#Resenha Clash: Quando Corações Se Partem #2/3

Oi amigos, vamos para minha primeira resenha do ano! Justamente a continuação de um romance que foi um dos melhores que li em 2018! Vamos lá?
Não há spoiller do livro anterior
Clash: Quando Corações Se Partem - #2 Crash - Nicole Williams
192 páginas - Editora Essência
Jude e Luce estão juntos e felizes, mas também continuam brigando e muito. Com a faculdade, ambos tem apenas os fins de semana para se verem, e tentam aproveitar ao máximo, mas isso nem sempre é possível.
Luce continua com suas aulas de balé e os treinos para suas apresentações. Jude é a estrela do time de futebol da faculdade, o quarterback que destrói as defesas adversárias e arrasa os corações femininos. 
Mesmo estando muito orgulhosa do sucesso que Jude vem fazendo no time, o fato das meninas se jogarem em volta dele a incomoda e muito. Não que Jude lhe dê algum motivo para desconfiança, mas a insegurança em relação a si mesma é uma cruel e inseparável companheira.
E isso piora muito quando ela conhece Adriana, a líder de torcida responsável pelo bem estar do líder do time, que adivinhem só, é justamente Jude.
Adriana deixa claro para Luce que não está para brincadeira e vai usar de todas suas armas para ficar com Jude. Mesmo com ele afirmando que pouco importa as atitudes de Adriana, que para ele Luce é a única garota que realmente importa, ela fica com esta situação engasgada.
Infelizmente apesar de todo o amor que sentem um pelo outro, os gênios explosivos de ambos não ajuda muito. E a insegurança de Luce acaba ajudando para que muitas brigas ocorram.
Existe uma hora na vida que é preciso parar e respirar, e esta hora chegou para Luce. Ela está cansada de tantas emoções, e começa a pensar se tudo isso vale a pena.  Se o amor deles é o suficiente para seguirem em frente.
Com tantos fatores contra este namoro e poucos motivos para seguirem juntos, eles estão a um passo de se perderem.
Eu me apaixonei pelo primeiro livro e pelos personagens, mas neste volume Luce me irritou e muito. Não falo nem pelo ciúmes, eu mesma, no lugar dela, teria pego a tal da Adriana e arrastado a cara da fulana no asfalto, só para mostrar quem realmente manda. O próprio Jude é ciumento e deixa isso claro, mas o problemas mesmo de Luce é a sua insegurança. E é a insegurança dela que causa as maiores desavenças do casal, colocando o amor deles em xeque.
Em muitos momentos eu queria dar uns sacodes nela, para ver se a guria acordava. Tadinho do Jude, foi ele quem mais sofreu com toda esta insegurança dela. Mas, independente disso, o livro é bem fluído, pois a escrita da autora é envolvente e gostosa. Agora estou esperando pela conclusão desta trilogia, e continuo recomendando a leitura dos livros.
Perdeu a resenha do primeiro livro? Clique abaixo e Leia!
Se interessou pelo livro? Aproveite e compre o seu exemplar clicando abaixo:

#Resenha Clash: Quando Corações Se Partem #2/3

Oi amigos, vamos para minha primeira resenha do ano! Justamente a continuação de um romance que foi um dos melhores que li em 2018! Vamos lá?
Não há spoiller do livro anterior
Clash: Quando Corações Se Partem - #2 Crash - Nicole Williams
192 páginas - Editora Essência
Jude e Luce estão juntos e felizes, mas também continuam brigando e muito. Com a faculdade, ambos tem apenas os fins de semana para se verem, e tentam aproveitar ao máximo, mas isso nem sempre é possível.
Luce continua com suas aulas de balé e os treinos para suas apresentações. Jude é a estrela do time de futebol da faculdade, o quarterback que destrói as defesas adversárias e arrasa os corações femininos. 
Mesmo estando muito orgulhosa do sucesso que Jude vem fazendo no time, o fato das meninas se jogarem em volta dele a incomoda e muito. Não que Jude lhe dê algum motivo para desconfiança, mas a insegurança em relação a si mesma é uma cruel e inseparável companheira.
E isso piora muito quando ela conhece Adriana, a líder de torcida responsável pelo bem estar do líder do time, que adivinhem só, é justamente Jude.
Adriana deixa claro para Luce que não está para brincadeira e vai usar de todas suas armas para ficar com Jude. Mesmo com ele afirmando que pouco importa as atitudes de Adriana, que para ele Luce é a única garota que realmente importa, ela fica com esta situação engasgada.
Infelizmente apesar de todo o amor que sentem um pelo outro, os gênios explosivos de ambos não ajuda muito. E a insegurança de Luce acaba ajudando para que muitas brigas ocorram.
Existe uma hora na vida que é preciso parar e respirar, e esta hora chegou para Luce. Ela está cansada de tantas emoções, e começa a pensar se tudo isso vale a pena.  Se o amor deles é o suficiente para seguirem em frente.
Com tantos fatores contra este namoro e poucos motivos para seguirem juntos, eles estão a um passo de se perderem.
Eu me apaixonei pelo primeiro livro e pelos personagens, mas neste volume Luce me irritou e muito. Não falo nem pelo ciúmes, eu mesma, no lugar dela, teria pego a tal da Adriana e arrastado a cara da fulana no asfalto, só para mostrar quem realmente manda. O próprio Jude é ciumento e deixa isso claro, mas o problemas mesmo de Luce é a sua insegurança. E é a insegurança dela que causa as maiores desavenças do casal, colocando o amor deles em xeque.
Em muitos momentos eu queria dar uns sacodes nela, para ver se a guria acordava. Tadinho do Jude, foi ele quem mais sofreu com toda esta insegurança dela. Mas, independente disso, o livro é bem fluído, pois a escrita da autora é envolvente e gostosa. Agora estou esperando pela conclusão desta trilogia, e continuo recomendando a leitura dos livros.
Perdeu a resenha do primeiro livro? Clique abaixo e Leia!
Se interessou pelo livro? Aproveite e compre o seu exemplar clicando abaixo:

Editoras Parceiras