#Resenha Big Rock #1

Oi amigos, hoje tenho a resenha de um livro que há tempos eu queria ler e que me apaixonei completamente. Espero que gostem!
Big Rock - #1 Big Rock - Lauren Blakely
224 páginas - Faro Editorial
Spencer Holiday tem tudo o que as mulheres gostam e é tudo o que os homens gostariam de ser. Alto, lindo, inteligente, rico e bem dotado. Um mulherengo nato, que não se faz de santo e deixa claro suas intenções.
Mas Spencer não é apenas um corpinho bonito. Apesar de vim de uma família rica e bem estruturada, ele ganhou seu próprio dinheiro. Agora é sócio de sua melhor amiga Charlotte. Os dois abriram badalado bar The Luck Spot em Nova York.
Ambos mantém uma sólida e sincera amizade. Entre eles não há segredos ou segundas intenções. Eles se conhecem muito bem.
Por isso, Spencer não pensou em outra pessoa para fingir ser sua noiva, quando percebeu que o comprador da joalheria de seu pai não simpatizava com seu lado libertino. Querendo passar uma fachada de bom moço para ajudar o pai neste negócio, ele acaba dizendo que estava noivo de Charlotte, para espanto de todos, principalmente da própria "noiva".
Quando soube do ocorrido, ela até tentou dizer não, mas a ideia maluca acabaria ajudando não só Spencer, como e a ela própria, que precisava se livrar do ex-namorado safado.
Mas antes de tudo, era preciso colocar algumas coisas na mesa, e para não comprometerem a amizade, algumas regras foram estabelecidas. Regras estas, que durante a semana em que estariam "noivos", foram sendo quebradas uma a uma.
Spencer que sempre notou e apreciou a beleza e inteligência de Charlotte estava tendo dificuldades em vê-la apenas como uma amiga. Charlotte, pelo contrário, parecia está lidando melhor com a situação, inclusive querendo tirar o melhor proveito dela.
Se a amizade deles já era forte e estreita, agora ganhou um novo patamar. Uma situação completamente nova e desconfortável para Spencer, que pela primeira vez na vida viu seu coração se curvar para uma mulher. Uma mulher que há tempos já ocupava um lugar especial em sua vida. 
Agora ele teria que arrumar a bagunça que ele mesmo criou, tanto nos negócios do pai, como em relação a Charlotte. Pois ele não saberia viver sem sua melhor amiga, sem a mulher de sua vida.
Um enredo delicioso, com diálogos inteligente, engraçados e sarcásticos. Tanto Charlotte como Spencer passam para o leitor o quanto se gostam e se respeitam. O quanto prezam pela amizade que tem. O pai e a irmã de Spencer, que participam também da história, são adoráveis. Amei cada participação que tiveram.
Você pode, a princípio achar que Spencer é um cretino exibido, mas não se engane, ele é adorável e apaixonante. Além de super engraçado. Impossível você não rir das tiradas que ele faz dele mesmo e das situações que passa ao longo da história.
Também não se engane achando que o livro é recheado de cenas eróticas. Claro que elas existem, mas não são o destaque da trama, elas são o complemento do bolo. Leia e se delicie.

#Resenha Big Rock #1

Oi amigos, hoje tenho a resenha de um livro que há tempos eu queria ler e que me apaixonei completamente. Espero que gostem!
Big Rock - #1 Big Rock - Lauren Blakely
224 páginas - Faro Editorial
Spencer Holiday tem tudo o que as mulheres gostam e é tudo o que os homens gostariam de ser. Alto, lindo, inteligente, rico e bem dotado. Um mulherengo nato, que não se faz de santo e deixa claro suas intenções.
Mas Spencer não é apenas um corpinho bonito. Apesar de vim de uma família rica e bem estruturada, ele ganhou seu próprio dinheiro. Agora é sócio de sua melhor amiga Charlotte. Os dois abriram badalado bar The Luck Spot em Nova York.
Ambos mantém uma sólida e sincera amizade. Entre eles não há segredos ou segundas intenções. Eles se conhecem muito bem.
Por isso, Spencer não pensou em outra pessoa para fingir ser sua noiva, quando percebeu que o comprador da joalheria de seu pai não simpatizava com seu lado libertino. Querendo passar uma fachada de bom moço para ajudar o pai neste negócio, ele acaba dizendo que estava noivo de Charlotte, para espanto de todos, principalmente da própria "noiva".
Quando soube do ocorrido, ela até tentou dizer não, mas a ideia maluca acabaria ajudando não só Spencer, como e a ela própria, que precisava se livrar do ex-namorado safado.
Mas antes de tudo, era preciso colocar algumas coisas na mesa, e para não comprometerem a amizade, algumas regras foram estabelecidas. Regras estas, que durante a semana em que estariam "noivos", foram sendo quebradas uma a uma.
Spencer que sempre notou e apreciou a beleza e inteligência de Charlotte estava tendo dificuldades em vê-la apenas como uma amiga. Charlotte, pelo contrário, parecia está lidando melhor com a situação, inclusive querendo tirar o melhor proveito dela.
Se a amizade deles já era forte e estreita, agora ganhou um novo patamar. Uma situação completamente nova e desconfortável para Spencer, que pela primeira vez na vida viu seu coração se curvar para uma mulher. Uma mulher que há tempos já ocupava um lugar especial em sua vida. 
Agora ele teria que arrumar a bagunça que ele mesmo criou, tanto nos negócios do pai, como em relação a Charlotte. Pois ele não saberia viver sem sua melhor amiga, sem a mulher de sua vida.
Um enredo delicioso, com diálogos inteligente, engraçados e sarcásticos. Tanto Charlotte como Spencer passam para o leitor o quanto se gostam e se respeitam. O quanto prezam pela amizade que tem. O pai e a irmã de Spencer, que participam também da história, são adoráveis. Amei cada participação que tiveram.
Você pode, a princípio achar que Spencer é um cretino exibido, mas não se engane, ele é adorável e apaixonante. Além de super engraçado. Impossível você não rir das tiradas que ele faz dele mesmo e das situações que passa ao longo da história.
Também não se engane achando que o livro é recheado de cenas eróticas. Claro que elas existem, mas não são o destaque da trama, elas são o complemento do bolo. Leia e se delicie.

Editoras Parceiras