#Resenha Príncipe Corvo #1

Oi amigos, hoje começo a falar de uma trilogia que há muito tempo queria ler. Espero que gostem.
Príncipe Corvo -  #1 Trilogia dos Príncipes - Elizabeth Hoyt
350 páginas - Editora Record
Anna Wren casou-se com muitos sonhos, que foram destruídos aos longo dos 4 anos de casamento. Hoje, viúva, ela ainda tinha que lidar com o fato do safado não ter deixado muita coisa para sua sobrevivência.
Ao mesmo tempo, Edward, o conde de Swartingham procurava por um secretário. Agora que estava de volta para a Abadia de Ravenhil, ele estava decidido a tornar a mansão novamente um lar. Depois de seu fracassado casamento, sua única preocupação era achar uma noiva adequada e que não tivesse nojo ou medo de suas cicatrizes. Neste processo, dominar seu gênio seria bem vindo também.
Um gênio que parecia não afetar Anna, pois ela fazia questão de confrontá-lo sempre que necessário. Por conta disso e de fazer muito bem seu trabalho, além de conversar sobre vários assuntos com Edward, Anna foi conquistando seu espaço de secretária. Além de um espaço no coração do conde. Um espaço que ele não estava feliz em deixar crescer ou dar atenção, visto que já tinha sido muito humilhado em um passado não muito distante. Fora que Anna não era a esposa que ele precisava, pois além da diferença de classes, ela não podia ter filhos, um fato fundamental para ele poder dar sequência ao título.
Mas o coração não segue o que a mente deseja, e tanto Edward quanto Anna estão se enrolando ainda mais com seus sentimentos.
E quando Anna decide jogar todo o bom senso para o alto, ela pode está jogando junto o seu nome. Acontece que ela já está cansada de fazer o que todos esperam dela, e agora ela quer apenas, pelo menos uma vez, fazer o que realmente deseja.
Será que estes dois conseguirão vencer as diferenças sociais e as convenções da época para ficarem juntos?
Um enredo delicioso, que me apaixonei logo no início. Edward tem um gênio do cão, que encobre um coração de ouro. Confesso que em muitas cenas ele me lembrou do Dr. House, fora que eu ria muito com os xingamentos dele. Anna é toda correta, e foi bom vê-la descobrir que podia muito mais do que se permitia. E o que falar do Jock, o cão que "adotou" Edward? Este vira-latas roubou a cena. Enfim, um enredo que vai conquistar muitos corações.

Gostou? Então clique abaixo e aproveite!

#Resenha Príncipe Corvo #1

Oi amigos, hoje começo a falar de uma trilogia que há muito tempo queria ler. Espero que gostem.
Príncipe Corvo -  #1 Trilogia dos Príncipes - Elizabeth Hoyt
350 páginas - Editora Record
Anna Wren casou-se com muitos sonhos, que foram destruídos aos longo dos 4 anos de casamento. Hoje, viúva, ela ainda tinha que lidar com o fato do safado não ter deixado muita coisa para sua sobrevivência.
Ao mesmo tempo, Edward, o conde de Swartingham procurava por um secretário. Agora que estava de volta para a Abadia de Ravenhil, ele estava decidido a tornar a mansão novamente um lar. Depois de seu fracassado casamento, sua única preocupação era achar uma noiva adequada e que não tivesse nojo ou medo de suas cicatrizes. Neste processo, dominar seu gênio seria bem vindo também.
Um gênio que parecia não afetar Anna, pois ela fazia questão de confrontá-lo sempre que necessário. Por conta disso e de fazer muito bem seu trabalho, além de conversar sobre vários assuntos com Edward, Anna foi conquistando seu espaço de secretária. Além de um espaço no coração do conde. Um espaço que ele não estava feliz em deixar crescer ou dar atenção, visto que já tinha sido muito humilhado em um passado não muito distante. Fora que Anna não era a esposa que ele precisava, pois além da diferença de classes, ela não podia ter filhos, um fato fundamental para ele poder dar sequência ao título.
Mas o coração não segue o que a mente deseja, e tanto Edward quanto Anna estão se enrolando ainda mais com seus sentimentos.
E quando Anna decide jogar todo o bom senso para o alto, ela pode está jogando junto o seu nome. Acontece que ela já está cansada de fazer o que todos esperam dela, e agora ela quer apenas, pelo menos uma vez, fazer o que realmente deseja.
Será que estes dois conseguirão vencer as diferenças sociais e as convenções da época para ficarem juntos?
Um enredo delicioso, que me apaixonei logo no início. Edward tem um gênio do cão, que encobre um coração de ouro. Confesso que em muitas cenas ele me lembrou do Dr. House, fora que eu ria muito com os xingamentos dele. Anna é toda correta, e foi bom vê-la descobrir que podia muito mais do que se permitia. E o que falar do Jock, o cão que "adotou" Edward? Este vira-latas roubou a cena. Enfim, um enredo que vai conquistar muitos corações.

Gostou? Então clique abaixo e aproveite!

Editoras Parceiras