#Resenha Peça-me o que Quiser 1/3


Oi amigos como terminei duas séries, resolvi começar esta trilogia (que tenho completa) e que há tempos me chama atenção. Mas devo avisar que é um livro hot, ou seja, apenas para maiores de 18 anos.

Peça-me o que Quiser - vol. 01 trilogia Peça-me O Que Quiser - Megan Maxwell
398 páginas - Editora Suma de Letras
Vamos lá gente, colocando as ideias em ordem para começar a resenha. O pior é que nem sei o que falar...
É o primeiro livro que leio do gênero. Vejam só, não é apenas mais um livro hot (aliás, é bem HOT), é mais do que isso, é sobre "voyeurismo", que para quem não sabe "é uma prática que consiste num indivíduo conseguir obter através da observação de pessoas. Mas ainda é pouco, pois os personagens desta trilogia são adeptos na verdade da "troca de casais" ou "swing". Eles não só interagem sexualmente com outras pessoas e ou casais, como também assistem ao ato sexual.
Judiht (Jud) é uma espanhola de sangue quente que trabalha como secretária na multinacional alemã Muller. Sua rotina é igual a de qualquer mulher de sua idade. Tem uma irmã casada, uma sobrinha e um pai que vive em Jerez. Sai e se diverte normalmente. Tem seus casinhos e tudo certo.
Fernando é da cidade de Jud. Os dois se conhecem desde pequenos. Ele é policial e há tempos é apaixonado por Jud. Eles tem uma "amizade colorida", e vira e mexe ficam juntos. A cidade torce para o relacionamento dos dois, mas Jud sabe que nunca vai evoluir para algo mais sério.
Entra em cena Eric Zimmerman, dono da Muller, empresa que Jud trabalha. Eric é muito sério profissionalmente, tido até como frio, o que lhe rende a boca pequena o apelido de Iceman. Eric se encanta com o jeito extrovertido e brincalhão de Jud. É um homem decidido, forte e muitas vezes machista e controlador.
A atração entre os dois só aumenta, até que explode. Jud descobre que por trás da fachada fria do homem de negócios existe um amante pra lá de quente... Com isso, ela acaba entrando em um mundo completamente novo e inexplorado. Um mundo onde o prazer através de inimagináveis jogos sexuais é real e muito praticado
Eric é adepto da prática do swing, e constantemente frequenta estes locais. Acostumado a vários joguinhos, sente muito prazer com isso. Ele sabe que Jud não é deste tipo, mas não consegue resistir a atração que sente por ela, e aos poucos tenta levá-la para seu mundo.

Jud resiste, mas a curiosidade e a atração que sente por Eric falam mais alto e ela acaba experimentando e gostando dos "joguinhos". Jud e Eric começam a formar um par constante e visivelmente estão se apaixonando, o que começa a dificultar para Eric, pois ele não quer estragar o futuro de Jud e nem fazê-la sofrer.
Jud não entende as reações de Eric. Sabe que ele lhe esconde segredos, mas nem imagina quais. Seu temperamento ciumento x o machismo de Eric causam várias brigas. Os dois são altamente explosivos, em ambos os sentidos...
Jud deixa bem claro que entrou no barco porque gostou e vai permanecer nele, e que ama Eric profundamente. Eric a ama, e finalmente divide seus segredos e medos com Jud. Aos poucos os dois vão se acertando, e Jud resolve se mudar com Eric para Alemanha.
Mas um golpe baixo vindo do passado de Eric acaba afastando o casal de uma forma drástica e pelo visto definitiva. O ciúmes e a insegurança falam mais alto, e o casal põe um fim no relacionamento.
Bem amigos, acho que está é a ideia geral e um bom resumo do que encontrarão neste primeiro volume. Mas vou falar um pouco das entrelinhas para que ninguém se assuste caso resolva (e eu recomendo) ler.

Como eu disse, o livro é hot, proibido para menores de 18, e cujo o pano de fundo é a prática do swing. Eric e Jud protagonizam cenas quentes, no estilo deserto do Saara. Desde uma simples interação com outro casal, até a cenas entre os dois mais outro homem, ou os dois mais uma outra mulher é descrita. Sim, falando diretamente, Eric e Jud transam não só na presença, mas também com outro homem, com outra mulher e até com um casal de amigos de Eric.

