#Resenha Primeiro Amor


Oi amigos, vamos começar o dia com uma bela história de amor? Vocês lembram do primeiro amor de vocês? Pois conheçam a história deste casal:
 
Primeiro Amor - James Patterson e Emily Raymond
240 páginas - Editora Novo Conceito

Como nasce o amor? Ele pode nascer de um simples olhar, de um sorriso, de um gesto.
O amor pode ser instantâneo, te pegar de surpresa. Pode ser passageiro, fraternal, sincero, interesseiro. Pode ser romântico, possessivo, alegre...
O amor tem várias faces e formas, mas sem dúvida quando chega, se instala e fica.
Axi Moore, a MC (menina careta), tem 16 anos, e como seu apelido diz, é toda certinha. Tímida, estudiosa, adora ler. Infelizmente vive um drama familiar que lhe despedaçou a lar.
Em um momento muito difícil, conhece Robinson, alegre, extrovertido, capaz de encantar todos com ser charme. O "cafajeste", como o chama, logo tornou-se seu melhor e único amigo.
Estas duas alas tão diferentes, encontraram um no outro uma luz, uma esperança para seguirem em frente. Aprendera a se apoiarem e fortaleceram uma amizade profunda e sincera.
Acontece que Axi Moore está cansada da sua vida "certinha". Ela quer ais, e para isso decide fugir de casa e conhecer o país. Mas não ia fazer isso sozinha. Ela precisava e queria Robinson do seu lado, nesta louca aventura.
A menina careta pensou em tudo, desde o itinerário, até os locais que visitariam. Juntou todas as suas economias e o que precisaria levar. Agora dependia do seu "cafajeste" para dar início a esta jornada. Lógico que ele aceitou, ele não deixaria a "menina careta" sozinha.
Mas se é para ser uma aventura, então Robinson vai dar seu tempero nos planos de Axi. A viagem começa quando ele habilmente "pega emprestado" uma moto.
Juntos, na potência de uma Harley Davidson, eles começam a conhecerem lugares que ouviam em músicas ou liam em livros. E começam a perceber que uma das formas de amor é a amizade. O amor quando começa com esta base, é firme e forte. Muda a vida dos envolvidos e dos que estão em volta.
A viagem pelo país também é uma viagem de auto reconhecimento. Axi e Robinson começam a reescrever o presente deles. Eles sabem que deve aproveitar cada momento que tem, pois infelizmente o destino deles pode estar na próxima curva. E nas páginas da vida, nem sempre o final é o "felizes para sempre", mas si o "que seja eterno enquanto dure."
Ai gente, é um livro lindo, que prende, emociona e surpreende. Mas não é só isso, você também ri com os diálogos. Você se apaixona pelo cafajeste, torce pela menina careta e tem vontade de colocar os dois no colo para protegê-los e ajudá-los.
Eu realmente não esperava uma história tão bonita como esta vindo do JP. Mas se foi uma homenagem que ele quis fazer, ele conseguiu. Jane nunca será esquecida.
Não posso erminar antes de mostrar o detalhe das folhas do livro, que além de enfeitar e dar um charme todo especial, combinou em cheio com a estória:

Leiam e confiram.

a Rafflecopter giveaway

0 comentários:

Postar um comentário

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.