Desafio 52 Semanas #41

 
  Oi amigos, estou na 41º semana do Desafio 52 Semanas, e para quem não sabe do que estou falando, segue a regra do desafio:


Regra do desafio: Citar 5 respostas a cada uma das 52 perguntas, respondendo a uma pergunta por semana, em forma de Top 5.


Agora vamos a pergunta da semana: 

•  Semana 41: As coisas mais difíceis num relacionamento amoroso são:
Com certeza conciliar a diferença de temperamento entre duas pessoas é sempre complicado, mas fundamental para uma relação dar certo.







A rotina é um problemão que todo o relacionamento tem que enfrentar. Pequenas surpresas, gestos ou passeios inesperados são fundamentais para quem sonha passar a vida ao lado de outra pessoa. Vamos concordar que acordar e dormir ao lado de alguém e dia após dia nada mudar, é massacrante.










É impossível um relacionamento dar certo senão houver confiança. Uma vez perdida, muito difícil seguir em frente.








Não podemos esquecer que antes de qualquer coisa, temos que cultivar o sentimento de amizade. É a amizade que vai fazer o casal sentar, conversar, se respeitar. Hoje em dia parece ser mais fácil na primeira dificuldade pular fora. Talvez até seja, mas isso quer dizer também que o amor não era verdadeiro, não era nem importante ao ponto de tentar...

Perdoar com certeza é um ato muito difícil, principalmente dependendo do que está sendo perdoado. Não só em um relacionamento amoroso, mas em qualquer tipo de relacionamento, se o perdão não for verdadeiro, não adianta.
Nenhum relacionamento é perfeito, erros sempre vão acontecer e estar preparado para isso e a forma como vai ser resolvido é que leva o relacionamento adiante.






*Imagens retiradas da internet
a Rafflecopter giveaway

13 comentários:

  1. Oliveira11/10/14

    Rose, a rotina mata qualquer relacionamento. Ontem estava pensando nisso, devido o livro Entre o Agora e o Nunca. Apesar de não ser o foco do livro mas é um secundário que não dá para não prestar atenção. E hoje entro aqui você coloca essa postagem. Muito legal!

    ResponderExcluir
  2. Gostou do livro? Eu ganhei ele, mas apesar de estar doida para ler ainda não o li. Voltando ao post... realmente a rotina seja em que setor for cansa, imagine então em um relacionamento.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  3. thailaoliveira712/10/14

    tudo isso é bem complicado de lidar, mas o amor verdadeiro vence essas barreiras1
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. drielymeira12/10/14

    Oiee ^^
    Confiança é uma coisa que não pode faltar em relacionamento algum, com certeza. Perdão é uma coisa bem difícil, mas aí depende de cada um, né?!
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Juliana Xavier12/10/14

    oi Rose! Concordo plenamente com as suas respostas, também considero tudo o que você citou coisas essenciais em um relacionamento!

    Beijo!!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  6. Oliveira12/10/14

    Rose, acho que não gosto muito desses romances atuais, e o livro tem uma coisa a mais que detesto, muitos "to" e "ta". Odeio esse vocabulário sabe, me dá agonia quando pego um livro e está assim. Mas, o que a autora tentou passar é bonito, só achei que ela podia ter feito um final melhor sem precisar de outro livro, que ela aumentasse as páginas mas desse um fim no primeiro livro. Mas, gostei mais do livro 2 apesar dele ser cansativo, sou do contra demais Rose.

    ResponderExcluir
  7. Oi Ju, são essenciais e difíceis ao longo dos anos.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  8. De cada um de do que está sendo perdoado não é mesmo?
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  9. Olha Thaila, por mais verdadeiro que seja o amor, acredito que tem coisas que não dá para superar.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  10. Eu sei como é. Não sou muito acostumada com gírias, não que não as use, mas em excesso não dá. Pego no pé dos guris por conta disso, acho que nossa falar corretamente é fundamental. Claro que em um enredo de livro, o uso as vezes é necessário, mas se não for usado corretamente ou em excesso, acaba irritando.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  11. Desbravadores de Livros13/10/14

    Itens complicados a serem seguidos, Rose. Principalmente o último. Muita gente diz que perdoa, mas continua a esfregar na cara os erros e as ações do passado.

    ResponderExcluir
  12. É verdade. Eu já digo logo, que não conseguiria perdoar uma traição. Ficaria com a confiança abalada, e isso seria fatal.
    Bjs Rose.

    ResponderExcluir
  13. Oi Rose,
    Gostei do que apontou e concordo. Mas não sei se sou muito dura, mas confiança está acima de tudo, e não sei se era isso que queria dizer, mas se foi traição, está ai uma coisa que não perdoou em hipótese alguma, perder a confiança e viver pra sempre preocupada não é vida na minha concepção. Bem sei lá, de repente um dia mude de ideia. Mas vai saber....beijos elis - http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.