#Resenha Lolita



Oi amigos, vamos conhecer o livro que escolhi este mês para o Desafio Literário 2013? O tema do mês para quem não lembra era "Livros que foram banidos", e o meu escolhido foi:

Lolita- Vladimir Nabokov
320 páginas - Editora Biblioteca da Folha

Este livro recusado por várias editoras antes de ser lançado em 1955, gerou muitas opiniões controvérsias. Entre um dos melhores do ano, até passar por pornográfico, fato é que Lolita tornou-se um marco na literatura do século XX.
Para mim não foi uma leitura que tenha agradado. E não pensem que foi pelo tema, pois não faz tanto temo que li Corações Feridos, onde não só pedofilia, mas também violência doméstica entre outros temas estavam presentes e eu achei uma leitura fabulosa.
Em Lolita, mergulhamos na mente de Humbert, um professor de meia idade que está preso e a espera de um julgamento que pode levá-lo à morte. E neste seu compasso de espera, ele aproveita para nos contar seu amor, sua atração e seu relacionamento com Lolita.
Lolita é uma menina de 12 anos que era filha da esposa e antiga senhoria de Humbert.
Em um primeiro momento, você pode achar "Lolita" bem "saidinha", mas vou lembrar duas coisas:
1º O livro é o ponto de vista de Humbert, por isso, as situações descritas por ele, são da forma que ele viu e sentiu. E vamos combinar que um pedófilo tem a mente tão distorcida que não vale muitos comentários...
2º Lolita é uma garota de 12 anos de uma época bem diferente da nossa de hoje em dia. Sua esperteza e sabedoria são totalmente diferentes nas encontradas em uma criança que conhecemos hoje. Apesar que na minha opinião, uma criança de 12 anos, mesmo nos dias atuais, não tem maturidade suficiente para passar o que Lolita passou.
Humbert é sim um pedófilo que nos faz lembrar que este problema é um mal que existe há muitos anos, mas que era "camuflado". Hoje ainda existe e muito, mas as pessoas estão maias atentas e dispostas a denunciarem estas barbaridades. Ele e todos que fazem parte desta ala, mereciam uma bela cadeira elétrica, e nem toda as palavras que falem e do amor que possam jurar, vão me convencer do contrário...
A estória não me envolveu, mas por ser forte e perdurar até os dias de hoje, com certeza vale uma leitura sua.


29 comentários:

  1. A frase da Thaila ficou maravilhosa, parabéns! E parabéns a Gladys!

    ResponderExcluir
  2. A frase da Thaila ficou maravilhosa, parabéns. Parabéns a Gladys!

    ResponderExcluir
  3. Sempre tive curiosidade em ler este livro.

    ResponderExcluir
  4. Fiquei muito curiosa. O livro é ilustrado?

    ResponderExcluir
  5. Não conheço a série, terei que ler o primeiro livro pra saber. Mas parece ser legal.

    ResponderExcluir
  6. Alessandra Tapias12/11/13

    Eu simplesmente AMEI sua resenha!!

    Você conseguiu passar tudo que eu senti também, mas não conseguia me expressar e ninguém me entendia, rs.

    Sim, talvez Lolita nem fosse o que se pinta dela, já que o cara é um doente, pode ser que ele tenha visto coisas nela que não eram verdade.

    Chega a ser um thriller psicológico mesmo!

    Amei de verdade!!

    Bjks

    Lelê Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Gladys Sena12/11/13

    Parabéns Thaila! O sorriso de uma criança realmente é uma benção!
    Obaaaa, Rose!
    Obrigada pelas felicitações meninas!


    Bjokas!

    ResponderExcluir
  8. Gladys Sena12/11/13

    Oi Rose!
    Vc sabe que fujo de séries, né! rsrs.
    Esse não é bem o meu estilo...bjo!

    ResponderExcluir
  9. Gladys Sena12/11/13

    É tipo quadrinhos, Rose?


    Bjo!

    ResponderExcluir
  10. Gladys Sena12/11/13

    Oi Rose!
    Não lerei esse livro, sua resenha já foi clara o suficiente para entender a premissa da trama.
    Ah, consegui ler o meu livro do desafio de setembro, ainda posso te mandar a resenha?
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  11. Adriana13/11/13

    passando para desejar ótima quarta

    bjs

    tititi da dri

    ps tb tem tido problemas em receber as atualizações dos blogs?

    bjs

    tititi da dri

    ResponderExcluir
  12. A casa é sua Gladys, mande quando quiser.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  13. Que bom Lelê, eu achei que ia gostar do livro. Você gostou?
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  14. Eu também. Tenho ele a tanto tempo que nem sei porque não tinha lido antes.
    Bjs Rose.

    ResponderExcluir
  15. Não Gladys, o livro tem imagens sim, mas em preto e branco e em algumas páginas. São livros mesmo, mas com um pé na cultura japonesa e nos mangás.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  16. Tem algumas imagens sim, mas não são tantas como eu por exemplo gostaria, rsrsrsrs
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  17. Acho que não Dri, porquê?
    Bjs!

    ResponderExcluir
  18. Oi Gladys, séries exercem uma grande atração em mim, kkkkk
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  19. O primeiro não me empolgou muito, apesar de ter achado interessante, este ficou bem melhor e deixou uma curiosidade enorme para o próximo volume.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  20. Adriana13/11/13

    o teu eu recebo, mas de vários outros blogs não tá vindo, bjs

    ResponderExcluir
  21. Você não imagina como eu e a Rudy demoramos para escolher, mas valeu a pena não é?
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  22. Olá,Rose :)
    Como vai?

    Hum..não conhecia o livro.
    Talvez por ser um tema forte não seja tão divulgado,mas acho que merece uma leitura de minha parte.

    Beijos e se cuida

    ResponderExcluir
  23. RUDYNALVA SOARES16/11/13

    Rose!

    O livro é bem questionável. O li acho que na primeira edição e realmente Lolita passa por tantos abusos, mesmo que consentido que dá tristeza. Boa resenha!

    Obrigada pela visita
    feita ao blog, é sempre uma grande alegria receber seu carinho e atenção.
    Obrigada!

    Desejo que seu final
    de semana seja carregadinho de sucesso e muitas realizações!

    cheirinhos

    Rudy

    Blog
    Alegria de Viver e Amar o que é Bom!


    " Não viva para que a sua presença seja notada,mas para
    que a sua falta seja sentida..."(Bob Marley)

    ResponderExcluir
  24. Oi Rudy, ela é apenas uma criança! É revoltante!
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  25. Oi Sandro, o livro é bem antigo mesmo, como eu disse, de 1955, mas é um tema que com certeza existe até hoje. Confira e depois me fala.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  26. Oliveira1/12/13

    Não conhecia essa série. Diferente. Não li o livro 1, mas li sua resenha, tenho uma facilidade incrível de esquecer das coisas, então semana que vem ou daqui a 3 dias não lembro disso que li, pois não acompanho a série, então ocorre isso. Mas, gostei muito, passei a torcer pelo Adair também, e gostaria muito de ler essa série. Parece boa.

    ResponderExcluir
  27. Tata nanda8/12/13

    eu gosto desse tipo de livro.sempre que eu vejo um assim eu corro pra ler...amo series!! mas tem certeza que é trilogia ?porque eu detesto ler uma serie e ter que esperar a autora lançar o próximo.fico super ansiosa...

    ResponderExcluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.