Muitos "brinquedos" para o prazer aumentar são usados. Desses que são vendidos em sexy shop. Isso é normal ao longo de todo o livro e pelo visto, de toda a trilogia.
A linguagem é curta, direta e até mais pesada, mas em nenhum momento me senti constrangida ou coisa parecida. Na minha opinião tudo estava exatamente dentro do contexto, por isso não me afetei. Acho legal alertar, pois eu sei que tem gente que não gosta.
Mais um parâmetro para vocês, quem gosta e acompanha a série da Bella Andre, acredite, não tem nadinha haver com ela. As cenas são muito, mas muito mais em tudo...
Gostei muito dos personagens, não só os principais, Eric e Jud, mas também os secundários. Jud não abaixa a cabeça para Eric, sempre o enfrenta e deixa claro suas opiniões. O que eu achei ótimo, ainda mais quando Eric liberta o lado machista e mandão dele.
Eu realmente não me vejo em uma situação como a deles. Não sou ciumenta, mas não me imagino ficar vendo e gostando do meu marido com outra mulher, mas sei que muita gente faz e gosta. Ainda não cheguei neste patamar de evolução... Acho interessante e não sei como vai ser lá no último volume, a sequência desta trama do swing. 
Se eu, que não sou ciumenta, não me imagino nesta cena, imaginem estes dois que são ciumentos até o último fio do cabelo... O interessante é que você realmente percebe e sente que eles gostam destas brincadeiras. Eric gosta de ver Jud com outro ou outra... e virse versa. Sei que eles estão apaixonados, mas trabalhar a confiança neste tipo de relação com certeza é mais fundamental ainda.
Último conselho, mantenham a mente aberta e não julguem as atitudes, assim vocês aproveitaram melhor a leitura.
Acho que é isso, agora só posso dizer que já corri para ler a sequência, e semana que vem, venho contar para vocês... Agora me respondam o que Jud teve que responder:
Por via das dúvidas, olhem também o Book Trailer do livro:
1. Definição retirada do wikipedia.
a Rafflecopter giveaway

31 comentários:

  1. Gladys Sena30/9/14

    Então América 'regrediu' nesse volume?
    Bj!

    ResponderExcluir
  2. Gladys Sena30/9/14

    Oi Rose|!
    É proibido pra mim, rsrs.
    Bj!

    ResponderExcluir
  3. Oliveira30/9/14

    Rose, só cheguei a ler até o patamar de evolução, e não só cheguei ao patamar de evolução como ele se quer entra em minha cabeça. Onde já viu! mas, quem gosta, cada um tem um gosto, desde que não seja comigo, cada um faz de sua vida o que bem entende. Mas, que acho um absurdo... acho, por isso não caber em minha cabeça atrasada, e retrógrada.

    ResponderExcluir
  4. Oliveira30/9/14

    Parece que a América é muito muito confusa!

    ResponderExcluir
  5. Oliveira30/9/14

    Esse livro deve ser dos que me fazem rir devido a audácia da mocinha frente a reclusão do personagem.

    ResponderExcluir
  6. Sei como é Cinthia. Esta parte também não entendo, mas cada um sabe de si não é mesmo? Fora isso, posso dizer que gostei muito do livro.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  7. Concordo Gladys, não me metendo neste rolo...kkkk
    Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Confusa sou eu Cinthia, aqui ela passou da confusão...
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  9. Regrediu amiga. A indecisão dela dá nos nervos. Escolhe logo um e pronto, deixa o outro viver... Tirando isso eu gosto desta trilogia.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  10. thailaoliveira730/9/14

    menina que frustração, tenho esse livro e seu anterior, mas por não ter o de contos ainda não comecei a leitura
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. thailaoliveira730/9/14

    que isso gentem? que loucura! a autora explorou um tema muito peculiar e muito forte pra mim, acho que não assimilaria
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Tem momentos hilários mesmo Cinthia. Daisy é uma comédia em muitos aspectos.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  13. thailaoliveira730/9/14

    foi lendo esse livro que me tornei fã da autora
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Quando comecei a escrever a resenha pensei em você e sabia que a linguagem não ia te agradar, por isso fiz questão de ressaltar este detalhe.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  15. Então pode ir começando! O de contos é apenas o ponto de vista do Maxon e do Aspen, nada mais. São trechos que encontramos nos livros, mas em vez de contados pela America, são eles que narram. A falta deles não vai te complicar em nadinha, acredite. Ah, eles são baixados gratuitamente também.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  16. ela foi bem mesmo neste livro.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  17. Suelen Mattos30/9/14

