#Resenha Ligeiramente Casados

Oi amigos, hoje venho falar para vocês do primeiro volume da série "Os Bedwyn", romances históricos lançados recentemente pela Editora Arqueiro. Para você, que como eu é fã deste gênero, acredite, vale a pena conferir...

 Ligeiramente Casados - vol.01 série Os Bedwyn - Mary Balogh
288 páginas - Editora Arqueiro

Quando soube do lançamento desta série, fiquei muito empolgada, pois como eu disse, sou fã deste gênero, e a série estava prometendo...
O livro mal chegou e lá estava eu pronta para começar a leitura, que durou praticamente um dia!
O livro conta a história de Lorde Aidan Bedwyn, um Coronel do exército inglês, segundo na linha de herdeiros do Duque de Bewcastle.
Aidan, que sempre sonhou em cuidar das terras da família, acabou indo parar no exército, pois era costume da época, que os filhos logo depois do mais velho tivessem carreira militar.
Por conta disso, Aidan estava em mais um de milhares de combate que já enfrentou.  Estamos na França de 1814, mas precisamente em Toulouse, onde o Coronel Aidan, estava contando seus mortos em mais uma batalha contra os franceses.
Foi quando ele encontrou o Capitão Percival Morris, gravemente ferido e já praticamente morto. Morris que há dois anos havia salvado a vida de Aidan tinha um pedido a fazer ao Coronel antes de morrer: que o Coronel desse a notícia de sua morte pessoalmente à sua irmã, que dissesse para que ela não usasse mais luto por ele e o mais importante, que a protegesse, custasse o que custasse..."
Aidan não pensou duas vezes, e sabendo da dívida de vida que tinha com Morris aceitou esta tarefa.

"Prometa que irá protegê-la. Prometa! Custe o que custar!
Maldição! Haveria mais naquela história do que ele sabia?" (pág. 28) 

Meses depois, agora com o fim da guerra após a rendição de Bonaparte, Aidan tem dois meses de folga antes de se apresentar novamente ao exército. Neste período, além de descansar, ele aproveitaria para cumprir com a promessa feita a Morris.
Já no Solar Ringwood, propriedade da família de Morris, ele conhece Eve, a irmã do Capitão. Ciente de sua promessa, ele tenta cumprir da melhor forma possível, mas Eve garante que não precisa de nenhum ajuda e proteção. Aidan percebe que a propriedade é próspera e bem administrada, e que apesar do choque, Eve parece estar bem.
Mas, ele descobre que Eve corre sim muito perigo, e que está prestes a perder tudo por conta de um capricho de seu falecido pai. Sem ver outra saída e para manter sua promessa, ele propõe o que seria a única chance de Eve manter o que por direito é seu: casamento!

"Os dois estava casados, até que a morte os separasse." (pág. 67)

Eve que ao longo dos anos não aceitou nenhuma das inúmeras proposta que lhe foram feitas, está na encruzilhada. Ao mesmo tempo que está à espera da volta de um amor prometido que se manteve escondido todo este tempo, não pode se dar ao luxo de esperar indefinidamente pela sua chegada, pois isso não lhe custaria apenas a perda de sua fortuna, mas também ela veria todos aqueles que ama e que dependem dela sem ter onde morar e viver.
Eve que é uma pessoa muito boa, e que pensa primeiro nos outros, está sem muitas opções. Por conta disso, ela acaba aceitando a proposta de casamento de Aidan. Ambos fazem um casamento de conveniência, onde após a cerimônia, seguiriam suas vidas em separado. Ele com sua carreira militar, ela com suas terras e seus "inválidos", como Aidan chama as pessoas que Eve protege.
Na teoria tudo é perfeito, mas na prática eis que surgem os poréns...

"Como agora lhe parecia tola a lembrança de sua decisão de se casar com Eve, levá-la para Londres para a cerimônia, trazê-la de volta para casa e deixá-la para sempre. Como se tudo fosse parte de uma manobra militar bem organizada: rapidamente realizada, rapidamente esquecida." (pág. 237)

O irmão mais velho de Aidan, o Duque de Bewcastle, acaba descobrindo o casamento, e não aceita o acordo feito entre Eve e Aidan. Ele exige que ela seja devidamente apresentada não só à rainha, mas a toda nobreza que a família faz parte. E neste jogo de poder, onde Wulf (Duque de Bewcastle), quer a todo custo honrar o nome da família, Eve e Aidan acabam se envolvendo e começam a perceber que o casamento de conveniência poderia ser uma doce realidade...
Ambos passam a viver emoções e não sabem se estão preparados para as mudanças que a promessa feita por eles impõe.

