Sentir

Oi amigos, se vocês gostaram do texto que postei na semana passada do "Poeta Tupiniquim", então aqui vai outro texto dele:

Inútil pensar,
sentir é preciso.
Inútil viver,
navegar é preciso,
navegar no sentir
e sentir o sentir.
Meu deus é um rio,
meu Jesus é um menino,
que sobe nas árvores,
que invade pomares,
que come da fruta
sem pensar no que fez,
porque é inútil pensar.
O amor não pensa,
o amor nem existe
pra aquele que pensa.
É preciso sentir,
sentir, sentir, sentir, sentir... até sentir
que não é o pássaro verde que voa,
é a cor verde que se movimenta
numa forma que de verde se vestiu
e voou no bater das asas do vento;
as asas não são do pássaro,
ao vento pertencem.
É de todo inútil pensar,
é preciso sentir,
sentir-se alegre estando triste
e triste, alegre estando,
amar a natureza sem nela pensar,
senti-la é o quanto basta.
É inútil pensar,
é preciso sentir.
Pensar no que digo
é nó, é castigo,
correi minha alma;
sentir reconstrói,
engrandece o que alegra,
enaltece o que dói,
alegra-se e dói,
dói e não dói.
E se há metafísica,
é nada pensar,
tão-somente sentir.
Fica proibido falar.
Só se pode falar,
depois de muito sentir e sentir e sentir...
E ai o teu falar se faz sentir.
(José Edward Guedes)

E não deixem de conhecer o blog do autor.

a Rafflecopter giveaway
 

4 comentários:

  1. Mah Barbosa6/5/13

    Muito legal, já estava o segindo pelo twitter e agora vou dar uma olhada no blog.

    ResponderExcluir
  2. yassuifortes6/5/13

    Um belo texto....

    ResponderExcluir
  3. Mais um, e ele tem outros maravilhosos.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.