    Ai, Rose, esse definitivamente não é o meu estilo. Não gosto de histórias hot por situações como as que tem nesse livro. Pra mim é 1+1=2. Mais do que isso, está sobrando... sem contar que sou ciumenta, kkkkkkk

    Esse aí vou deixar passar, com prazer! Mas a resenha ficou show!

    =)

    Suelen Mattos
    ____________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  18. Gladys Sena1/10/14

    Que chatice isso, aff
    Bj

    ResponderExcluir
  19. Desbravadores de Livros1/10/14

    Cruzes, Rose. Existe gosto para tudo, certo? Mas, nesse caso, o apetite não me devorou não. Não leria esse livro nem sob ameaça. Sei lá, não fez o meu estilo por ser hot, ainda mais por troca de casais, swing e por aí vai. Acredito que, antes de tudo, temos que nos identificar com o livro e esse eu não tive nenhuma sintonia, a começar pelo nome, capa, sinopse, enredo, tudo. A resenha está ótima, você fez o que tinha de fazer, mas não colou =\

    ResponderExcluir
  20. Imagino mesmo que muita gente não vá gostar. Eu confesso que gostei da forma como a autora narrou e contou sua história. Teve coisa que eu nem sabia que existia... kkkkk
    Mas valeu, tirando o swing, o resto valeu.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  21. Também sou desta matemática amiga, outro resultado está dando algum erro, mas tem gente que gosta né?
    Bjs,Rose.

    ResponderExcluir
  22. Franciele Débora1/10/14

    Sera que eu devo lhe dizer que eu amei ler a sua resenha? Ou será que devo lhe dizer "Ai, credo!Que tipo de livro é esse?" É, mas sinto lhe informar, que eu simplesmente eu me apaixonei pelo o livro, li algumas coisas bem pesadas sobre ele e outras, assim dizer, leves. Eu leria com certeza, leria mil vezes se precisar, eu simplesmente amo livro hot hahaha. Acho bem bacana :)
    Beijos, Rose.
    Ótima resenha (:

    ResponderExcluir
  23. Oi Franciele, eu entendo o que quer dizer, pois é mais ou menos o que senti. Apesar de não concordar com a forma que eles encaram o sexo, não posso negar que a autora escreve bem pra caramba. Se você gosta de livro hot, leia sim, mas mantenha a mente aberta, sem julgamentos, tenho certeza que assim a leitura será prazerosa.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  24. Oi Rose,
    Eu como você tenho a mesma opinião, gostei muitoooo da leitura, mas não me imagino no lugar deles e isso que também não sou ciumenta. Mas olha to morrendo de saudade dos barracos que eles armam.....amei a resenha....Beijos Elis - http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Oi Elis, o pior que eu também estou. Será que não vai sair mais nada deles. Tipo uma estória com o Bjorn e a moça do elevador do último volume? Ficou um clima lembra?
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  26. Oi Rose,
    Sim tem, é o livro Surpreenda-me da mesma autora, é com o Bjorn....=D

    ResponderExcluir
  27. Ai meu Deus! Já estou indo procurar...
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  28. Oi, Rose.
    Não tinha lido essa sua resenha ainda, mas fiquei animada para ler o livro.
    Mesmo com os seus avisos.. hehehehe
    beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ou será principalmente pelos avisos? kkkkk
      Bjs, Rose

      Excluir
  29. Gente o_O, nunca li nada do tipo também e cheguei aqui pela capa do livro e agora to até pensando se fiz certo em vim pra cá kkkkk. Ok pode ser uma boa estória, como nunca li, fiquei curiosa, mas assim como você, também não cheguei a esse ponto da evolução de aceitar essas coisas não. xD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andressa, é complicado esta parte mesmo, mas gostei muito dos personagens e da trilogia.
      Bjs, Rose

      Excluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.