#Resenha Segredos entre os Dois


Pensaram que eu tinha esquecido a resenha deste mês da Maratona de Banca 2013? Não, é que ela ficou para o final, só isso.  Na verdade eu já tinha separado o e-book deste livro, mas quem disse que eu o achava? E o pior, quando escolhi este livro, não sabia que ele fazia parte da série Homens do Texas! É gente, foi um tal de procura daqui, procura dali, e não me lembro como esta possibilidade me apareceu. Então fui lá no Skoob e fiz uma pesquisa rápida e confirmei minha suspeita. Você vai encontrar este livro com o nome Segredos entre os Dois ou Coragem - vol. 38 da série Homens do Texas. Mas vamos ao que interessa:

 Segredos entre os Dois - Diana Palmer
352 páginas - Editora Harlequin Books

Gloryanne Barnes (ok, eu sei, este nome é... sem comentários), é uma promotora linha dura que não tem medo de desafios e leva seu cargo bem a sério. É justamente por causa disso que ela é obrigada a passar uma temporada disfarçada como simples cozinheira em uma fazenda em Jacobsville. Isso para poder dar tempo de comparecer como testemunha no julgamento de um traficante de drogas. Ele tinha posto o pescoço de Glory à prêmio. Muito a contra gosto, ela aceitou.
Chegando ao local, conheceu Rodrigo Ramirez, o operário da fazenda do meio irmão de Glory. Ela seria subordinada a ele. Acontece que Rodrigo também estava ali sob um disfarce, pois também tinha sua cabeça à prêmio em vários lugares do mundo, pois era um importante agente do governo na luta contra o narcotráfico. Rodrigo estava justamente nesta fazenda pois estava montando uma grande operação para pegar um grande cartel.
Então nossos pombinhos que não eram pombinhos ainda, nem desconfiavam da verdadeira identidade um do outro.
Neste meio de campo, Glory descobre que Rodrigo é mega apaixonado por uma mulher que o largou para voltar para o marido. E mesmo assim, Rodrigo não consegue tirá-la da cabeça. Mas também, a mulher vira e mexe vai visitá-lo na fazenda! Eu já estava pegando uma bronca dela, caramba, ela não tinha dado um pontapé na bunda dele? Então porque não deixava o cara seguir a vida?
Mas para o nosso ogro, esta ideia não funcionava assim, era Sarina na terra e Deus no céu! E quando ele começava a comparar a Sarina (que era sua antiga parceira) com a Glory (que ele pensava ser uma reles cozinheira), aí é que eu adoraria dar uns tapas nele. Sem falar nas imbecilidades que ele falava da Glory. Este estava precisando trocar as ferraduras e logo!
Mas a Glory também tinha umas derrapadas do lado dela quando achava que o Rodrigo era um simples peão e não estaria a sua altura. Tudo bem que isso era mais uma desculpa, uma fuga de seus sentimentos.
Mas voltando ao enredo...
Glory começa a sofrer vários atentados na fazenda e junto com as saídas misteriosas de Rodrigo, começa a achar que ele faz parte do narcotráfico local. Com medo, ela fica extremamente indecisa se deve ou não confiar nele, mas acaba perdendo para o seu coração.
Só que o nosso ogro cabeça de jumento só pisa na bola, e mesmo quando dá um lindo anel para Glory, consegue ser mais imbecil do que qualquer outro que eu já tenha visto. Mas isto não foi o pior, quer dizer, eles fez tanta idiotice que fica difícil escolher a maior!
Mas sabe o que eu gostei mesmo? Foi ver o nosso ogro descer, ou melhor, cair do seu pedestal igual jaca pobre! É isso sim meninas, a nossa frágil Glory deu uma senhor tapa de luva de pelica nele, que o Rodrigo perdeu o rumo de casa. Sem falar do ciúmes que ele ficou quando Kilraven, um outro agente disfarçado, entra em cena e dá em cima de Glory. Aliás, ele é o responsável pelo restabelecimento da nossa heroína. 
Adorei quando a Glory insinuava que tinha "algo mais" com o Kilraven, foi sem dúvida maravilhoso ver o Rodrigo se remoendo todo. Mas ele mereceu tudinho, por tudo que ele disse da Glory, pela grosseria quando ela foi lhe procurar para explicar algumas coisas e principalmente por ser muito, muito ogro.
Glory fez Rodrigo pagar por cada um de seus pecados, desde que ele descobriu sua verdadeira condição física quando foi ao hospital acusá-la injustamente e o que viu foi a verdade nua e crua de uma mulher com um passado sofrido, mas que soube vencer na vida e não dependia de homem nenhum, muito menos de um ogro que se achava a última bolacha do pacote.
Rodrigo e Glory vão precisar de vários ajustes até poderem se entender, mas garanto para vocês que vão gostar de cada página deste romance cheio de mistérios, aventuras e reviravoltas.



 

18 comentários:

  1. Alessandra Tapias26/11/13

    Hummm, ainda bem que não solicitei este livro, rsrs.

    Gostei muito da sinceridade na resenha, mas não faz meu estilo no momento.

    Bjkassss

    Lelê Tapias

    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu também não me interessei nela.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  3. Somos duas Lelê, eu também não solicitei e não me interessei.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  4. Ai que lindo Rose, meu gosto por poemas esta mudando por conta dos seus posts.


    Salvando o poema para guarda-lo para mim....rsrs

    ResponderExcluir
  5. A frase ficou muito boa. Não participei porque um dia como imortal, seria muito pequeno para se viver para mim. Fiquei pensando no que escrever e fiquei com ansiedade imaginando uma ampulheta do meu lado avisando que só tenho um dia imortalidade...kkkkk


    Parabéns a ganhadora.

    ResponderExcluir
  6. Já li algumas resenha sobre os livros deste autor e foram todos positivos. Fiquei curiosa com esta leitura.

    ResponderExcluir
  7. Olha gente me julguem, mas li outras resenhas do livro e gostei. Tenho uma queda por dramas deste tipo, sei lá.... me sentido a estranha...rsrs

    ResponderExcluir
  8. Cair do seu pedestal igual jaca pobre! Gostei disso... kk

    ResponderExcluir
  9. Adriana27/11/13

    lindo Rose, desejo pra ti também, bjs
    tititi da dri

    ResponderExcluir
  10. Oi Flor,
    Realmente creio que a leitura vai de cada pessoa. Desejo que goste mais que eu quando ler. Bjus Elis!!!

    ResponderExcluir
  11. Oi Rose,
    Gostei dos comentários...\o/...realmente a opinião vai de cada leitor. Amo a maneira como expõe os quotes...\o/...bjus elis

    ResponderExcluir
  12. É só para dar um charme a mais, pois o trabalho mesmo é todo seu. É justamente isso que eu amo em livros, cada um vê e sente de um jeito.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  13. Concordo com a Elis. Só li uma resenha deste livro que me balançou, mas ainda sim, não me despertou "aquela vontade"...
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  14. A que eu votei não foi esta, foi uma bem românica, acho que eu estava "In Love" no dia... kkkk
    Mas esta também é boa e mereceu.

    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  15. Isso me deixou muito feliz. Guarde-o, mas não deixe de espalhar aos quatro cantos!
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  16. Oliveira30/11/13

    Muito bonito! E profundo.

    ResponderExcluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.