Leituras de 2012 #17





Oi amigos, hoje venho falar de um livro que minha cunhada emprestou para eu ler. O livro é sobre um fato real acontecido em março de 1996 em uma escalada feito no monte Everest. Para quem não sabe, este é o pico mais alto do mundo. Convido vocês a conhecerem um pouco mais desta história:


Bom, como eu disse para vocês, o livro conta a história de uma que era para ser mais uma entre tantas escaladas ao Everest. Mas esta acabou se transformando em um verdadeira tragédia, onde 12 pessoas ao final da temporada acabaram perdendo suas vidas nesta montanha que é a mais alta do mundo. O livro foi escrito por Jon Krakauler, um homem que desde criança sonhava em subir o Everest. Já adulto tornou-se alpinista, mas nunca chegou a escalar este seu sonho, até receber um convite de uma revista que queria que ele falasse sobre a comercialização da escalada a esta montanha. Depois de idas e vindas, tudo acabou se acertando e Jon partiu junto com outras pessoas rumo ao topo do mundo. Naquela temporada ele pode presenciar como o monte Everest estava sendo encarado por várias pessoas que se dirigiam a ele, e nem todas tinham a verdadeira noção do tamanho do problema que teriam que encarar para realizar seu sonho de subir ao topo do mundo. Jon conta desde o início como começou a expedição e fala também sobre as outras expedições que encontrou no caminho naquela temporada.



Quando peguei o livro e li o título, principalmente o subtítulo: "Um Relato da Tragédia no Everest em 1996", pensei comigo mesma, lá vai eu me debulhar em lágrimas. Mas caros e queridos amigos, não foi isso que aconteceu. Jon contou em detalhes desde seu início como alpinista até o fim daquele triste e trágico mês de março, mas acabou, na minha opinião, carregando o livro de elementos que para mim eram desnecessários. Apesar do relato, não senti nenhuma emoção no livro, na verdade fiquei fria como a própria montanha. Eram tantos nomes, tantos detalhes, tantas expedições que muitas vezes me perdi na leitura e acabava voltando para me "achar" novamente. 
Como uma total leiga no assunto "alpinismo", o que percebi no livro foi que muitas vidas foram perdidas talvez por conta do excesso de confiança. Ainda como leiga, achei que houve muitas e inúmeras falhas individuais e coletivas que poderiam ter sido evitadas. Ainda vi através do relato do Jon como o ser humano consegue ser tão mesquinho quando não é do seu interesse ou quando não está sendo afetado. Mas também pude ler que a humanidade tem sim salvação, através de atitudes de pessoas que não tinha nada com a história e mesmo assim  deixaram de lado seus sonhos e saíram para socorrer e salvar aqueles que estavam necessitados. Vi também, ou melhor, li atos heroicos de pessoas que fizeram um esforço sobre humano para salvar outra pessoa, mesmo que lhe custasse a própria vida.
Em um livro que tinha tudo para ser emocionante, mas que pecou pela falta desta emoção, eu puder ver mais uma vez a natureza provando que é soberana, e que nós humanos apenas pensamos que podemos com ela.
Ah, antes que eu me esqueça, o livro trás algumas fotos que foram tiradas nesta escalada, e logo no início tem a foto da montanha e algumas chamadas mostrando onde algumas pessoas acabaram morrendo ou que se supõe que morreram.
Espero que não tenha tirado a vontade de vocês de ler este livro, afinal, cada um tem um gosto, e o que eu achei em excesso pode servir para explicar melhor para outra pessoa.

Para quem me acompanha nos desafios literário, minha lista está assim: 
    1. A Montanha dos Mackenzie (Linda Howard);
    2. Missão Mackenzie (Linda Howard);
    3. O Prazer de Mackenzie (Linda Howard);
    4. O Encanto da Montanha (Linda Howard);
    5. Jogo do Acaso (Linda Howard);
    6. Poirot Investiga (Agatha Christie);
    7. Reencontro (Leila Kruger); 
    8. Cem Toques Cravados (Edson Rossatto);
    9. O Céu Está em Todo Lugar (Jandy Nelson);
    10. Formaturas Infernais (Meg Cabot, Stephenie Meyer, Michele Jaffe e Lauren Myracie);
    11. Como Treinar o seu Dragão  (Cressida Cowell);
    12. O Segredo de Chimneys  (Agatha Christie);
    13. Dançando no Ar - vol.1 - Trilogia da Magia (Nora Roberts);
    14. Entre o Céu e a Terra - vol.2 - Trilogia da Magia (Nora Roberts);
    15. Enfrentando o Fogo - vol.3 - Trilogia da Magia (Nora Roberts);
    16. Um Mundo Brilhante (T. Greenwood); 
    17. Por Linhas Tortas (Cynthia França); 
    18. O Segredo Mais Sombrio (Gena Showalter);
    19. A Rendição Mais Sombria (Gena Showalter);
    20. Um Homem de Sorte (Nicholas Sparks);
    21. Feitiço do Passado (Jennie Lucas);
    22.  O Doce Sabor da Vingança (Melaine Milburne);
    23. Para Sempre Ana (Sérgio Carmach);
    24. Julieta Imortal (Stacey Jay); 
    25. Asas ( Aprilynne Pike);
    26. Para Sempre (Kim e Krickitt Carpenter);
    27. Corações em Fase Terminal (Fabiane Ribeiro)
    28. Casada com um Aventureiro (Debra Lee Brown);
    29. Presentes da Vida (Emilly Giffin)
    30. Gesto de Ternura (Diana Palmer);
    31. Romance Impossível (Diana Palmer);
    32. Noites de Delírio (Diana Palmer);
    33. Mensageira do Amor (Diana Palmer);
    34. Era Uma vez em Paris (Diana Palmer);
    35. O Testamento (John Grisham);
    36. Onze Minutos (Paulo Coelho);
    37. No Ar Rarefeito (Jon Krakauer);




Aproveitem para participar do Top Comentarista deixando seu comentário


4 comentários:

  1. Gosto bastante de histórias reais,mas realmente quando é muito cheio de detalhes fica bem cansativo,bjs
    Luciane

    ResponderExcluir
  2. Também gosto de histórias reais, mas algumas conseguem se perder.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  3. Oi rose, sabe qu eu li um livro sobre o triangulo das bermudas e apesar de conhecer fatos históricos ele era tão tecnico em alguns pontos que demorei para terminar também.....então sempre procuro ler o 1 capitulo antes de decidir ler o livro.....bjokas elis

    ResponderExcluir
  4. Para leigos como nós ou apenas curiosos, estas explicações técnicas são super cansativas.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.