#Resenha Refém da Obsessão


Oi amigos, este mês resolvi colocar em andamento algumas série que comecei, e hoje tem ara vocês a continuação da série Ladrão de Almas. Vamos conferir?
Refém da Obsessão- vol. 2 da série Taker - Alma Katsu
352 páginas - Editora Novo Conceito

Só para que não percamos muito o "fio da meada", o volume 1 - Ladrão de Almas (que você ode conferir a resenha clicando aqui) mostra a morte de Jonathan, grande amor de Lanore, a acusação de assassinato dele por parte dela e por conta disso, a fuga de Lanore com o então médico Dr. Luke, da pequena cidade de St. Andrew.
Agora temos Lanore e Luke vivendo juntos e em fuga, pois o doutor largou tudo ara viver ao lado dela. Lanore estava disposta a recomeçar do zero, até abrir mão de inúmeras lembranças que "guardou" durante vários anos de vida. Acontece que Adair conseguiu escapar da prisão que Lanore e Jonathan o haviam prendido. E agora  era uma questão de temo até ele encontrá-la e fazê-la pagar pelos 200 anos de escuridão e solidão.
Lanore tinha pela frente uma luta da qual tinha poucas chances de escapar, e ela sabia que quem estivesse ao seu lado sofreria as consequências. De cara ela já deu cartão vermelho para o insosso Dr. Luke, que ficou lambendo as feridas do abandono e foi se refugiar na casa de sua ex esposa. 
Lanore estava começando uma caminhada que poderia ser o seu fim, ou quem sabe, por milagre, o início de sua libertação final.
O que Lanora não sabia, ou podia imaginar, era que todos estes anos em que Adair ficou preso, mexeram com ele. Aquele tirano queria vingança sim, mas acima de tudo, ele queria o amor da única mulher que ele realmente amou, e que ainda ama. Justamente o amor da mulher que o traiu.
Obrigado a reaprender a viver nos dias atuais, Adair aos poucos vai tomando conhecimento do mundo moderno, ao mesmo tempo que inicia sua caçada à Lanore. De grão em grão ele vai reconquistando seu poder, mas sabe que sem Lanore ao seu lado, este poder não será o mesmo.
Lanore só poderia contar com os da sua espécie, mas será que 200 anos de liberdade seriam suficientes para fazer o antigo séquito de Adair mudar de lado? Ela não tinha outra alternativa senão acreditar.
Do encontro entre Lanore e Adair muita coisa poderia acontecer. Ela está a espera de uma severa punição. Ele só deseja na verdade, ser o grande amor de Lanore. Para isso terá que domar "suas feras" e renascer uma pessoas merecedora de ser amada.
Será que Lanore conseguiria ver as verdadeiras intenções de Adair?
Com certeza eu gostei bem mais deste volume. Adair é um mestre das contradições. Quer poder, mas trocaria todo este poder pelo amor de Lanore. Quer vingança, mas não deseja e não gosta de ver ou pensar no sofrimento dela. Um ser que nunca foi amado e que nunca deu amor, agora está sentindo o único sentimento que o enfraquece.
É engraçado, mas eu continuo não simpatizando com a Lanore. Luke para mim é tão sem graça que não faria falta, qualquer um poderia tomar o seu lugar e seria a mesma coisa. Jonathan já foi, e na verdade, não acho que fará muita falta. Adair é para mim o grande nome da série. Mesmo sendo um monstro que todos temem, torço por ele. Quero que ele conquiste seu sonho. É engraçado ver que mesmo podendo ter a alma que quisesse, ele apenas sonha com o amor verdadeiro de uma mulher.
E é este amor, ou a luta por tê-lo que fará Adair um outro ser. A estória me lembra "A Bela e a Fera". Com certeza o próximo volume promete. E vocês, conhecem esta série? Quais são suas impressões sobre ela?


2 comentários:

  1. Eu tenho esse livro, mas ainda nao li..minha pilha de livros aqui esta grande kkkkkkk
    Espero ler em breve! A capa dele é incrível!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda, a minha também. Queria agora era a continuação.
      Bjs, Rose.

      Excluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.