#Resenha Delírio #2/3

Oi amigos, hoje tenho a sequência de uma trilogia que comecei há alguns dias atrás. Na verdade, acabei esquecendo de postar esta resenha. Espero que gostem!
Delírio - #2 trilogia Breathless - Maya Banks
412 páginas - Quinta Essência
Jace e Ash sempre tiveram uma ligação muito forte. Mesmo sendo muito amigo de Gabe, e confiando plenamente em seu sócio e o tendo como a um irmão, é Ash que mantem uma ligação ainda mais estreita com ele. E isso acaba se refletindo em seus relacionamentos. Ele e Ash estão acostumados a dividirem suas mulheres. 
Isso nunca foi um problema para nenhum dos dois, e nem mesmo para as parceiras em questão, que já sabiam de antemão o que os dois queriam. Até porque, nenhum deles visava um relacionamento mais sério além de algumas noites de prazer.
Mas tudo isso muda quando Jace conhece Bethany. Bethany é uma jovem que já passou poucas e boas na vida. Sem ninguém além de seu irmão postiço, a moça tenta sobreviver através de bicos que vai conseguindo. 
Bethany nunca soube o que é um mar de rosas, e atualmente as coisas pioraram ainda mais. Seu irmão está devendo muito dinheiro, e ela morre de medo que algo mais sério aconteça com ele. Sem falar no fato que ele não consegue se livrar do vício, coisa que ela a duras penas conseguiu. Junte isso o fato dela não ter nem mesmo um lugar para morar, precisando da sorte para conseguir dormir em algum abrigo.
Foi em um destes bicos que ela conheceu Jace e Ash, dois belos homens que estavam inaugurando um hotel. Ela acabou recebendo uma proposta bem inesperada, e sem nada a perder, mas podendo ganhar um local quente para dormir, além de uma boa refeição, ela aceita embarcar na aventura desta dupla. E que noite!!!
Mas antes que a Cinderela virasse abóbora, ela foi embora, deixando Jace desesperado e sem nenhuma informação a seu respeito. Desde então Jace virou a cidade do avesso atrás de Bethany. Isso acabou levantando suspeitas em Ash, que nunca vira o amigo desta forma. E pensando está protegendo o amigo, Ash acaba causando um desentendimento entre eles.
Jace deixou claro que Bethany era a mulher que ele queria a seu lado, e mais, em hipótese nenhuma seria apenas uma conquista que ambos dividiriam.
Era hora de Ash recolher o time de campo e fazer todo o possível para que seu amigo e irmão fosse feliz ao lado de quem ele escolheu. 
Acontece que para isso acontecer, Jace terá que passar por cima de sua própria insegurança, além de fazer Bethany entender que ela está entrando em um buraco que pode não conseguir sair viva se insistir em passar a mão na cabeça de seu irmão postiço.
Bethany está em um momento crucial de sua vida. Tem a chance de finalmente ser feliz ao lado de um homem que a ama de verdade. Mas este amor está ameaçado por conta da presença problemática de seu irmão e dos problemas que ele trás consigo. Ela também precisava resolver o impasse e mal estar que havia entre ela, Jace e Ash. Jace jamais seria feliz se Ash precisasse se afastar da vida dele. Era hora de todos crescerem individualmente para poderem conviver em conjunto. Mas será que isso seria possível? E como virar as costas para uma pessoa que sempre a defendeu e protegeu?
Gostei de Jace e Bethany, apesar de achar que ela foi muito condescendente com as merdas que o irmão fazia. Ela ganhou minha admiração em relação a sua posição com Ash, principalmente por saber da importância dele na vida de Jace. Jace deu uma pisada na bola, motivado pelo ciúmes e insegurança, mas nem deu para ficar com raiva, visto que na mesma hora acabou se redimindo disso.
Um enredo que mostra como as relações e sentimentos são tão importantes na vida de todos, e que não importa os laços sanguíneos, mas sim, o amor verdadeiro que existe entre as pessoas. É este amor que faz uma família, e não apenas o sangue.
Uma série que indico.
Perdeu a resenha do livro anterior? Então clique abaixo e leia!

