#Resenha Otelo

Há tempos eu queria ler esta Coleção Shakespeare em Quadrinhos desenvolvida pela Editora Nemo, por isso quando fui à biblioteca aqui perto de casa procurar outros livros para meus filhos, não pensei duas vezes quando encontrei este volume, que hoje divido com vocês.
Otelo - Coleção Shakespeare em Quadrinhos
64 páginas -  Jozz e Akira Sanoki (William Shakespeare)
Para quem não conhece a obra de Shakespeare, Otelo é um general negro de origem Moura (povo oriundo do norte da África). Apesar de sua origem humilde, Otelo gozava de grande prestígio no Reino de Veneza.
Desdêmoda é a linda filha branca do rico Senador Brabâncio. Seu pai deixou que a própria filha escolhesse seu marido. Ele só não esperava que ela fosse se envolver com um negro ou com um homem abaixo de sua classe social.
Bravo, mas sem poder fazer nada contra Otelo, pois Desdêmoda testemunhou seu amor pelo mouro ao Duque de Veneza, ele acaba dizendo palavras que mais tarde ajudariam a alimentar o ciúmes cego de Otelo. 
As mãos de Brabâncio também estavam atadas por conta do pedido do Duque para que Otelo liderasse o exército contra uma esquadra turca que estava rumando para a Ilha de Chipre.
Diante destes fatos, o casal acabou sendo abençoado e liberados para seguirem com suas vidas. Sendo assim, partiram para o Chipre em barcos diferentes. Uma forte tempestade acabou afastando os barcos, fazendo com que o casal chegasse em separado a seu destino.
E é em Chipre que Otelo vai enfrentar seu piores inimigos: seu ciúmes e a ganância de quem se passava por amigo.
Quando Otelo Escolheu Cássio para ser seu Tenente, ganhou para si a raiva de Iago. Querendo se vingar de Cássio e Otelo, Iago planeja um golpe para se livrar não só de Rodrigo, que é apaixonado por Desdêmona como também sua vingança contra os dois amigos.
Iago começa então a semear a discórdia entre o casal, e usa a beleza de Cássio para isso. De forma calculada, Iago envolve Rodrigo, Cássio, Desdêmona e Otelo em uma grande teia de intriga. Até mesmo sua esposa é usada no processo.
Cego pelo ciúmes Otelo põe os pés pelas mãos e causa uma grande tragédia, que só aumenta quando Iago se vira contra a própria esposa.
É incrível como os enredos de Shakespeare conseguem ser atuais mesmo depois de tantos anos. Vingança, ciúmes doentio, preconceito, violência contra a mulher, inveja, intriga e falsidade são encontrados neste livro, assim como na vida real.
Muitos deixam de ler Shakespeare por conta da escrita "rebuscada", mas dúvida, esta coleção em quadrinhos é um ótimo jeito de conhecer o brilhantismo do autor de uma forma bem simples.
As ilustrações estão boas, e a forma como os quadrinhos foram escritos ficaram condizentes com a linguagem de HQ. A leitura é rápida e fácil, e com certeza agradará tanto adultos como os mais jovens também.

Aproveite para conhecer os outros títulos desta coleção:






Esta resenha faz parte do meu Desafio Literário 2017. Para ler as outras resenhas do desafio, basta clicar na imagem abaixo:

#Resenha Otelo

Há tempos eu queria ler esta Coleção Shakespeare em Quadrinhos desenvolvida pela Editora Nemo, por isso quando fui à biblioteca aqui perto de casa procurar outros livros para meus filhos, não pensei duas vezes quando encontrei este volume, que hoje divido com vocês.
Otelo - Coleção Shakespeare em Quadrinhos
64 páginas -  Jozz e Akira Sanoki (William Shakespeare)
Para quem não conhece a obra de Shakespeare, Otelo é um general negro de origem Moura (povo oriundo do norte da África). Apesar de sua origem humilde, Otelo gozava de grande prestígio no Reino de Veneza.
Desdêmoda é a linda filha branca do rico Senador Brabâncio. Seu pai deixou que a própria filha escolhesse seu marido. Ele só não esperava que ela fosse se envolver com um negro ou com um homem abaixo de sua classe social.
Bravo, mas sem poder fazer nada contra Otelo, pois Desdêmoda testemunhou seu amor pelo mouro ao Duque de Veneza, ele acaba dizendo palavras que mais tarde ajudariam a alimentar o ciúmes cego de Otelo. 
As mãos de Brabâncio também estavam atadas por conta do pedido do Duque para que Otelo liderasse o exército contra uma esquadra turca que estava rumando para a Ilha de Chipre.
Diante destes fatos, o casal acabou sendo abençoado e liberados para seguirem com suas vidas. Sendo assim, partiram para o Chipre em barcos diferentes. Uma forte tempestade acabou afastando os barcos, fazendo com que o casal chegasse em separado a seu destino.
E é em Chipre que Otelo vai enfrentar seu piores inimigos: seu ciúmes e a ganância de quem se passava por amigo.
Quando Otelo Escolheu Cássio para ser seu Tenente, ganhou para si a raiva de Iago. Querendo se vingar de Cássio e Otelo, Iago planeja um golpe para se livrar não só de Rodrigo, que é apaixonado por Desdêmona como também sua vingança contra os dois amigos.
Iago começa então a semear a discórdia entre o casal, e usa a beleza de Cássio para isso. De forma calculada, Iago envolve Rodrigo, Cássio, Desdêmona e Otelo em uma grande teia de intriga. Até mesmo sua esposa é usada no processo.
Cego pelo ciúmes Otelo põe os pés pelas mãos e causa uma grande tragédia, que só aumenta quando Iago se vira contra a própria esposa.
É incrível como os enredos de Shakespeare conseguem ser atuais mesmo depois de tantos anos. Vingança, ciúmes doentio, preconceito, violência contra a mulher, inveja, intriga e falsidade são encontrados neste livro, assim como na vida real.
Muitos deixam de ler Shakespeare por conta da escrita "rebuscada", mas dúvida, esta coleção em quadrinhos é um ótimo jeito de conhecer o brilhantismo do autor de uma forma bem simples.
As ilustrações estão boas, e a forma como os quadrinhos foram escritos ficaram condizentes com a linguagem de HQ. A leitura é rápida e fácil, e com certeza agradará tanto adultos como os mais jovens também.

Aproveite para conhecer os outros títulos desta coleção:






Esta resenha faz parte do meu Desafio Literário 2017. Para ler as outras resenhas do desafio, basta clicar na imagem abaixo:

Editoras Parceiras