#Resenha O Beijo

Conheci a Danielle Steel na minha adolescência, e me tornei fã. Fazia um tempão que não lia nada dela, e acho engraçado não encontrar resenhas de seus livros. Quando ganhei este, fiquei super feliz, e agora quero dividir com vocês minha opinião dele.

O Beijo - Danielle Steel
384 páginas - Editora Record
Isabelle Forrester casou cedo com um homem que foi totalmente aprovado pelo pai. Para ele, Gordon Forrester , 17 anos mais velho que Isabelle, era o homem perfeito para proteger e cuidar de sua filha.
No início do casamento até que tudo correu bem. Isabelle seguia os pedidos de Gordon e era a esposa perfeita. Então veio Sophie, a primeira filha, e depois Theodoro, ou simplesmene Teddy, e tudo mudou.
Teddy nasceu prematuro e com sérios problemas de saúde. Os prognósticos médicos eram os piores possíveis, e Isabelle se voltou totalmente para o filho. Com isso ganhou o ressentimento do, frieza e afastamento do marido. Sophie também acabou se afastando da mãe. O mundo de Isabelle passou a se resumir a Teddy.
Mas de quatro anos pra cá, este mundo cresceu um pouco com a presença de William Robinson (Bill). Na verdade, presença é modo de dizer... Isabelle e Bill se conheceram em uma recepção dada pelo embaixador americano na França. Bill é americano e um dos homens mais influentes no cenário político americano.
Com muitas coisas em comum, eles tornaram-se amigos e passaram a conversar continuamente por telefone, pois ele morava nos E.U.A e ela na França. Ninguém imaginava ou sabia desta amizade.
Isabelle sabia tudo sobre Bill. Desde seu casamento de fachada com Cindy até as traições da esposa dele. Sabia sobre as duas filhas e da dedicação que ele tinha com o trabalho. Ela achava que ele merecia ter um casamento mais feliz.
Bill conhecia a vida cansativa, tensa e solitária que Isabelle vivia. Do constante medo que ela tinha de perder Teddy, mesmo sabendo que isso era inevitável. Ele achava revoltante a forma como Gordon a tratava.
As saídas de Isabelle era raras, por isso a euforia que ela estava sentindo pela pequena viagem que faria sozinha para Londres para a inauguração de uma exposição de arte era mais do que normal. Mas ela também sabia que não era só por isso que estava feliz e ansiosa. Bill e ela se encontrariam em Londres.
Felizmente Teddy estava bem, e ela pode viajar. Em Londres o casal de amigos aproveitaram o pouco tempo que tinham. Conversaram, foram a várias exposições, almoçaram, jantaram, dançaram e se beijaram...
Mas este simples beijo que nasceu anos antes e foi crescendo ao longo destes anos através da amizade deles, firmou-se na constatação de que eles eram almas gêmeas. Este beijo foi um divisor de águas na vida deles.
Ao sofrerem um grave acidente de carro, Bill e Isabella tem na lembrança deste único beijo a certeza de que merecem mais da vida. Acontece que para isso vão ter que antes lutarem pela própria vida, e se conseguirem passar por este estágio, terão decisões bem difíceis para serem tomadas se quiserem a felicidade a dois.
O Beijo é uma linda e delicada história de amor que nasceu na amizade sincera entre duas pessoas solitárias que se completavam.
Não é uma história com um grande mistério ou uma grande reviravolta (tá, até tem reviravolta), tão pouco com aquela paixão avassaladora e repentina. Não, O Beijo é uma história onde vamos conhecendo os personagens aos poucos e sentindo suas emoções. Uma história para ser absorvida e que nos faz ver que a vida é uma só e que nem sempre basta ouvir a voz do coração. Existem decisões que sabemos que temos que tomar, mas não quer dizer que conseguimos tomar. Uma história que toca ao coração e faz o leitor torcer pelo amor.
Então amigos, alguém já leu este livro? O que acharam?
a Rafflecopter giveaway

#Resenha O Beijo

Conheci a Danielle Steel na minha adolescência, e me tornei fã. Fazia um tempão que não lia nada dela, e acho engraçado não encontrar resenhas de seus livros. Quando ganhei este, fiquei super feliz, e agora quero dividir com vocês minha opinião dele.

