#Resenha: Doce Perseguição


Oi amigos, pensaram que eu tinha esquecido do Desafio Literário 2013? Não né, impossível, ainda mais este mês que tinha um livro que eu estava doidin
ha para ler. Vamos ao livro?

Doce Perseguição - Janethe Fontes
247 páginas  - Giostri Editora 

Fazia muito, mas muito tempo que eu queria conhecer o trabalho da autora. Qual não foi minha felicidade quando soube que ganhei "Doce Perseguição" em um sorteio? Resolvi colocá-lo então no DL deste ano e não me arrependi.
Graziela perdeu os pais e seu irmão em um acidente de carro. Agora ela tinha apenas Helena. Helena era uma moça muito bonita e extrovertida. Ela tinha completa ciência de seu poder de sedução e fazia os homens beijarem seus pés.
Grazie estava naquela fase de descobrimento tão típica da adolescência. Não se achava tão bonita e atraente como a irmã, e ainda era tímida e séria.
Mas estas duas irmãs tinham o amor uma pela outra e a certeza de poderem contar uma com a outra um elo muito forte entre elas.
Quando Helena começa a namorar o TDB Felipe, ele passou a ser mais um denominador comum entre elas.
Grazie acabou se apaixonando pelo namorado da irmã. Ciente de que nunca trairia sua irmã, tentou de todas as forças para afastar este amor de seu coração. Helena e Felipe nem tinham ideia do sofrimento que Grazie estava passando.
Helena não era nem uma santa, e gostava de brincar com seu poder de sedução. Acabou se envolvendo com Felipe e Rodrigo ao mesmo tempo para revolta de Grazie. E de tanto brincar com fogo, acabou se queimando. Agora Grazie estava sozinha e jurou vingança contra o assassino de sua irmã. 
Acontece que seu teimoso coração insistia em bater desesperadamente cada vez que ficava na frente de Felipe.
Mais uma vez ela não poderia trair sua irmã. Ela faria de tudo para descobrir toda a verdade daquela trágica noite. Mesmo que chorasse sangue e sua vida corresse perigo, ela colocaria o assassino atrás das grades.
Um romance que prende logo nas primeiras páginas. Eu ia querendo ir para o final para descobrir tudo. Aliás, em nenhum momento imaginei este final apresentado, e acho que ninguém que já tenha lido este livro imaginou.
Só achei as atitudes da Grazie infantis e tolas em determinados momentos. Era como se ela não quisesse enxergar a verdade e preferisse pegar o caminho mais fácil. Mas acho que ela também não poderia ser retratada de outra forma.
Só mais uma coisa para falar para vocês: quem ainda não leu, corra para ler!

Para o próximo mês foi escolhido o livro Pirâmide Vermelha do Ricky Riordan, não percam!

a Rafflecopter giveaway

4 comentários:

  1. Carol25/6/13

    Não sou muito chegada nesses romances em que alguém se apaixona pelo namorado de alguém. Acho isso horrível porque já vivi na pele. E nem adianta vir com aquela história de que ninguém escolhe por quem se apaixona. A gente pode até não escolher por quem sente atração, mas amor, ah... Isso é outra história.

    Desculpe o desabafo, mas tenho lido tantos livros assim que ando abusada. hehehe
    Esse parece ser diferente porque tem um assassinato no meio.

    Valeu a indicação!


    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Carol, sei bem o que você está falando. Mas aqui, o assassinado e o final do livro, acredite, fazem a diferença!
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  3. Sora Seishin1/7/13

    Oi Rose!

    Já li em outros blogs falando super bem dessa autora, também tenho vontade de ler os livros dela!

    Beijos,

    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  4. Quando der leia, pois gostei muito.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.