#Resenha Cilada

Oi amigos, hoje trago para vocês um livro do Harlan Coben. Para aqueles que gostam de um bom enredo policial, não podem deixar de ler.
Cilada - Harlan Coben
272 páginas - Editora Arqueiro
Dan Mercer é assistente social e vê sua vida ser destruída quando é acusado em rede nacional pela repórter Wendy Tynes de ser pedófilo.
Mesmo sendo absolvido pela justiça, nem ele, nem sua vida foram mais a mesma, até que tudo termina com o seu assassinato.
Na outra ponta, temos o desaparecimento misterioso de Haley McWaid. Uma jovem de 17 anos que nunca deu problemas para os pais e se destacava na escola e no esporte.
Conforme as investigações vão avançando nos dois casos, começam a surgir fatos que dão uma luz totalmente inesperada a eles. Fatos estes que fazem Wendy desconfiar de suas próprias convicções.
Disposta a descobrir a verdade por trás das histórias de Dan e Haley, ela começa suas próprias investigações, o que a leva a uma jornada sem volta dentro de uma rede de intrigas e mistério.
Em um enredo intrigante, vemos como vidas normais são frágeis e passíveis de serem contadas conforme o narrador. E que na era da tecnologia e globalização, vidas são destruídas em um piscar de olhos, e o abuso e invasão de privacidade são algo corriqueiro a que todos estão submetidos.
Um quebra-cabeça bem feito que deixa o leitor em suspense sem saber quem é o vilão ou quem é o mocinho. Mais um ótimo livro de Harlan Coben.

Este livro foi debatido no Clube de Leitura de setembro.

#Resenha Cilada

Oi amigos, hoje trago para vocês um livro do Harlan Coben. Para aqueles que gostam de um bom enredo policial, não podem deixar de ler.
Cilada - Harlan Coben
272 páginas - Editora Arqueiro
Dan Mercer é assistente social e vê sua vida ser destruída quando é acusado em rede nacional pela repórter Wendy Tynes de ser pedófilo.
Mesmo sendo absolvido pela justiça, nem ele, nem sua vida foram mais a mesma, até que tudo termina com o seu assassinato.
Na outra ponta, temos o desaparecimento misterioso de Haley McWaid. Uma jovem de 17 anos que nunca deu problemas para os pais e se destacava na escola e no esporte.
Conforme as investigações vão avançando nos dois casos, começam a surgir fatos que dão uma luz totalmente inesperada a eles. Fatos estes que fazem Wendy desconfiar de suas próprias convicções.
Disposta a descobrir a verdade por trás das histórias de Dan e Haley, ela começa suas próprias investigações, o que a leva a uma jornada sem volta dentro de uma rede de intrigas e mistério.
Em um enredo intrigante, vemos como vidas normais são frágeis e passíveis de serem contadas conforme o narrador. E que na era da tecnologia e globalização, vidas são destruídas em um piscar de olhos, e o abuso e invasão de privacidade são algo corriqueiro a que todos estão submetidos.
Um quebra-cabeça bem feito que deixa o leitor em suspense sem saber quem é o vilão ou quem é o mocinho. Mais um ótimo livro de Harlan Coben.

Este livro foi debatido no Clube de Leitura de setembro.

Editoras Parceiras