#Resenha Delírio #2/3

Oi amigos, hoje tenho a sequência de uma trilogia que comecei há alguns dias atrás. Na verdade, acabei esquecendo de postar esta resenha. Espero que gostem!
Delírio - #2 trilogia Breathless - Maya Banks
412 páginas - Quinta Essência
Jace e Ash sempre tiveram uma ligação muito forte. Mesmo sendo muito amigo de Gabe, e confiando plenamente em seu sócio e o tendo como a um irmão, é Ash que mantem uma ligação ainda mais estreita com ele. E isso acaba se refletindo em seus relacionamentos. Ele e Ash estão acostumados a dividirem suas mulheres. 
Isso nunca foi um problema para nenhum dos dois, e nem mesmo para as parceiras em questão, que já sabiam de antemão o que os dois queriam. Até porque, nenhum deles visava um relacionamento mais sério além de algumas noites de prazer.
Mas tudo isso muda quando Jace conhece Bethany. Bethany é uma jovem que já passou poucas e boas na vida. Sem ninguém além de seu irmão postiço, a moça tenta sobreviver através de bicos que vai conseguindo. 
Bethany nunca soube o que é um mar de rosas, e atualmente as coisas pioraram ainda mais. Seu irmão está devendo muito dinheiro, e ela morre de medo que algo mais sério aconteça com ele. Sem falar no fato que ele não consegue se livrar do vício, coisa que ela a duras penas conseguiu. Junte isso o fato dela não ter nem mesmo um lugar para morar, precisando da sorte para conseguir dormir em algum abrigo.
Foi em um destes bicos que ela conheceu Jace e Ash, dois belos homens que estavam inaugurando um hotel. Ela acabou recebendo uma proposta bem inesperada, e sem nada a perder, mas podendo ganhar um local quente para dormir, além de uma boa refeição, ela aceita embarcar na aventura desta dupla. E que noite!!!
Mas antes que a Cinderela virasse abóbora, ela foi embora, deixando Jace desesperado e sem nenhuma informação a seu respeito. Desde então Jace virou a cidade do avesso atrás de Bethany. Isso acabou levantando suspeitas em Ash, que nunca vira o amigo desta forma. E pensando está protegendo o amigo, Ash acaba causando um desentendimento entre eles.
Jace deixou claro que Bethany era a mulher que ele queria a seu lado, e mais, em hipótese nenhuma seria apenas uma conquista que ambos dividiriam.
Era hora de Ash recolher o time de campo e fazer todo o possível para que seu amigo e irmão fosse feliz ao lado de quem ele escolheu. 
Acontece que para isso acontecer, Jace terá que passar por cima de sua própria insegurança, além de fazer Bethany entender que ela está entrando em um buraco que pode não conseguir sair viva se insistir em passar a mão na cabeça de seu irmão postiço.
Bethany está em um momento crucial de sua vida. Tem a chance de finalmente ser feliz ao lado de um homem que a ama de verdade. Mas este amor está ameaçado por conta da presença problemática de seu irmão e dos problemas que ele trás consigo. Ela também precisava resolver o impasse e mal estar que havia entre ela, Jace e Ash. Jace jamais seria feliz se Ash precisasse se afastar da vida dele. Era hora de todos crescerem individualmente para poderem conviver em conjunto. Mas será que isso seria possível? E como virar as costas para uma pessoa que sempre a defendeu e protegeu?
Gostei de Jace e Bethany, apesar de achar que ela foi muito condescendente com as merdas que o irmão fazia. Ela ganhou minha admiração em relação a sua posição com Ash, principalmente por saber da importância dele na vida de Jace. Jace deu uma pisada na bola, motivado pelo ciúmes e insegurança, mas nem deu para ficar com raiva, visto que na mesma hora acabou se redimindo disso.
Um enredo que mostra como as relações e sentimentos são tão importantes na vida de todos, e que não importa os laços sanguíneos, mas sim, o amor verdadeiro que existe entre as pessoas. É este amor que faz uma família, e não apenas o sangue.
Uma série que indico.
Perdeu a resenha do livro anterior? Então clique abaixo e leia!

Editoras Parceiras