#Resenha: Zon - O Rei do Nada

Oi amigos, hoje tenho a resenha de um livro que acabei incluindo no meu Desafio Literário 2014. Espero que gostem.
Zon - O Rei do Nada - Andrei Simões e Lupe Vasconcelos
240 páginas - Editora Empíreo
Até se olhar no espelho, Zon achava que existia, mas ele não passava de um reflexo daquele que o criou, ou seja, daquele que escreve e lê.

Ele ficou aturdido, perdido em si mesmo, resolveu então se encontrar. Assim, decidiu pular de mente em mente para se conhecer, dar um sentido a própria existência. Passou a ser um parasita.
De mente em mente ele conheceu tudo. A paz e a guerra, o amor e o ódio, a morte e a vida, Deus e o demônio...
Ele conseguiu ser tudo, e ao mesmo tempo, não é nada.
Zon é uma leitura extremamente complexa, onde o autor conversa com seu leitor e é questionado por Zon. Zon também conversa com que lê, ou seja, ele conversou comigo e com certeza vai conversar com você durante a sua leitura.
"De como saiu da mente de um jovem, de como se tornou múltiplo, a cada leitor que o absorve." (pág. 87)
O livro é permeado por ilustrações de Lupe Vasconcelos, e acaba enriquecendo a leitura. As imagens simbolizam a cena de determinados capítulos. Os capítulos na verdade são em forma de contos. Os contos são curtos, o que na minha opinião deixou a leitura mais estimulante, visto que vai direto ao ponto.
Não dá para falar muita coisa, pois para explicar melhor acho que daria spoiller, e sei que muitos não gostam. Acho que não li Zon em um momento propício, talvez se tivesse lido um outro dia, teria gostado mais. Não posso dizer que é uma leitura ruim, mas estejam preparados para o não convencional. Zon vai te surpreender e vai te fazer pensar e questionar junto com ele.
Zon vive por conta daquele que o lê, por isso, não deixe Zon morrer e o leiam.


a Rafflecopter giveaway
 

0 comentários:

Postar um comentário

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.