Um anjo que apareceu...

Oi amigos, como todos já sabem, (pelo menos os que acompanham o blog), o cachorro aqui de casa foi atropelado. 
Eu sempre acreditei em anjos da guarda, e vocês sabem como eu gosto de anjos. Pois é, no dia do atropelamento, era final de tarde, eu estava indo buscar meu filhos na escola e depois voltaria para uma reunião de pais. 
Mas infelizmente isto não foi possível. Quando estava tirando meu caro da garagem, com o Nick deitado em sua casinha, um gato entro em casa e lógico ele correu atrás e acabou indo para rua. 
Ele já não estava perseguindo o gato, mas aproveitando para uma pequena volta enquanto eu o chamava para entrar. O acidente aconteceu quando ele foi atravessar de um lado para outro. A perua escolar que passava no momento não conseguiu parar a tempo, e mesmo com seu instinto animal, o pulo para sair não foi suficiente. 
Eu vou demorar muito para esquecer aquela cena do cachorro embolado na frente do carro e de seu grito de dor e desespero. Na hora da batida, só lembrei dos meus filhos. Poderia ter sido um deles, afinal criança e cachorro, basta um piscar de olhos e o estrago está feito.
Corri na hora para pegá-lo, pois de onde estava dava para ver o sangue escorrendo. Não me interessei nem em ver quem era, minha única preocupação era socorrê-lo. Ele está com 7 meses, é um filhote de labrador que está com uns 23 Kg. Eu o carreguei por cerca de uns 200 metros, pois não tinha nem como deixá-lo para buscar o carro, pois ele viria atrás de mim. No desespero você realmente consegue fazer coisas que depois não sabe como...
Mal cheguei em frente de casa já gritei pela minha irmã que subiu correndo, pois também tinha escutado o choro dele. Enfiei ele e minha irmã no carro e saí correndo. Ambas chorávamos muito, pois o sangue jorrava da pata e dava para ver o osso. O único lugar que eu conseguia me lembrar na hora e que eu sabia teria condições de socorrer um caso como o dele era o Hospital Veterinário Santa Inês. Deixei minha irmã lá com ele e corri para pegar meus filhos na escola. Eu estava toda suja de sangue, assim como o carro, mas não falei nada para eles. Não queria que eles soubessem antes de verem o cachorro. 
Quando deixei o caçula em casa, minha mãe já tinha lavado o sangue da calçada. Voltei então para o hospital. Lá a notícia, ele tinha quebrado a pata, rompido os ligamentos e o tendão e precisaria de uma cirurgia de emergência. Precisariam fazer exames para ver se a pata não teria que ser amputada. Fora esta quadro "maravilhoso", quando eu perguntei quanto ficaria tudo, acreditem, me pediram quase R$7.000, 00 (sete mil reais)! Isso mesmo, você não leu errado e eu também não escrevi e nem escutei errado!
Na hora eu falei, isso é impossível, eu não tenho este dinheiro. Até falaram que dividiam, deram um desconto de R$500,00, mas sem chances. Falei para fazerem os primeiros socorros, pois teria que ver outro hospital.  Me indicaram o da Unip que fica aqui perto do canil da PM, mas pela hora só no dia seguinte e cedo. Levei o Nick para casa e cedo estávamos lá, mas infelizmente ele não poderia ser atendido no dia, só na segunda feira. Como eu poderia ficar com um cachorro no estado em que ele estava todo este tempo (era uma sexta-feira) sem a operação? Eu poderia está condenando-o a perda da perna ou coisa pior. 
É aqui que entra o meu anjo da guarda, ou melhor do Nick. O Dr. Humberto, foi indicado pelo meu cunhado e pela minha vizinha, minha irmã já tinha falado com ele pelo telefone na noite anterior, e se não desse certo na Unip, ele disse que nos atenderia.  Corremos até lá, com o encaminhamento da veterinária do hospital e dos exames que ele fez. O Dr. Humberto viu e falou que não teria problemas em fazer, e o melhor de tudo, com um preço infinitamente melhor que do hospital.
Hoje, 15 dias depois do atropelamento, o Nick está muito bem. Sua recuperação tem sido muito boa. Isso graças ao bom atendimento que ele teve e a sua posição de filhote. Seu corpo jovem e robusto o ajudaram nesta hora, pois sinceramente, acho que se fosse um cachorro pequeno ou velho, seria bem mais complicado.
Sua pata continua sob cuidados diários. Ainda está tomando remédios e não pode fazer tanto esforço, coisa aliás que ele já quer fazer. Mas para quem o viu na semana passada, deitado todo jururu, só levantando para fazer xixi e cocô, e às vezes com ajuda, não acredita quando o vê agora. 