O Beijo - Danielle Steel
384 páginas - Editora Record
Isabelle Forrester casou cedo com um homem que foi totalmente aprovado pelo pai. Para ele, Gordon Forrester , 17 anos mais velho que Isabelle, era o homem perfeito para proteger e cuidar de sua filha.
No início do casamento até que tudo correu bem. Isabelle seguia os pedidos de Gordon e era a esposa perfeita. Então veio Sophie, a primeira filha, e depois Theodoro, ou simplesmene Teddy, e tudo mudou.
Teddy nasceu prematuro e com sérios problemas de saúde. Os prognósticos médicos eram os piores possíveis, e Isabelle se voltou totalmente para o filho. Com isso ganhou o ressentimento do, frieza e afastamento do marido. Sophie também acabou se afastando da mãe. O mundo de Isabelle passou a se resumir a Teddy.
Mas de quatro anos pra cá, este mundo cresceu um pouco com a presença de William Robinson (Bill). Na verdade, presença é modo de dizer... Isabelle e Bill se conheceram em uma recepção dada pelo embaixador americano na França. Bill é americano e um dos homens mais influentes no cenário político americano.
Com muitas coisas em comum, eles tornaram-se amigos e passaram a conversar continuamente por telefone, pois ele morava nos E.U.A e ela na França. Ninguém imaginava ou sabia desta amizade.
Isabelle sabia tudo sobre Bill. Desde seu casamento de fachada com Cindy até as traições da esposa dele. Sabia sobre as duas filhas e da dedicação que ele tinha com o trabalho. Ela achava que ele merecia ter um casamento mais feliz.
Bill conhecia a vida cansativa, tensa e solitária que Isabelle vivia. Do constante medo que ela tinha de perder Teddy, mesmo sabendo que isso era inevitável. Ele achava revoltante a forma como Gordon a tratava.
As saídas de Isabelle era raras, por isso a euforia que ela estava sentindo pela pequena viagem que faria sozinha para Londres para a inauguração de uma exposição de arte era mais do que normal. Mas ela também sabia que não era só por isso que estava feliz e ansiosa. Bill e ela se encontrariam em Londres.
Felizmente Teddy estava bem, e ela pode viajar. Em Londres o casal de amigos aproveitaram o pouco tempo que tinham. Conversaram, foram a várias exposições, almoçaram, jantaram, dançaram e se beijaram...
Mas este simples beijo que nasceu anos antes e foi crescendo ao longo destes anos através da amizade deles, firmou-se na constatação de que eles eram almas gêmeas. Este beijo foi um divisor de águas na vida deles.
Ao sofrerem um grave acidente de carro, Bill e Isabella tem na lembrança deste único beijo a certeza de que merecem mais da vida. Acontece que para isso vão ter que antes lutarem pela própria vida, e se conseguirem passar por este estágio, terão decisões bem difíceis para serem tomadas se quiserem a felicidade a dois.
O Beijo é uma linda e delicada história de amor que nasceu na amizade sincera entre duas pessoas solitárias que se completavam.
Não é uma história com um grande mistério ou uma grande reviravolta (tá, até tem reviravolta), tão pouco com aquela paixão avassaladora e repentina. Não, O Beijo é uma história onde vamos conhecendo os personagens aos poucos e sentindo suas emoções. Uma história para ser absorvida e que nos faz ver que a vida é uma só e que nem sempre basta ouvir a voz do coração. Existem decisões que sabemos que temos que tomar, mas não quer dizer que conseguimos tomar. Uma história que toca ao coração e faz o leitor torcer pelo amor.
Então amigos, alguém já leu este livro? O que acharam?
a Rafflecopter giveaway

Editoras Parceiras