"Eu me casei com ela porque sou um homem de honra e protejo as mulheres sempre que isso está ao meu alcance." (pág. 82)
 
Um romance com protagonistas de caráter forte e decidido. Aidan é frio, corajoso, honrado e rico. Coloca seus deveres acima de suas vontades. Eve é doce e bondosa, mas se engana quem acha que ela é destas frágeis mocinha. Fugindo dos padrões da época, Eve tem suas próprias terras, tem dois filhos adotivos e luta por todos aqueles que não tiveram oportunidade. Mesmo tendo a educação de uma dama, a sociedade não a encara desta forma.
É justamente esta gritante diferença, não só de personalidades, mas de posições sociais, que fazem Eve e Aidan acreditarem que não podem viverem juntos. Eve tem que enfrentar os olhares maldosos da nobreza. De cabeça erguida ela segue em frente, e faz os Bewcastle e toda a nobreza a engolirem. Mas um duro golpe a joga no chão, e agora é justamente a força da nobreza que ela não dá a mínima que pode salvar o que ela tem de mais precioso.

"Acredito que ambos já percebemos faz tempo - falou - que pertencemos a mundos diferentes." (pág. 137)

Apesar do apoio de Aidan, é o frio e controlador Wulf que pode dar a cartada final para que Eve seja realmente feliz.  Mesmo sabendo que um futuro cheio de solidão é o que espera os dois, eles precisaram romper as amarras da vergonha e do medo se quiserem ter alguma chance de sonharem...
Só posso dizer uma coisa, leiam e se encantem com estes personagens...


Livro cedido em cortesia pela editora.
a Rafflecopter giveaway

16 comentários:

  1. Sabe aqueles livros que se apaixona a primeira vista? pois é o que ocorreu nesse! Essa série logo no primeiro livro me conquistou por causa dessa distancia de classes entre os dois, todos os problemas que eles passam, e essa honra, esse caráter dos dois, o livro deve sair faísca (no sentido bom). Esse é um livro que está mais do que desejado por mim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cinthia é uma delícia de leitura, você nem sente ou quer largar o livro. Os personagens são ótimos, nem um pouco chatos.
      Bjs, rose.

      Excluir
  2. Eu estou louca, desesperada por esse livro *-* quero muito lê-lo, não vejo a hora, no próximo passeio na livraria eu trago ele p casa.
    Parabéns pela resenha.
    Bjs
    Amanda Nery
    www.leituraentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda, faça isso mesmo, você não vai se arrepender!
      Bjs, Rose.

      Excluir
  3. Eu tenho sentimentos conflitantes toda vez que olho pra esse livro. Minha primeira reação a ele foi de "eu preciso ler". Mas conforme fui conhecendo a história, fiquei com receio de apresentar coisas que eu não curto muito em romances.... Aí fiquei nessa indecisão. Por um lado, tenho vontade muito grande de ler. Mas por outro, sinto que vou passar raiva em alguns momentos (não me pergunte o porquê, nem eu sei explicar, rs...). Não está no topo das minhas prioridades não, mas quem sabe um dia, né?!

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que mude de ideia Su, pois pelo que leio nas resenhas que você faz, acho que vai gostar sim.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  4. estou encantada por este livro desde o lançamento, espero em breve ler

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou torcer para que leia, vai gostar!
      Bjs, Rose.

      Excluir
  5. Eu tô louca por esse livro... Sou apaixonada por ele desde a primeira vez que o vi... Acho muito interessante essa ideia de fazer um casamento por conveniência e nesse meio tempo se tornar mais que isso... Já amei esse irmão mais velho dele por ser a causa pra junção desse casal... Curiosa pra saber como eles vão superar todas essas diferenças...
    Kisses =*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Loly, já te adianto que você não vai amar o duque não...
      Bjs, Rose.

      Excluir
  6. Oi linda, tudo bem?
    Vim agradecer pela visita no meu blog e me deparo com essa promoção maravilhosa!!!!!!!
    É claro que já estou participando!!
    Bj (@AlineCrismel)
    http://sobrelivrosemaisumpouco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline, seja bem vinda e boa sorte!
      Bjs, Rose

      Excluir
  7. Oi Rose!
    Ainda não tinha visto o layout novo do blog, que lindo!!!
    Esse livro já está na minha lista de desejados, amo romances históricos.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sora, que bom que gostou. O livro é uma leitura deliciosa, espero que o leia em breve.
      Bjs, Rose

      Excluir
  8. Olha que já li algumas resenhas dessa obra e TODAS foram positivas viu!
    Bj!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas não tem como não ser, o livro é mesmo muito bom!
      Bjs, Rose

      Excluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.