Temos que brigar para que não fique pulando ou correndo. Já está todo assanhado e se deixar, fica pulando igual pipoca.

Esta postagem não é só para dizer como o Nick está, mas também para publicamente agradecer ao anjo em formato de homem que cruzou o caminho da minha família em um momento tenso e delicado. Ele atende pelo nome de Dr. Humberto. Sua clínica fica aqui na zona norte de São Paulo, mas precisamente na Rua Ismael Nery, 547, bem perto do Mercado Municipal do Tucuruvi. 
Se você assim como eu tem um animal de estimação na família, ou sabe de alguém que esteja procurando por um, pode indicar sem medo. Aproveita para anotar e avisar:
Dr. Humberto Peloso
Rua Ismael Nery, 547 - Jd. França (perto do Mercado Municipal do Tucuruvi)
Telefone: 2994-5429
e-mail: humberto.vet@terra.com.br

Também não poderia deixar de falar da Helena, muito carinhosa e atenciosa, e do Toninho, que na maioria dos curativos esteve presente. Você nota o carinho dele com os animais. E ele tem um serviço de taxi-dog.
Ele cuida de remoção para clínicas, laboratórios, pet shop, remoção de corpo para cremação. Mais um serviço que indico, por isso anotem:

Taxi Dog  Ronzino
Telefone: (11) 3535-9956  e 9162-1918 (Antonio Ronzino)

Emergência ou não, para cuidar de seus pet, tenho certeza que serão bem atendidos.

P.S. esta postagem foi escrita há uma semana atrás.
 

15 comentários:

  1. Gladys Sena7/11/13

    Já tinha visto Rose, bem criativo!


    Bjo!

    ResponderExcluir
  2. Gladys Sena7/11/13

    Ai Rose, graças a Deus tudo está bem!
    Ele realmente põe as pessoas certas para nos ajudar!!!


    Bjo!

    ResponderExcluir
  3. thailaoliveira77/11/13

    Rose que bênção que seu cachorrinho está bem! os animais se tornam parte da nossa família!
    que pessoas maravilhosas vc pode se apoiar e receber ajuda!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. camila7/11/13

    Nossa, caramba!!

    Que provação heimm, ainda bem que deu tudo certo no final!!

    beijos mila

    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Super criativo, o Moonwalker foi emocionante..rsrs

    ResponderExcluir
  6. Que provação hein? Mas graças a Deus deu tudo certo. Que venham outros veterinários como este que não almejam apenas o dinheiro, e sim, o amor aos animais. Lindo!

    ResponderExcluir
  7. JessicaLisboa9/11/13

    Que bom que deu tudo certo guria!




    xx

    ResponderExcluir
  8. Nem me fala, o pior já passou!
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  9. É verdade Elis, o Nick mesmo estando conosco a pouco tempo, é da família com certeza, e anjos como o Dr Humberto estão em falta.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  10. Nem me fala Yassui, tudo bem que os profissionais tem que receber, mas achei um verdadeiro assalto!
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  11. Oi Camila, é como dizem, no fim tudo dá certo, senão deu certo é porque não era o fim.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  12. Agradeço à Deus todos os dias.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  13. põe mesmo Gladys, e são nestas horas que temos a prova disso.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  14. Emocionante e diferente.Amei!
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  15. Realmente muito criativo!
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.