#Resenha Dangerous To Know & Love

Oi amigos, hoje tenho para vocês uma resenha da querida e talentosa Jane Harvey-Berrick. Espero que gostem!
Dangerous To Know & Love - Jane Harvey-Berrick
808 páginas 
Sabe aquele ditado de quem vê cara não vê coração? Isso se encaixa perfeitamente em Daniel Colton. Aos 19 anos ele faz faculdade de Ciências Econômicas e Empresariais. Acontece que Daniel é completamente diferente do esterótipo que alguém poderia imaginar para este curso. Daniel faz o estilo bad boy, cheio de tatuagens e piercing e aquela áurea de perigo que muita guria suspira, ainda mais quando ele monta em sua amada Harley-Davidson (Sirona). Junte tudo isso aos boatos de que ele é o cara na cama, e que pode arrumar qualquer tipo de "divertimento" que você esteja querendo.
Apesar de toda esta fama, Daniel mantém todos distante. Não tem amigos, entra e sai das aulas sem falar com ninguém. Mas isso muda quando ele é obrigado a fazer um trabalho em dupla, e a vítima é a toda certinha Lisanne MacLaine.
Lisanne odeia o curso e só faz por conta da pressão dos pais que não acham que alguém possa viver de música. Ela e Daniel são como água e vinho, sendo que para ela, Daniel não passa de um arrogante metido a besta. 
Mas é em meio ao trabalho que estão fazendo que ela descobre um segredo que Daniel guarda a sete chaves. Sem saída, ele acaba contando a verdade para ela, e isso aproxima os dois. Lisanne começa a perceber o quão errada estava em relação a Daniel, e pior, como todos pensam tão mal dele.
Acontece que Daniel é irredutível, e nem cogita a hipótese de contar a verdade sobre si. E cada dia que passa, Lisanne sente mais dificuldades em ver não só o isolamento dele, como também a forma como todos o encaram, assim como as dificuldades da vida dele.
...você tem que caminhar uma milha nos sapatos de outro homem antes de julgá-lo
Daniel e Lisanne começam um namoro que deixa todos apreensivos. Zef, irmão de Daniel, acredita que ela só fará mal a seu irmão, mas não percebe o quanto suas ações tem prejudicado ele. Kirsty, amiga de quarto de Lisanne, teme pela segurança dela, e os pais de Lisanne quase infartam quando conhecem Daniel.
Nada disso é suficiente para afastá-la de Daniel, porque ela sabe e enxerga o que tem de verdadeiro nele. Mas isso não quer dizer que a relação dos dois seja fácil, ainda mais com a desconfiança das pessoas e dos pais dela em cima dele.
Daniel é uma pessoa tão solitária que não está costumado a dividir seus problemas e medos com ninguém, e isso tem atrapalhado o namoro. E é justamente por conta deste namoro que ele toma uma decisão que vai contra tudo o que ele dizia acreditar.
Agora além de uma nova realidade que ele vai precisar se adaptar, ele também vai precisar aprender que esconder a verdade sobre ele não ajuda em nada. E que existe sim pessoas que se preocupam com ele e estão dispostos a ajudar, bastando apenas que ele abra uma fresta.
Em um mundo onde qualquer tipo de imperfeição coloca a pessoa em evidência, Daniel vai precisar encontrar a verdade sobre si mesmo e o que ele pretende para si.
Um romance que vai além de um simples namoro e de simples briguinhas de namorados. Um enredo que põe o dedo na ferida do preconceito. Gostei muito dos personagens, que são verdadeiros e podem ser encontrados em qualquer lugar. Mesmo nos momentos em que Lisanne me enchia o saco com algumas atitudes, ela me parecia real, o que foi um grande ponto a favor dela. Sem contar a força e coragem que ela teve em lutar não só por Daniel, mas também ao lado dele. 
Leitura mais do que recomendada.

#Resenha Dangerous To Know & Love

Oi amigos, hoje tenho para vocês uma resenha da querida e talentosa Jane Harvey-Berrick. Espero que gostem!
Dangerous To Know & Love - Jane Harvey-Berrick
808 páginas 
Sabe aquele ditado de quem vê cara não vê coração? Isso se encaixa perfeitamente em Daniel Colton. Aos 19 anos ele faz faculdade de Ciências Econômicas e Empresariais. Acontece que Daniel é completamente diferente do esterótipo que alguém poderia imaginar para este curso. Daniel faz o estilo bad boy, cheio de tatuagens e piercing e aquela áurea de perigo que muita guria suspira, ainda mais quando ele monta em sua amada Harley-Davidson (Sirona). Junte tudo isso aos boatos de que ele é o cara na cama, e que pode arrumar qualquer tipo de "divertimento" que você esteja querendo.
Apesar de toda esta fama, Daniel mantém todos distante. Não tem amigos, entra e sai das aulas sem falar com ninguém. Mas isso muda quando ele é obrigado a fazer um trabalho em dupla, e a vítima é a toda certinha Lisanne MacLaine.
Lisanne odeia o curso e só faz por conta da pressão dos pais que não acham que alguém possa viver de música. Ela e Daniel são como água e vinho, sendo que para ela, Daniel não passa de um arrogante metido a besta. 
Mas é em meio ao trabalho que estão fazendo que ela descobre um segredo que Daniel guarda a sete chaves. Sem saída, ele acaba contando a verdade para ela, e isso aproxima os dois. Lisanne começa a perceber o quão errada estava em relação a Daniel, e pior, como todos pensam tão mal dele.
Acontece que Daniel é irredutível, e nem cogita a hipótese de contar a verdade sobre si. E cada dia que passa, Lisanne sente mais dificuldades em ver não só o isolamento dele, como também a forma como todos o encaram, assim como as dificuldades da vida dele.
...você tem que caminhar uma milha nos sapatos de outro homem antes de julgá-lo
Daniel e Lisanne começam um namoro que deixa todos apreensivos. Zef, irmão de Daniel, acredita que ela só fará mal a seu irmão, mas não percebe o quanto suas ações tem prejudicado ele. Kirsty, amiga de quarto de Lisanne, teme pela segurança dela, e os pais de Lisanne quase infartam quando conhecem Daniel.
Nada disso é suficiente para afastá-la de Daniel, porque ela sabe e enxerga o que tem de verdadeiro nele. Mas isso não quer dizer que a relação dos dois seja fácil, ainda mais com a desconfiança das pessoas e dos pais dela em cima dele.
Daniel é uma pessoa tão solitária que não está costumado a dividir seus problemas e medos com ninguém, e isso tem atrapalhado o namoro. E é justamente por conta deste namoro que ele toma uma decisão que vai contra tudo o que ele dizia acreditar.
Agora além de uma nova realidade que ele vai precisar se adaptar, ele também vai precisar aprender que esconder a verdade sobre ele não ajuda em nada. E que existe sim pessoas que se preocupam com ele e estão dispostos a ajudar, bastando apenas que ele abra uma fresta.
Em um mundo onde qualquer tipo de imperfeição coloca a pessoa em evidência, Daniel vai precisar encontrar a verdade sobre si mesmo e o que ele pretende para si.
Um romance que vai além de um simples namoro e de simples briguinhas de namorados. Um enredo que põe o dedo na ferida do preconceito. Gostei muito dos personagens, que são verdadeiros e podem ser encontrados em qualquer lugar. Mesmo nos momentos em que Lisanne me enchia o saco com algumas atitudes, ela me parecia real, o que foi um grande ponto a favor dela. Sem contar a força e coragem que ela teve em lutar não só por Daniel, mas também ao lado dele. 
Leitura mais do que recomendada.

Editoras Parceiras