Novo Conceito capricha em tudo.
    É muito bom quando a gente pega um livro para nos distrair. Às vezes precisamos disso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, isso as vezes é o que importa mesmo.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  5. Realmente, eu fui a única que não gostou muito desse livro. kkkkkk
    Achei a proposta dele fantasiosa demais para um enredo que propunha algo mais realista, não consegui gostar depois do meio para o fim, infelizmente.

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena Denise, mas isso acontece, um livro não vai agradar a todos mesmo.
      Bjs, Rose.

      Excluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.