#Resenha Rose na Tempestade


Oi Leitores,

Conclui a leitura dessa obra e me senti feliz por ter tido a oportunidade de me aventurar nessas páginas.

Rose na Tempestade - Jon Katz
240 páginas - Editora Novo Conceito

Rose trabalha na fazendo com o Sam. Ela ajuda a cuidar dos animais. Seu sentido aguçado e o mapa decorado de cada canto que percorre ajuda a avisá-la quando algum animal estranho se aproxima ou quando algum dos da fazendo está em risco. Após a partida de Katie ela passa a esperar todos os dias por seu retorno, o que nos mostra quanto sentimento ela tem por quem marcou sua vida. Conforme vamos avançando na leitura tentamos entender o ponto de vista que o autor quer nos apresentar, mas mesmo gostando e apreciando a leitura, houve partes em que não conseguia ligar as ações e pensamentos de Rose a um cão.


 
No entanto quem já teve um cão de qualquer raça sabe do que eles são capazes, como memorizar aromas, momentos, pessoas e lugares. Eles parecem sentir nossos sentimentos e ler nossos pensamentos. Além de serem totalmente leais se tratados com dignidade e afeto. Um dos pontos que não concordo com o autor é que cães de trabalho não devem ser mimados. Eu amo paparicar qualquer animalzinho que vejo, e pra mim eles me entendem, se eu pudesse queria ter todos pra mim. Com o avançar dos capítulos vemos que ele começa a ter um pensamento diferente em relação a afeto com animais de trabalho e isso me animou. 
A confiança que Rose passa as ovelhas e aos outros animais me encantou, acredito que ela possa ter pensado assim e até agido como agiu, mas daí há atos heroicos, foi algo que minha mente não aceitou totalmente. Porém admito que me emocionei em certos momentos. No início o leitura pode parecer um pouco densa para alguns, mas para mim que tinha curiosidade em conhecer como era a vida dela na fazenda foi bem elaborada e fundamental para o compreendimento do enredo.

Como notaram os personagens são bons e nos passam uma boa carga de emoção. A história nos mostra o quão um cão é importante para o ser humano, o quanto eles nos tornam humanizados. E que a fé, a fidelidade e o amor que eles nos dão não tem preço. Recomendo a leitura, pois passei boas horas mergulhada nessas páginas.
Beijokas Elis!!!


0 comentários:

Postar um comentário

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.